Fechar
Publicidade

Sábado, 23 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Mas a gente se diverte

1 - Luciana Gimenez, apresentadora da Rede TV!, disse que teremos eleições difíceis, porque os dois principais candidatos, Serra e Dilma...


Carlos Brickmann

23/05/2010 | 00:00


1 - Luciana Gimenez, apresentadora da Rede TV!, disse que teremos eleições difíceis, porque os dois principais candidatos, Serra e Dilma, "são muito simpáticos". Luciana deve também achar seu marido, Marcelo Carvalho, um dos donos da Rede TV!, um homem muito bonito. Ah, aquela careca que ela vê de cima!

2 - O cabeleireiro Celso Kamura, explicando o novo corte que fez em Dilma: "O cabelo que Dilma estava engordava muito. Com aquele volume na nuca e na lateral, imaginava que ela era uma bolinha. Ela precisava do rosto mais fino. Mostrei a foto da Carolina Herrera como referência. Ela gostou." Mais do que gostou, acreditou! E, caro leitor, acredite também: ele estava elogiando.

3 - Paulo Skaf, presidente da Federação das Indústrias de São Paulo, que deve sair candidato ao governo paulista pelo Partido Socialista Brasileiro, disse que "nada é mais socialista que o empresário moderno". Quem diria, o líder do movimento "Cansei" virou mesmo socialista! Os socialistas Willy Brandt e François Mitterrand morreram na hora certa, sem ter de ouvir determinadas coisas.

4 - Netinho de Paula, antigo vocalista do Negritude Jr., é candidato do Partido Comunista do Brasil ao Senado, na chapa do petista Aloizio Mercadante. Netinho, lembra? é aquele que, há poucos anos, espancou a mulher e disse que ela havia machucado os dois olhos quando fugia dele e deu uma batida na porta.

Dizem os malvados que a Lei Maria da Penha, a respeito de violência contra as mulheres, pode até mudar de nome: passa a ser Lei Maria Dá e Apanha.

A BOLA OU A VIDA

A Copa do Mundo é um torneio esportivo ou uma batalha? A propaganda em torno da Seleção Brasileira é belicosa: o técnico Dunga olha feio (não que isso lhe seja difícil), os slogans pedem guerreiros, os espectadores torcem com raiva - só falta falar em Pátria de chuteiras. E, no entanto, isso não é preciso: veja o texto e o vídeo maravilhoso de Jackson Martins, um brasileiro que vive em Buenos Aires, em http://viverparis.blogspot.com/2010/05/knaan-e-david-bisbal-waving-flag.html. Como não disse Mick Jagger, "it's only football". Um jogo, não uma guerra.

UM PRÊMIO À PAZ

O escritor e militante pacifista israelense Amos Oz ganhou o Prêmio dos Leitores, da Feira Internacional do Livro de Turim, Itália, apesar dos pedidos de italianos pró-árabes por um boicote aos autores israelenses (outros intelectuais, como Umberto Ecco, manifestaram-se contra qualquer discriminação). No início da semana, ao conceder o prêmio a Amos Oz, autor de obras como A caixa preta e Conhecer uma mulher, os dirigentes da Feira de Turim elogiaram sua "capacidade de transformar a literatura em instrumento vital de conhecimento".

E SE DIVERTE AINDA MAIS

A chapa petista ao governo de São Paulo tem dois candidatos ao Senado: Netinho e Marta Suplicy. Marta, justo Marta, que sempre defendeu os direitos das mulheres! Sempre se pode dizer que é uma chapa aberta a todas as tendências.

DILMA, A DE SEMPRE

Dilma, a democrata que tolera as diferenças, também durou pouco: bastou que prefeitos, reunidos em Brasília, quisessem divulgar um vídeo de três minutos sobre a burocracia que enfrentam, para que o autoritarismo aflorasse. O vídeo foi proibido - embora, e isso é o mais engraçado, não fosse contra ela, nem contra o PT, nem contra Lula, apenas contra a burocracia, que assola todos os governos. Mas o vídeo está no YouTube: quem quiser irritá-la muito já sabe como.

SERRA, O DE SEMPRE

O candidato Serra, sorridente e alegre, durou pouco: volta ao normal sempre que algum repórter lhe faz uma pergunta de que não goste. Serra está errado por dois motivos: primeiro, porque não existe pergunta inconveniente. Inconveniente é a resposta. Segundo, porque deu o mapa da mina. Quem quiser irritá-lo e levá-lo a perder a linha já sabe direitinho o que precisa fazer.

LULA LÁ

As eleições estão chegando, seu mandato está terminando, mas o presidente Lula continua a toda: depois de amanhã, vai a Buenos Aires, como convidado de honra das comemorações de 200 anos de independência da Argentina.

LIMPEZA BEM PRA LÁ

Como esta coluna divulgou, a Lei da Ficha Limpa seria aprovada desde que não atingisse ninguém. A Lei da Ficha Limpa foi aprovada mas só vai atingir alguém nas eleições seguintes (mesmo assim, já é um progresso). Quem não atende aos requisitos da Lei da Ficha Limpa pode se candidatar, sim, porque nenhuma lei pode retroagir para prejudicar alguém. No futuro, quem for condenado por um tribunal ficará fora das eleições - isso se a Justiça não entender que ninguém pode ser punido antes da conclusão do processo e da condenação definitiva.

É CARO, MAS A GENTE PAGA

A divisão do Pará em três Estados continua sendo articulada, apesar dos custos (mais assembleias, mais tribunais, mais funcionalismo), apesar da falta de perspectivas, já que o Pará responde por 1,8% da produção nacional. Os Estados viverão de verbas federais, tiradas dos seus, dos meus, dos nossos impostos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;