Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 9 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Investigação da Wada acusa Ucrânia de manipulação em exames antidoping desde 2012



27/10/2021 | 11:51


A Ucrânia está correndo sério risco de punição nas próximas competições internacionais por causa de manipulações em exames antidoping. O grupo de Inteligência e Investigação da Agência Mundial Antidopagem (Wada, na sigla em inglês) encontrou irregularidades graves em diversos controles feitos pelo país desde 2012 e disse "ter sérias dúvidas" sobre a integridade da Agência Antidopagem da Ucrânia (NADC, na sigla em ucraniano).

A Operação Hércules tem indícios que as manipulações já ocorram há quase 10 anos. As investigações "sugerem que desde 2012 o NADC avisa com antecedência sobre a colheita das amostras e faz marcação com os atletas nos seus gabinetes."

De acordo com a Wada, exceto em circunstâncias excepcionais e justificadas, controles de doping devem ser realizados sem aviso prévio. "Um aspecto fundamental para que o programa seja eficaz", explica.

"Há evidências corroboradas de que a agência antidoping ucraniana telefonou para os atletas ou seus treinadores para convocá-los no dia seguinte em suas instalações e submetê-los a um controle", acusa Gunter Younger, diretor do I&I (Inteligência e Investigação). "Uma delegação inteira foi vista se alinhando na agência para testes", observa.

A prática vinha ocorrendo antes das grandes disputas mundiais. Pela investigação, pelo menos seis controles feitos em competições foram aprovados como controles surpresa. Os pesquisadores pediram um novo teste dessas amostras e o resultado foi negativo.

A Operação Hércules ainda investigou suspeitas de doping e encobrimento na Federação Ucraniana de Atletismo, sem encontrar provas, embora tenha detectado um possível caso de tráfico de EPO por um indivíduo. O mesmo negou envolvimento e o caso está em estudo na Unidade de Integridade de Atletismo.

Todas as evidências encontradas pela I&I, que age como grupo independente dentro da Wada, foram transferidas para a entidade "para ação imediata." Caso haja punição à Ucrânia, ela já não poderia participar dos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim, em 2022.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;