Política Titulo Charge
Charge - 3 de março de 2024
Por Fernandes
03/03/2024 | 11:21
Compartilhar notícia
Fernandes/DGABC


Em sessão de julgamento realizada na quinta-feira pelo TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo), o desembargador Marcio Kayatt pediu a cassação e a inelegibilidade do prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), por abuso de poder político e uso indevido dos meios de comunicação. Com isso, o placar está empatado por 1 a 1. A Corte acolheu, em dezembro, ação promovida pelo PT por supostas publicações de cunho eleitoral nos meses antecedentes à eleição de 2020, que culminou na reeleição do tucano na cidade. 

Após pedido de vista, Kayatt contrariou o relator do processo, o desembargador Cotrim Guimarães, e votou pelo provimento parcial da ação, que também envolve o ex-vice-prefeito e ex-deputado federal Marcelo Lima (PSB), além da secretária de Comunicação Thais Santiago. O julgamento foi suspenso depois da juíza Maria Cláudia Bedotti solicitou nova vista, e não há previsão para ser retomado. Os votos serão dados pelos sete desembargadores que compõem a Corte.




Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


;