Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 17 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Guilherme Costa fecha 1.500m com recorde sul-americano; Jheniffer fica em 8º



25/06/2022 | 15:03


Guilherme Costa voltou a fazer uma grande prova no 1.500m livre neste sábado e bateu o recorde sul-americano no Mundial de Esportes Aquáticos, em Budapeste, na Hungria. O cachorrão, como é carinhosamente chamado, com o tempo 14m48s53, cinco segundos da marca que ele mesmo havia estabelecido nas Eliminatórias.

O brasileiro completou os primeiros 800m da prova com a melhor marca sul-americana e manteve o ritmo até a batida final, terminando com o sexto tempo. O vencedor foi o italiano Gregorio Paltrinieri, que bateu o recorde do torneio, com a marca de 14m32s80.

O italiano disparou logo no começo da prova e não deu a menor chance aos adversários. O americano Bobby Finke ficou com a prata, enquanto o alemão Florian Wellbrock conquistou a medalha de bronze.

Guilherme Costa ainda conquistou no Mundial de Esportes Aquáticos a medalha de bronze nos 400m livre e chegou no quinto lugar nos 800m livre.

"Eu tinha mais a dar nos 400m e poderia ter feito uma melhor prova dos 800m, mas eu gostei do resultado de hoje. Como eu não tinha nada a perder, quis ver até onde conseguiria ir. Fiz uma grande prova", falou Guilherme.

Jhennifer fica em oitavo

A outra final brasileira contou com Jhennifer Conceição nas raias. Ela disputou os 50m peito e ficou com a oitava colocação, com a marca de 30s45. Na semifinal, ela chegou a bater o recorde sul-americano, com 30.28.

Na prova da brasileira, o ouro ficou com a italiano Ruta Meilutyte, com 29s70. A compatriota Benedetta Pilato fez 29s80, enquanto a sul-africana Lara van Niekerk ficou com o bronze, com 29s90.

O Brasil, que encerrou a participação no Mundial de Esportes Aquáticos com a prata de Nicholas Santos nos 50, borboleta, além da bronze de Guilherme Costa nos 400m livre, disputou neste sábado as eliminatórias do revezamento 4x100m medley masculino e feminino, mas não conseguiu pontuação suficiente para avançar à final.

Já Gabrielle Roncatto, nos 400m medley, ficou com o 14º tempo da eliminatória, mas também não chegou à final.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;