Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 26 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Consórcio promove evento contra a dengue no Grande ABC

Marina Brandão/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Renato Fontes
Especial para o Diário

31/01/2016 | 07:00


 O aumento de 558% nos casos de dengue na região, passando de 1.125 registros autóctones em 2014 para 7.403 em 2015, além de sete mortes, fez com que o Grande ABC declarasse guerra ao mosquito Aedes Aegypti, transmissor da dengue, zika vírus e febre chikungunya.

Ontem, na Rua Afonsina, no bairro Rudge Ramos, em São Bernardo, o Grupo de Trabalho Saúde do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC, em parceria com equipes técnicas das sete prefeituras, realizou o ABC Contra o Aedes.

A ação teve como objetivo orientar a população sobre como identificar e eliminar os criadouros do mosquito por meio da distribuição de panfletos, mostras das larvas e do mosquito adulto, maquetes, materiais educativos e lúdicos, personagens fantasiados e carreata pelos bairros Rudge Ramos, Vila Palmares (Santo André) e Boa Vista (São Caetano).

Toda essa preocupação se justifica. Segundo balanço feito pela Sala de Situação Regional para o Combate ao Mosquito da Dengue – coordenada pelo Grupo de Trabalho Saúde –, a terceira semana epidemiológica, encerrada no dia 21, teve aumento de aproximadamente 16% na comparação com 2015, contabilizando 495 casos suspeitos neste ano, contra 426 no mesmo período do ano anterior.

Ao tomar conhecimento da ação, o aposentado Edison Oliveira de Carvalho, 73 anos, trouxe de casa um inseto (morto) para analise. O teste deu positivo para Aedes. “Já alertei meu vizinho sobre água acumulada na calha, mas ele não faz nada e também não autoriza a entrada dos agentes para vistoria”, reclama.

“A população da nossa região precisa ficar sempre alerta. O mosquito está em todo lugar”, salienta o prefeito de Santo André, Carlos Grana (PT).

“Nossa região não está fora de controle, mas necessitamos da colaboração de todos no combate ao mosquito”, declara o prefeito de São Bernardo e presidente do Consórcio, Luiz Marinho (PT). Já o prefeito de São Caetano, Paulo Pinheiro (PMDB), defende que “a intenção é blindar o Grande ABC da epidemia.”

“Estamos felizes com a ação do Consórcio. É com essa união e otimismo que venceremos a guerra”, finaliza a secretária adjunta de Saúde de São Paulo, Célia Cristina Pereira Bortoletto.

Iniciativa é elogiada por moradores

Aqueles que costumam fazer compras na feira livre localizada na Rua Ida Leone Cleto, no bairro Rudge Ramos, em São Bernardo, tiveram uma manhã de sábado atípica.

O tradicional pastel e a garapa ficaram em segundo plano quando um grupo de agentes, fantasiados de mosquito Aedes Aegypti, começou a dançar paródia da música Gangnam Style, do rapper sul-coreano Psy.

Essa foi uma das estratégias do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC para chamar a atenção e alertar a população sobre os riscos de doenças que podem ser transmitidas pelo inseto.

“Achei muito criativo. Dessa forma você se interessa mais pelo assunto”, diz a operadora de telemarketing Vera Alice Barbosa, 54 anos.

Já a aposentada Sônia Pontes, 60, gostou das maquetes e dos materiais lúdicos e educativos distribuídos por 16 equipes que se espalharam pelos quarteirões do bairro. Ela, porém, garante saber como agir. “Não tenho plantas com pratos, coloquei telas nas janelas e cubro a piscina plástica dos meus netos.”

A agente técnica do Centro de Zoonoses de São Bernardo Roberta Mariano cobra maior participação da população. “Boa parte dos moradores ainda não possui olhar clínico para detectar possíveis focos e, por isso, dificulta o combate ao mosquito transmissor.”



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados