Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Com fim de contrato, Assunção deve deixar Verdão


das Agências

21/12/2012 | 07:00


Um dos ídolos da torcida do Palmeiras e dos poucos jogadores que não teve a imagem arranhada, mesmo com o rebaixamento para a Série B do Campeonato Brasileiro, o volante Marcos Assunção está sendo deixado de lado pela diretoria alviverde.

O contrato do jogador termina no dia 31 de dezembro e por enquanto, nenhum dirigente do clube o procurou para buscar a renovação.

Mesmo aos 36 anos de idade, Assunção foi um dos destaques da equipe em 2012. Dos 108 gols marcados pela equipe no ano, 30 passaram pelos pés do jogador.

Porém, a boa performance parece que não caiu no gosto dos dirigentes. Há mais de 20 dias. Assunção não é procurado pela cúpula alviverde. O jogador está viajando e o empresário, Ely Coimbra Filho também revelou que não conversou com a cúpula alviverde.

Pessoas ligadas ao jogador dizem que ele considera inadimissível receber salário inferior ao de atletas que mal entraram em campo neste ano, como o caso de Valdivia, que recebe R$ 400 mil e tem enfrentado problemas de lesão.

Assunção e Valdívia, inclusive. já entraram em conflito no vestiário da Academia de Futebol pouco antes da queda para a Série B justamente por Assunção cobrar mais vontade do chileno.

A saída do camisa dez também seria um fator que facilitaria a negociação. Mesmo com propostas de outros clubes, Assunção tem afirmado que quer permanecer no Palmeiras.

RIQUELME

O vice-presidente de futebol do clube, Roberto Frizzo, e o gerente de futebol César Sampaio, estão na Argentina, onde buscam a contratação do meia Riquelme.

A proposta do Verdão agradou ao atleta, mas a situação está indefinida. Sem jogar desde julho, o jogador tem proposta para voltar ao Boca Juniors, já que o novo treinador da equipe, Carlos Bianchi, quer tê-lo no clube.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;