Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 12 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Tentativa de roubo
em saída de banco
termina em tiroteio

André Henriques/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Dupla seguiu secretária, que tentou se esconder em lanchonete no Jardim Progresso


Rafael Ribeiro
Do Diário do Grande ABC

28/06/2013 | 07:00


Um homem foi baleado no ombro e preso após tiroteio com guardas municipais da Romo (Rondas Ostensivas com Motos) de Santo André em uma lanchonete no Jardim Progresso. Ele invadiu o local após tentativa malsucedida de roubar uma secretária de 24 anos na saída de uma agência bancária.

Segundo o registro da ocorrência realizado no 3º DP (Vila Pires) da cidade, o motoboy Randal Silva Rodrigues de Oliveira e um comparsa que está foragido seguiram a vítima após a jovem efetuar saque de cerca de R$ 3.000 em banco na Rua Carijós.

Percebendo a movimentação da dupla, a secretária buscou se esconder dentro da lanchonete, mas Oliveira entrou no local e a rendeu com a pistola calibre 380 que portava, aproveitando para anunciar assalto ao estabelecimento.

O que os dois acusados não esperavam é que uma equipe da Romo passasse pela rua no momento da ação e estranhou o fato de os clientes estarem de pé e com as mãos para cima. Ao pararem as motos, perceberam que Oliveira estava armado.

O comparsa conseguiu fugir ao notar a aproximação dos guardas na moto Falcon roxa que era usada por eles na ação, mas Oliveira reagiu e atirou. Acabou alvejado no revide. Levado ao CHM (Centro Hospitalar Municipal), foi medicado e liberado para ser autuado em flagrante por roubo qualificado.

Na delegacia, enquanto a ocorrência era apresentada, outras duas vítimas reconheceram Oliveira de assaltos anteriores ocorridos no bairro. No relato, disseram que ele as abordou pedindo o valor exato que elas tinham sacado momentos antes.

O delegado Márcio Antônio Pereira, titular do distrito, acredita que mais vítimas deverão procurar a polícia para fazer o reconhecimento do motoboy.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Tentativa de roubo
em saída de banco
termina em tiroteio

Dupla seguiu secretária, que tentou se esconder em lanchonete no Jardim Progresso

Rafael Ribeiro
Do Diário do Grande ABC

28/06/2013 | 07:00


Um homem foi baleado no ombro e preso após tiroteio com guardas municipais da Romo (Rondas Ostensivas com Motos) de Santo André em uma lanchonete no Jardim Progresso. Ele invadiu o local após tentativa malsucedida de roubar uma secretária de 24 anos na saída de uma agência bancária.

Segundo o registro da ocorrência realizado no 3º DP (Vila Pires) da cidade, o motoboy Randal Silva Rodrigues de Oliveira e um comparsa que está foragido seguiram a vítima após a jovem efetuar saque de cerca de R$ 3.000 em banco na Rua Carijós.

Percebendo a movimentação da dupla, a secretária buscou se esconder dentro da lanchonete, mas Oliveira entrou no local e a rendeu com a pistola calibre 380 que portava, aproveitando para anunciar assalto ao estabelecimento.

O que os dois acusados não esperavam é que uma equipe da Romo passasse pela rua no momento da ação e estranhou o fato de os clientes estarem de pé e com as mãos para cima. Ao pararem as motos, perceberam que Oliveira estava armado.

O comparsa conseguiu fugir ao notar a aproximação dos guardas na moto Falcon roxa que era usada por eles na ação, mas Oliveira reagiu e atirou. Acabou alvejado no revide. Levado ao CHM (Centro Hospitalar Municipal), foi medicado e liberado para ser autuado em flagrante por roubo qualificado.

Na delegacia, enquanto a ocorrência era apresentada, outras duas vítimas reconheceram Oliveira de assaltos anteriores ocorridos no bairro. No relato, disseram que ele as abordou pedindo o valor exato que elas tinham sacado momentos antes.

O delegado Márcio Antônio Pereira, titular do distrito, acredita que mais vítimas deverão procurar a polícia para fazer o reconhecimento do motoboy.  

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;