Editorial Titulo Editorial
Hipocrisia e omissão
Da Redação
12/05/2024 | 09:00
Compartilhar notícia


 A jovem Geovanna Viana Lima, 19 anos, engrossou na noite de sexta-feira as lamentáveis estatísticas de vítimas fatais do trânsito no Grande ABC. Atropelada por veículo em alta velocidade enquanto atravessava a Avenida Presidente Kennedy, no Centro de São Caetano, ela não resistiu aos ferimentos e morreu ali mesmo, antes de poder ser socorrida. O outro personagem desta história, Arthur Franklin Moita, dirigia o carro sob efeitos de álcool, de acordo com resultado do teste do bafômetro, e muito possivelmente, segundo testemunhas, participava de um racha. Como se já não bastasse a dor da tragédia, a sociedade são-caetanense é obrigada a digerir a hipocrisia da classe política.

Pode-se imaginar o que sentem os familiares e amigos de Geovanna ao lerem a declaração do deputado estadual Thiago Auricchio (PL), defendendo nas redes sociais o endurecimento das leis de trânsito e a punição dos culpados, como se ele próprio não pudesse colaborar para isso, na qualidade de parlamentar ou de filho do prefeito de São Caetano, José Auricchio Júnior (PSDB). O silêncio do tucano, por sua vez, também é eloquente. Falar o quê, se exatamente no dia do acidente fatal com a jovem o chefe do Executivo era exposto por gastar R$ 35,7 milhões para que um empresário amigo da família efetuasse a troca de semáforos, como se isso fosse suficiente para reduzir a violência no trânsito da cidade?

É preciso dizer que, embora este episódio tenha ocorrido em São Caetano, moradores de todas as outras seis cidades estão expostos ao mesmo perigo. A imprudência de motoristas e a incompetência dos agentes públicos para coibir abusos se espalham pela região. Enquanto políticos não pararem de, hipócrita e irresponsavelmente, ir às redes sociais lamentar cada tragédia e, no exercício do poder, omitirem-se de suas atribuições, o asfalto do Grande ABC seguirá sendo manchado de sangue. Que a curta existência de Geovanna Viana Lima não tenha sido em vão e sua morte sirva para que as autoridades regionais se conscientizem de que já passou da hora de trabalhar pelo fim das mortes no trânsito!




Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


;