Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 23 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Após quatro meses e seis derrotas, Nedo Xavier deixa o São Caetano

Nario Barbosa/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Treinador não resiste a má campanha e diz que o clube da região é o mais diferente em que trabalhou


Thiago Bassan

24/02/2014 | 07:11


Nedo Xavier não é mais o técnico do São Caetano. O treinador, que chegou ao clube em novembro, deixou o cargo na tarde de ontem, após seis derrotas em nove partidas disputadas pela Série A-2 do Paulista.

Conformado, o comandante disse que a decisão foi tomada em consenso com a diretoria. “Chegamos a um acordo e optamos pela minha saída. Agora não precisa dizer quem é o culpado. Estou saindo e já faz parte do passado. O São Caetano é um clube diferente de todos que eu já dirigi. Não adianta dizer agora os motivos ou reclamar. As coisas não saíram como havíamos planejado no início, mas isso é normal no futebol. Muitos treinadores passaram pelo clube no ano passado e não resolveram, não sou eu quem vai mudar tudo”, criticou.

O treinador destacou que não teve problema com o grupo de atletas e enfatizou que todos os jogadores indicados por ele, corresponderam à altura dentro de campo.

“O grupo é muito bom, jogadores comprometidos, que querem tirar o time dessa situação. Os atletas que indiquei, deram conta do recado, como o lateral Rafinha, o meia Ésley, o zagueiro Cleiton, o volante Rodrigo Thiensen. Todos assumiram as responsabilidades e vão ajudar muito o time. O São Caetano precisa saber que está na Série A-2, jogar essa competição como ela deve ser disputada, se adaptar. O futebol é muito rápido”, analisou. “A forma de jogar precisa ser outra, o time precisa correr mais”, completou o treinador.

O presidente Nairo Ferreira de Souza e a diretoria do clube foram procurados diversas vezes, mas não atenderam as ligações para informar sobre o novo treinador, que deve ser definido nos próximos dias. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Após quatro meses e seis derrotas, Nedo Xavier deixa o São Caetano

Treinador não resiste a má campanha e diz que o clube da região é o mais diferente em que trabalhou

Thiago Bassan

24/02/2014 | 07:11


Nedo Xavier não é mais o técnico do São Caetano. O treinador, que chegou ao clube em novembro, deixou o cargo na tarde de ontem, após seis derrotas em nove partidas disputadas pela Série A-2 do Paulista.

Conformado, o comandante disse que a decisão foi tomada em consenso com a diretoria. “Chegamos a um acordo e optamos pela minha saída. Agora não precisa dizer quem é o culpado. Estou saindo e já faz parte do passado. O São Caetano é um clube diferente de todos que eu já dirigi. Não adianta dizer agora os motivos ou reclamar. As coisas não saíram como havíamos planejado no início, mas isso é normal no futebol. Muitos treinadores passaram pelo clube no ano passado e não resolveram, não sou eu quem vai mudar tudo”, criticou.

O treinador destacou que não teve problema com o grupo de atletas e enfatizou que todos os jogadores indicados por ele, corresponderam à altura dentro de campo.

“O grupo é muito bom, jogadores comprometidos, que querem tirar o time dessa situação. Os atletas que indiquei, deram conta do recado, como o lateral Rafinha, o meia Ésley, o zagueiro Cleiton, o volante Rodrigo Thiensen. Todos assumiram as responsabilidades e vão ajudar muito o time. O São Caetano precisa saber que está na Série A-2, jogar essa competição como ela deve ser disputada, se adaptar. O futebol é muito rápido”, analisou. “A forma de jogar precisa ser outra, o time precisa correr mais”, completou o treinador.

O presidente Nairo Ferreira de Souza e a diretoria do clube foram procurados diversas vezes, mas não atenderam as ligações para informar sobre o novo treinador, que deve ser definido nos próximos dias. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;