Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 15 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

IPT moderniza laboratório de motores


Sueli Osório
Do Diário do Grande ABC

20/08/2011 | 07:30


O Instituto de Pesquisas Tecnológicas apresentou anteontem novos equipamentos do laboratório de motores, que atua na pesquisa e desenvolvimento de combustíveis, aditivos e propulsores a combustão, com foco em motores e veículos do ciclo diesel.

Por conta do conjunto de equipamentos, será possível realizar as certificações de veículos comerciais de acordo com as novas legislações ambientais, como o Euro V do Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículos Automotores, que busca diminuir os níveis de poluição emitidos por caminhões e ônibus. Essa medida também é conhecida como Proconve-P7 e está previsto para entrar em vigor em janeiro de 2012.

A modernização do laboratório, que existe há 30 anos, foi viabilizada com investimento de R$ 6,2 milhões, dos quais R$ 5 milhões foram aplicados pela Petrobras em novos equipamentos e R$ 1,2 milhão pelo Governo do Estado na reforma da infraestrutura laboratorial.

Com os investimentos realizados, foi renovada a bancada de dinamômetro dinâmico do laboratório, também conhecida como bancada transiente, permitindo analisar os propulsores em diferentes condições de uso para potências de 330 kW e 1.400 Nm de torque. "Nesses equipamentos, é possível acelerar ou frear o motor, acompanhando em tempo real o que está acontecendo, com todos os dados passando por sistemas informatizados", afirmou o diretor-presidente do IPT, João Fernando Gomes de Oliveira.

O projeto também viabilizou aquisição de nova bancada dinamométrica passiva (500 kW/1.200 Nm) para ensaios de desempenho e durabilidade de combustíveis e motores. O laboratório passa a contar ainda com sistema de medição de emissões reguladas embarcada para a realização de ensaios de emissões de veículos em uso. Esse sistema é embarcado com GPS para medição de emissões gasosas, possibilitando a avaliação de veículos em condições de uso, a elaboração de inventários de emissões veiculares e a avaliação de novos combustíveis e de novas tecnologias veiculares, como veículos híbridos.

HOMOLOGAÇÕES - O laboratório de energia térmica, motores, combustíveis e emissões do Instituto de Pesquisas Tecnológicas presta serviços para empresas públias e privadas.

Segundo o pesquisador Silvio de Andrade Figueiredo, a expectativa é que, no início do próximo ano, já possam ser realizados ensaios para homologação de veículos para o Proconve-P7 no laboratório. "Agora já contamos com os equipamentos necessários, só teremos de trabalhar no treinamento da equipe", explicou.

 

Mercedes-Benz usa BlueTec 5 para atender ao Proconve P-7

O BlueTec 5 é a solução da Mercedes-Benz para atendimento ao Proconve P-7. Entre diversos requisitos, a nova norma exige a redução de 80% nas emissões de material particulado e de 60% nas emissões de óxidos de nitrogênio, em relação à legislação atual.

Segundo Gilberto Leal, gerente de desenvolvimento de motores da Mercedes-Benz do Brasil, além de atender às exigências da nova legislação, destacando-se por ser ambientalmente amigável, os motores e veículos com tecnologia BlueTec 5 oferecem bom desempenho e reduzem o consumo de combustível, diminuindo o custo operacional e assegurando a rentabilidade para os clientes. A empresa realizou cerca de 50 mil horas de testes de funcionalidade e durabilidade com motores Proconve P-7 em bancos de prova e nos veículos em operação.

 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;