Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 16 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Arte ganha novo espaço na regiao


Nelson Albuquerque
Da Redaçao

27/08/2000 | 17:40


O Grande ABC ganhará uma nova escola para formaçao de artistas plásticos profissionais. O Espaço Cultural Odamar Versolatto será inaugurado, no próximo dia 11, em Santo André, com um evento para convidados e já tem inscriçoes abertas para oito cursos. A proposta do espaço é, além das aulas e atividades práticas, transmitir aos alunos a experiência de artistas e tendências mundiais.

Uma grande casa - na rua das Palmeiras, 290, tel.: 4994-4211 - foi reformada para abrigar salas de aula, oficinas, biblioteca, galeria, local para exposiçao de trabalhos dos alunos e até um café. "Queremos que as pessoas usem o espaço nao só no período de aulas, mas também para pesquisas, leituras e realizaçao de seus trabalhos", diz a supervisora geral, Christiane Dotto.

A maioria dos cursos tem duraçao de seis meses e as mensalidades variam de R$ 150 a R$ 200. As opçoes sao: História da Arte; Cerâmica; Desenho Artístico; Pintura; Estampa; Fotografia e Escultura. Haverá ainda turmas para crianças de 4 a 14 anos (R$ 150) e para a terceira idade (R$ 60).

O curso mais completo é o Belas Artes (R$ 150 por mês), dura três anos e engloba todos os outros. O grande diferencial sao as informaçoes sobre o tratamento comercial que o novo artista deve dar às suas obras. "Ensinamos, por exemplo, como ele deve apresentar seu trabalho a uma galeria, quanto cobrar por suas obras e como escolher onde expor", comenta o artista plástico Odamar Versolatto, supervisor dos cursos. Para Versolatto, o aluno tem de pensar que a arte nao é apenas um hobby. "Dá para ganhar dinheiro", afirma.

Com a intençao de difundir essa mentalidade, o espaço colocará em prática o Bazarte. Trata-se de uma feira de arte na qual, aos sábados, convidados verao e poderao comprar as obras produzidas pelos alunos. "Essa fórmula já existe na França, Espanha e Holanda e funciona muito bem", conta Versolatto.

A escola tem a preocupaçao de passar experiências internacionais. Além do Bazarte, haverá dados atuais à disposiçao na biblioteca e convidados de outros países darao palestras e participarao de encontros. "Está nascendo um novo Espaço Cultural para o Grande ABC, para Sao Paulo e para o mundo", diz a supervisora Sueli Ruiz, responsável pela biblioteca, galeria e eventos. A abertura da galeria segue essa idéia globalizada. Já na primeira mostra, as obras de Versolatto estarao expostas ao lado de trabalhos do artista Fernando Ureña, da República Dominicana.

Social - O Espaço Cultural Odamar Versolatto abre as portas também para um projeto social. Crianças de 7 a 13 anos da favela Tamarutaca, de Santo André, serao "adotados" como alunos e assistirao às aulas gratuitamente.

"No início sao oito crianças, mas pretendemos aumentar esse número. Além das aulas, elas vao receber tratamento dentário e alimentaçao e, ainda, estamos tentando conseguir roupas para elas", explica Christiane.

Tanto esse serviço social como a própria criaçao do Espaço Cultural, segundo os supervisores, sao frutos de uma parceria com um grupo de empreendedores da regiao liderado pelo empresário Fernando Gomes. O projeto de criaçao da escola existe há dois anos e meio. "Esse grupo acreditou, entre outras coisas, que a arte e a cultura sao importantes para a sociedade e, sem esse apoio, nada do que estamos fazendo seria possível", comenta Christiane.

Os professores já contratados sao: o artista francês Daniel de France, que está no Brasil há um ano e veio especialmente para este projeto, Maria Clara da Silva De Marchi e Vágner De Marchi.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Arte ganha novo espaço na regiao

Nelson Albuquerque
Da Redaçao

27/08/2000 | 17:40


O Grande ABC ganhará uma nova escola para formaçao de artistas plásticos profissionais. O Espaço Cultural Odamar Versolatto será inaugurado, no próximo dia 11, em Santo André, com um evento para convidados e já tem inscriçoes abertas para oito cursos. A proposta do espaço é, além das aulas e atividades práticas, transmitir aos alunos a experiência de artistas e tendências mundiais.

Uma grande casa - na rua das Palmeiras, 290, tel.: 4994-4211 - foi reformada para abrigar salas de aula, oficinas, biblioteca, galeria, local para exposiçao de trabalhos dos alunos e até um café. "Queremos que as pessoas usem o espaço nao só no período de aulas, mas também para pesquisas, leituras e realizaçao de seus trabalhos", diz a supervisora geral, Christiane Dotto.

A maioria dos cursos tem duraçao de seis meses e as mensalidades variam de R$ 150 a R$ 200. As opçoes sao: História da Arte; Cerâmica; Desenho Artístico; Pintura; Estampa; Fotografia e Escultura. Haverá ainda turmas para crianças de 4 a 14 anos (R$ 150) e para a terceira idade (R$ 60).

O curso mais completo é o Belas Artes (R$ 150 por mês), dura três anos e engloba todos os outros. O grande diferencial sao as informaçoes sobre o tratamento comercial que o novo artista deve dar às suas obras. "Ensinamos, por exemplo, como ele deve apresentar seu trabalho a uma galeria, quanto cobrar por suas obras e como escolher onde expor", comenta o artista plástico Odamar Versolatto, supervisor dos cursos. Para Versolatto, o aluno tem de pensar que a arte nao é apenas um hobby. "Dá para ganhar dinheiro", afirma.

Com a intençao de difundir essa mentalidade, o espaço colocará em prática o Bazarte. Trata-se de uma feira de arte na qual, aos sábados, convidados verao e poderao comprar as obras produzidas pelos alunos. "Essa fórmula já existe na França, Espanha e Holanda e funciona muito bem", conta Versolatto.

A escola tem a preocupaçao de passar experiências internacionais. Além do Bazarte, haverá dados atuais à disposiçao na biblioteca e convidados de outros países darao palestras e participarao de encontros. "Está nascendo um novo Espaço Cultural para o Grande ABC, para Sao Paulo e para o mundo", diz a supervisora Sueli Ruiz, responsável pela biblioteca, galeria e eventos. A abertura da galeria segue essa idéia globalizada. Já na primeira mostra, as obras de Versolatto estarao expostas ao lado de trabalhos do artista Fernando Ureña, da República Dominicana.

Social - O Espaço Cultural Odamar Versolatto abre as portas também para um projeto social. Crianças de 7 a 13 anos da favela Tamarutaca, de Santo André, serao "adotados" como alunos e assistirao às aulas gratuitamente.

"No início sao oito crianças, mas pretendemos aumentar esse número. Além das aulas, elas vao receber tratamento dentário e alimentaçao e, ainda, estamos tentando conseguir roupas para elas", explica Christiane.

Tanto esse serviço social como a própria criaçao do Espaço Cultural, segundo os supervisores, sao frutos de uma parceria com um grupo de empreendedores da regiao liderado pelo empresário Fernando Gomes. O projeto de criaçao da escola existe há dois anos e meio. "Esse grupo acreditou, entre outras coisas, que a arte e a cultura sao importantes para a sociedade e, sem esse apoio, nada do que estamos fazendo seria possível", comenta Christiane.

Os professores já contratados sao: o artista francês Daniel de France, que está no Brasil há um ano e veio especialmente para este projeto, Maria Clara da Silva De Marchi e Vágner De Marchi.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;