Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 22 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Xuxa causa furor no Festival de Gramado



15/08/2009 | 07:00


Foi um bochincho como há muito tempo não se via no Festival de Gramado, principalmente agora que a curadoria de José Carlos Avellar e Sérgio Sanz tenta privilegiar o cinema autoral sobre o glamour do tapete vermelho.

A vinda de Xuxa para receber troféu de homenageada foi o acontecimento de quinta-feira. Ela chegou blindada, cercada de seguranças. Não deu entrevistas, de certo para não ter de explicar por que o melhor filme do qual participou, Amor, Estranho Amor, de Walter Hugo Khouri, foi expurgado de sua filmografia oficial. Ele simplesmente não aparece no material distribuído em Gramado para a imprensa. Há alguns anos, Xuxa conseguiu tirar o DVD de circulação, alegando que o contrato não previa o lançamento nessa mídia. Na verdade, sempre houve a suspeita de que a rainha dos baixinhos o queria fora das vistas do público porque a mostra nua em cena com um garoto.

No próprio Palácio dos Festivais, havia gente vendo cenas selecionadas - aquela cena de Amor, Estranho Amor - no YouTube. A chegada de Xuxa foi marcada pelo tumulto. No interior da sala, quando se dirigia para o palco, um fã a abraçou. Tudo bem, o cara poderia ter uma faca - não tinha, mas os seguranças agiram como se fosse o terrorista mais procurado da organização de Osama bin Laden.

O especial do Canal Brasil citou os números que justificavam a homenagem - Xuxa levou 28 milhões de espectadores aos cinemas em 19 filmes. Pode-se criticar a estrela e o que ela significa, mas não colocar em xeque sua beleza nem a validade do trabalho que realiza na Fundação Xuxa Meneghel. Mas ela não foi à Serra Gaúcha para contemporizar. Xuxa encerrou discurso de agradecimento, cujo tom estava na resposta ao preconceito (da crítica?), com uma frase retumbante - "Sou loira, sou povo e sou uma vencedora."

Vale esclarecer que o Jornal de Gramado anunciou, na sua edição de ontem, que ela cobrou R$ 60 mil de cachê, mais jatinho, para ser homenageada. A organização do festival desmente. Xuxa teve jatinho e carro blindado pagos pelo evento, mas cachê para receber homenagem não existe, informa a assessoria. Gramado termina hoje com a entrega dos Kikitos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;