Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 7 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Flamengo perde do Atlético-PR e cai para a lanterna



17/07/2014 | 00:05


O Flamengo esperou 45 dias para deixar a incômoda penúltima colocação do Campeonato Brasileiro. Mas a parada da Copa do Mundo parece não ter servido para muita coisa. Nesta quarta-feira, o time recebeu o Atlético-PR em Macaé, fez uma partida ruim e saiu de campo derrotado por 2 a 1. Pior: com a vitória do Figueirense sobre o Coritiba, o time rubro-negro vai encerrar a rodada na lanterna da competição.

Sem vencer há sete partidas, o técnico Ney Franco decidiu mexer no time. O treinador devolveu a titularidade ao goleiro Felipe, escalou Recife como volante e decidiu mudar o esquema tático para o 3-5-2. Mas não resolveu.

A equipe carioca até que começou melhor. Com mais posse de bola, e buscando o ataque pelos flancos, em especial o esquerdo, o Flamengo criou as primeiras oportunidades, principalmente com Ederson e Alecsandro.

Aos poucos, porém, o Atlético foi descobrindo o caminho das pedras: o contragolpe pelo seu lado direito. A partir dos 15 minutos, o time treinado por Doriva passou a atacar com insistência por aquele setor. E foi por lá que nasceu o primeiro gol. Aos 20, Douglas Coutinho, recebeu lançamento e, da entrada da área, tocou por cobertura na saída de Felipe.

O gol abateu o Flamengo, que nos dez minutos seguintes criou pouco e errou muito. Mas o time carioca acabou achando um gol. Aos 34, Mugni - que acabara de entrar na vaga do lesionado Paulinho - cobrou escanteio e Samir, de cabeça, empatou.

Na etapa final o Flamengo voltou melhor. Alecsandro concluiu por cima aos 3 e acertou o travessão aos 10. Mas, se o ataque passou a funcionar, o mesmo não se pode dizer da defesa. Aos 15, após falha coletiva do setor, Cleberson apareceu no meio da área e tocou por baixo de Felipe, colocando a equipe paranaense novamente à frente.

A partir daí o Atlético-PR se recolheu na defesa e tratou de explorar os contragolpes. Desordenado, às vezes subindo em blocos, o Flamengo se jogou ao ataque. Em vão. Já aos 35, a equipe que jogava mal em campo ainda teve que ouvir os gritos de "time sem vergonha". No fim, saiu vaiado. E na lanterna.

FICHA TÉCNICA:

FLAMENGO 1 x 2 ATLÉTICO-PR

FLAMENGO - Felipe; Chicão, Wallace e Samir (Nixon); Leo Moura, Recife, Elano (Luiz Antônio), Everton e André Santos; Paulinho (Lucas Mugni) e Alecsandro. Técnico: Ney Franco.

ATLÉTICO-PR - Weverton; Sueliton, Cleberson, Leo Pereira e Lucas Olaza; Derley (Paulinho Dias), Otávio, Marcos Guilherme e Bady (Marcelo); Douglas Coutinho e Ederson (João Paulo). Técnico: Doriva.

GOLS - Douglas Coutinho, aos 19, e Samir, aos 34 minutos do primeiro tempo. Cleberson, aos 15 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Lucas Olaza, Elano, Douglas Coutinho e João Paulo.

ÁRBITRO - Paulo Henrique de Godoy Bezerra (SC).

RENDA - R$ 153.895,00.

PÚBLICO - 5.329 pagantes (6.692 no total).

LOCAL - Estádio Moacyrzão, em Macaé (RJ).



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;