Turismo Titulo Pará
Tudo pronto para o Círio de Nazaré

Belém se prepara para a maior manifestação católica do Brasil, em outubro

Por Eliane de Souza
Do Diário do Grande ABC
26/09/2013 | 07:40
Compartilhar notícia


Em outubro, Belém vira destino de fiéis que pagam promessas no Círio de Nazaré, a maior manifestação religiosa católica do Brasil. A devoção a Nossa Senhora de Nazaré ocorre desde o século 18. Uma réplica da imagem de Maria foi encontrada em um igarapé, retirada de lá e lustrada, mas a estátua misteriosamente voltava ao local de origem. Dizem que por determinação divina foi construída uma capela no lugar, a atual Basílica de Nossa Senhora de Nazaré.


As manifestações de devoção duram todo o mês. Os pontos altos da festa são a romaria fluvial, a missa da trasladação e a do Círio na Catedral da Sé. Na Romaria Fluvial, (dia 12, às 9h) a imagem da santa é levada de barco pela Baía do Guajará e seguida por outras inúmeras embarcações. Por volta das 11h30, a imagem chega ao cais de Belém e segue escoltada por motoqueiros, que buzinam anunciando a passagem do cortejo.


A romaria se estende pelas ruas da cidade até o Colégio Gentil Bittencourt, onde outra multidão de fiéis espera a imagem para a missa, às 16h30. Logo após a celebração, tem início a chamada trasladação, que ocorre durante a madrugada, com procissão à luz de velas que simboliza a história do descobrimento da imagem e o retorno ao local de seu primeiro achado. Nessa cerimônia, somente a berlinda da imagem é utilizada no trajeto, em sentido inverso ao do Círio.


A principal manifestação acontece no dia seguinte. A procissão reúne cerca de 2 milhões de fiéis em cortejo que dura toda a manhã, percorrendo a distância, de cerca de cinco quilômetros, entre a Catedral Metropolitana e a Basílica de Nazaré.


O Círio é iniciado às 6h, com celebração de missa. Depois, os devotos seguem para as ruas e se posicionam para o cortejo. Os pagadores de promessas é que ditam o ritmo. Eles se concentram na corda, que possui média de 400 metros de comprimento e pesa aproximadamente 700 quilos de puro sisal torcido.


Enfileirados, os fiéis puxam a corda e fazem a berlinda com a imagem se movimentar. A corda foi usada pela primeira vez durante as procissões em 1855, quando a berlinda que conduz a imagem de Nossa Senhora ficou imóvel durante uma das romarias e precisou ser puxada. Desde então, foi incorporada às festividades, representando o elo entre Nossa Senhora de Nazaré e os fiéis.


As velas, ou círios, são feitas de cera, em vários formatos, retratando partes do corpo humano, ou ainda, uma vara de cera da mesma altura do pagador da promessa. São símbolos da fé dos promesseiros, que através delas pagam por uma graça alcançada.


Às 7h, o arcebispo conduz a imagem de Nossa Senhora até a berlinda para dar início à procissão. O trajeto até a Basílica de Nazaré é finalizado por volta do meio-dia. A imagem é retirada da berlinda para a celebração litúrgica. No dia 26, às 6h, é realizada a procissão de despedida, conhecida como Recírio, na Praça Santuário.

ECONOMIA
Não há dúvidas de que o maior momento de fé também promove milagre na economia da cidade. O Círio deste ano, o de número 221, terá o maior orçamento entre todas as edições realizadas até o momento, com previsão de gastos de R$ 2,848 milhões. Neste período, o paraense consome mais, fazendo com que a festa de Nazaré fique apenas atrás do Natal no que se refere à movimentação econômica. Serviço, comércio, agropecuária e indústria são os principais segmentos influenciados pela celebração religiosa, que neste ano deve injetar cerca R$ 895 milhões na economia paraense.


Dados do Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) apontam que o orçamento deste ano aumentou em 7,62% em relação ao de 2012, que teve um orçamento de R$ 2,6 milhões. Outra estimativa é o crescimento no número de turistas que visitam o Pará especialmente para acompanhar as procissões. São esperadas 78 mil pessoas de vários Estados do Brasil, representando um crescimento de 2,5% em relação a 2012.

INGRESSOS
A diretoria do Círio de Nazaré disponibilizou 5.000 lugares para os fiéis acompanharem a festa das arquibancadas na Avenida Presidente Vargas. A venda dos tíquetes será feita na segunda semana de outubro, ao preço de R$ 25 para a noite da trasladação e R$ 50 para o domingo do Círio. O local das vendas será divulgado no site www.ciriodenazare.com.br.


Neste ano a novidade é que os ingressos terão código de barras, para coibir possíveis fraudes. Além disso, mais de 1.000 ingressos gratuitos vão ser distribuídos aos idosos. Desse total, 800 serão destinados ao dia da trasladação e outros 300 para o Círio.

ÁREA VIP
Presença confirmada em todas as edições do Círio é a cantora Fafá de Belém. Todos os anos, ela canta para os romeiros a Ave Maria e outros hinos religiosos. Pelo terceiro ano, também participa de uma espécie de área VIP do Círio, formada por personalidades e formadores de opinião que conferem o potencial turístico do evento, como define.


O projeto Varanda de Nazaré, parceria de Fafá com a Agência Tudo, recebe convidados de São Paulo e Rio de Janeiro para conhecer a cidade de Belém, a gastronomia paraense e acompanhar as manifestações de fé da população durante o Círio.


A edição de 2013 receberá 120 convidados, entre jornalistas, celebridades e religiosos, em um casarão histórico localizado no Largo do Redondo, na Avenida Nazaré, por onde passa a trasladação, no sábado à noite, e a procissão do Círio, no domingo pela manhã.


A agenda do camarote começa na sexta-feira (dia 11) à noite, com show de Fafá de Belém montado especialmente para a ocasião. No sábado pela manhã, o grupo segue em um barco exclusivo para acompanhar a Romaria Fluvial. E à noite, a cantora receberá seus convidados no casarão da Avenida Nazaré para assistir à trasladação. 




Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


;