Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 9 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Azulão torce contra rivais para não ser rebaixado hoje

Nario Barbosa/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Time espera que ABC e Paysandu não vençam os jogos, caso contrário queda pode ser decretada


Thiago Bassan

15/11/2013 | 07:22


O São Caetano pode ser rebaixado antes mesmo de entrar em campo, amanhã, contra o Joinville, pela 36ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Caso o ABC vença o ASA, hoje, em Natal, ou o Paysandu derrote o Icasa, no Ceará, o Azulão terá o rebaixamento confirmado para a Série C do futebol nacional.

A situação bastante preocupante faz com que os jogadores torçam contra os adversários mais próximos da zona da degola, antes da partida diante do clube catarinense.

Enquanto houver esperança, por mais difícil que seja, vamos acreditar. Vou torcer muito para entrarmos em campo diante do Joinville ainda com chances de escaparmos de cair. Nenhum time conseguiu escapar com 41 pontos nos últimos anos, que é o máximo em que podemos chegar. Mas vamos aguardar”, disse o zagueiro Luiz Eduardo.

A opinião do defensor é compartilhada pelo meia Danilo Bueno. “Esperamos por esses resultados, por mais difícil que seja nossa situação, não podemos desanimar. É um momento difícil, as coisas não caminharam de acordo com o que planejávamos esse ano. Mas vamos torcer pelos resultados que nos favorecem”, ressaltou o jogador.

Apesar de ainda acreditarem em um milagre, os atletas não escondem a decepção com a campanha do Azulão, que em 35 jogos conseguiu apenas oito vitórias. “Tivemos 35 (rodadas) para sair dessa situação, algumas oportunidades de vencer os jogos, mas isso não aconteceu. A gente tem grande compromisso com esse clube, e vamos buscar forças para terminar o campeonato em situação melhor e vencer esses três jogos para pelo menos deixar essa incômda posição. Terminar o campeonato em último lugar é algo muito ruim”, destacou Luiz Eduardo.

Depois dos catarinenses, o São Caetano ainda terá pela frente o América-RN, em casa, e se despede da competição contra o ASA, em Arapiraca. Para estas partidas. Danilo Bueno pede dedicação total do grupo.

“Precisamos ter respeito com a camisa do São Caetano. Vamos entrar nestes últimos três jogos para terminar a Série B de forma digna. Precisamos ter profissionalismo também, pois outras equipes dependem dos nossos resultados”, declarou o jogador.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Azulão torce contra rivais para não ser rebaixado hoje

Time espera que ABC e Paysandu não vençam os jogos, caso contrário queda pode ser decretada

Thiago Bassan

15/11/2013 | 07:22


O São Caetano pode ser rebaixado antes mesmo de entrar em campo, amanhã, contra o Joinville, pela 36ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Caso o ABC vença o ASA, hoje, em Natal, ou o Paysandu derrote o Icasa, no Ceará, o Azulão terá o rebaixamento confirmado para a Série C do futebol nacional.

A situação bastante preocupante faz com que os jogadores torçam contra os adversários mais próximos da zona da degola, antes da partida diante do clube catarinense.

Enquanto houver esperança, por mais difícil que seja, vamos acreditar. Vou torcer muito para entrarmos em campo diante do Joinville ainda com chances de escaparmos de cair. Nenhum time conseguiu escapar com 41 pontos nos últimos anos, que é o máximo em que podemos chegar. Mas vamos aguardar”, disse o zagueiro Luiz Eduardo.

A opinião do defensor é compartilhada pelo meia Danilo Bueno. “Esperamos por esses resultados, por mais difícil que seja nossa situação, não podemos desanimar. É um momento difícil, as coisas não caminharam de acordo com o que planejávamos esse ano. Mas vamos torcer pelos resultados que nos favorecem”, ressaltou o jogador.

Apesar de ainda acreditarem em um milagre, os atletas não escondem a decepção com a campanha do Azulão, que em 35 jogos conseguiu apenas oito vitórias. “Tivemos 35 (rodadas) para sair dessa situação, algumas oportunidades de vencer os jogos, mas isso não aconteceu. A gente tem grande compromisso com esse clube, e vamos buscar forças para terminar o campeonato em situação melhor e vencer esses três jogos para pelo menos deixar essa incômda posição. Terminar o campeonato em último lugar é algo muito ruim”, destacou Luiz Eduardo.

Depois dos catarinenses, o São Caetano ainda terá pela frente o América-RN, em casa, e se despede da competição contra o ASA, em Arapiraca. Para estas partidas. Danilo Bueno pede dedicação total do grupo.

“Precisamos ter respeito com a camisa do São Caetano. Vamos entrar nestes últimos três jogos para terminar a Série B de forma digna. Precisamos ter profissionalismo também, pois outras equipes dependem dos nossos resultados”, declarou o jogador.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;