Fechar
Publicidade

Sábado, 4 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Resgate da confiança foi uma das marcas no Consórcio, diz Acácio

André Henriques/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Secretário executivo da entidade enaltece papel do colegiado durante crise da Covid e exalta reaglutinação pós-turbulência


Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

26/10/2021 | 00:21


Secretário executivo do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC, Acácio Miranda enalteceu o que classificou como resgate da confiança das prefeituras na atuação do colegiado de prefeitos depois de anos de conflito interno.

No cargo desde janeiro a convite do prefeito de Santo André e presidente da entidade, Paulo Serra (PSDB), Acácio fez um balanço sobre sua atuação em entrevista ao Diário. Ele listou série de projetos que tiveram andamento neste ano, o que foi possível depois do restabelecimento da credibilidade da instituição.

“Trabalhamos em duas frentes. A primeira, reconquistar as prefeituras, os corpos técnicos das administrações e ressaltar aos prefeitos a importância do Consórcio. A outra frente, capilarizar a atuação do Consórcio para que a população soubesse a real atuação da entidade. O Consórcio é muito importante, em especial para as prefeituras menores. E fizemos tudo isso sem orçamento. Ficamos três meses praticamente sem pagar funcionários”, citou Acácio.

Na legislatura passada, crise entre os prefeitos provocou a saída de prefeituras do Consórcio, algo inédito desde a fundação da entidade, em 1990. Diadema chegou a se desfiliar formalmente, enquanto São Caetano e Rio Grande da Serra aprovaram o descredenciamento, porém não cumpriram a quarentena imposta para a oficialização.

“A gente conseguiu fazer do Consórcio uma espécie de embaixada do Grande ABC. Trouxemos secretários de várias esferas, a Febraban (Federação Brasileira de Bancos), outros agentes e tivemos a cereja do bolo que foi o prefeito da Capital, Ricardo Nunes (MDB), que aderiu ao Consórcio como integrante consultor. Até porque parcela considerável dos nossos problemas interfere na Capital, e parte dos problemas da Capital interfere de certa maneira na região”, discorreu o dirigente.

PROJETOS
Acácio comentou que a crise da Covid-19 reforçou a importância dos debates regionais. Ele lembrou, por exemplo, que foi via Consórcio Intermunicipal que Rio Grande conseguiu insumos para tratar os pacientes com o novo coronavírus e que foi possível remanejar leitos para atender casos graves em cidades que não dispunham de leitos.

“Em negociações feitas por meio do Consórcio, em uma dessas brigas que tivemos, foi a Cross (Central de Regulação de Ofertas e Serviços de Saúde) regional. É algo que avançou, para que o Consórcio e as sete cidades possam regular suas vagas. Sabemos que o SUS (Sistema Único de Saúde) é universal, mas sofremos bastante com a questão durante a pandemia. Os hospitais estavam lotados e tínhamos pacientes de Suzano, da Capital, da Baixada Santista. Talvez essa tenha sido uma grande conquista do consórcio”, comentou.

Acácio ainda listou a chegada do BRT (sigla em inglês para ônibus de alta velocidade), a retomada do debate pra a Linha 20-Rosa do Metrô, a construção da escola de governo, instituição de ouvidorias racial e LGBTQIA+ e a abertura do Procon regional.


Prévias atrapalham relação com o governo do Estado

As prévias do PSDB para escolha do candidato do partido à Presidência da República tem interferido no avanço de negociações de projetos liderados pelo Consórcio Intermunicipal do Grande ABC junto ao governo do Estado. A percepção é a do secretário executivo da entidade regional, Acácio Miranda.

O processo de definição do presidenciável tucano rachou a legenda e essa divisão se replicou no Grande ABC. O prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB), apoia e é um dos coordenadores da campanha interna do governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite. Já o chefe do Executivo de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), é entusiasta do governador de São Paulo, João Doria. Além de Leite e Doria, concorre nas prévias o ex-prefeito de Manaus Arthur Virgílio.

Acácio chegou à secretaria-executiva do Consórcio tendo no currículo os cargos de subprefeito de Pinheiros, chefe de gabinete da vice-presidência da Câmara dos Vereadores de São Paulo, chefe de gabinete da subprefeitura de Santo Amaro e chefe de gabinete da Casa Civil da prefeitura de São Paulo. Por ter boa relação com muitos quadros da Capital, utilizou esse conhecimento para articular projetos para a entidade.

“Percebi que todo relacionamento que sempre tive com o governo do Estado, e que usufrui ao longo desse período, há cerca de dez dias não é mais o mesmo. Brecaram consideravelmente os projetos que levamos para lá. Em Mauá, por exemplo, estava programada a passagem da carreta da mamografia e não avançou mais. O Consórcio iria ganhar três maquinários do governo do Estado e ninguém fala mais nada, não nos atendem mais”, disse. “Não sei se é a questão das prévias. Talvez seja.”

As prévias do PSDB estão marcadas para o dia 21 de novembro. Tanto Leite quanto Doria garantem que não concorrerão à reeleição em seus Estados. Doria, inclusive, já apresentou seu vice-governador Rodrigo Garcia (PSDB) como seu candidato ao Palácio dos Bandeirantes. No Grande ABC, os diretórios de São Bernardo, São Caetano, Mauá e Rio Grande da Serra fecharam questão pró-Doria. O de Santo André, a favor de Eduardo Leite. Em Ribeirão Pires, houve liberação dos filiados – o que foi considerado um ato pró-Leite, já que o comando da sigla na cidade é ligado a Morando e a Doria. 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;