Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 6 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Consórcio oficializa cadeira para a prefeitura da Capital

André Henriques/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Durante visita do prefeito Ricardo Nunes (MDB), entidade formaliza inclusão de São Paulo no conselho consultivo e espera tirar do papel políticas em conjunto


Raphael Rocha
Yasmin Assagra
Do Diário do Grande ABC

10/09/2021 | 11:40


O Consórcio Intermunicipal do Grande ABC e a prefeitura da Capital assinaram na manhã desta sexta-feira (10) a inclusão de São Paulo como integrante consultivo da entidade regional. Na prática, a administração da maior cidade da América Latina terá cadeira no colegiado do Grande ABC, retomando pauta antiga do bloco de prefeitos da região.

O prefeito paulistano Ricardo Nunes (MDB) participou da assembleia presencial do Consórcio. Estiveram presentes o presidente da entidade e prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB), os prefeitos José de Filippi Júnior (PT-Diadema), Clóvis Volpi (PL-Ribeirão Pires) e Claudinho da Geladeira (PSDB-Rio Grande da Serra), além dos vice-prefeitos Marcelo Lima (PSD-São Bernardo) e Celma Dias (PT-Mauá). O governo do prefeito interino de São Caetano, Tite Campanella (Cidadania), não enviou representantes. Secretário da Casa Civil na prefeitura de São Paulo, o ex-deputado Ricardo Tripoli (PSDB) também participou do encontro – seu nome é o mais cotado para intermediar a relação.

Segundo Nunes e Paulo Serra, o objetivo é colocar em prática sonho antigo do Grande ABC, que é ter a Capital como agende de discussão de políticas públicas integradas. Eles ressaltaram que cinco dos sete municípios fazem limite com a Capital – exceção de Ribeirão Pires e Rio Grande – e que, como a Região Metropolitana é conurbada, ações isoladas produzem poucos efeitos perceptíveis na Grande São Paulo.

“A ideia é discutir políticas públicas tanto para o Grande ABC quanto para São Paulo e compartilhar experiências. Acreditamos que a Capital tem muito o que contribuir, principalmente, agora, no pós-pandemia”, disse Ricardo Nunes, que herdou a cadeira de prefeito de Bruno Covas (PSDB), morto em maio, vítima de câncer.

Segundo Paulo Serra, alguns assuntos já foram esquadrinhados no debate com São Paulo, como o BRT-ABC (sigla em inglês para ônibus de alta velocidade) e o Piscinão Jaboticabal. O projeto de transporte prevê ligação da região com o sistema metroviário da Capital pela Linha 2-Verde, nas estações Tamanduateí e Sacomã, partindo do Centro de São Bernardo e passando por Santo André e São Caetano. O segundo, de contenção de enchentes, será construído na chamada tríplice fronteira entre São Paulo, São Bernardo e São Caetano.

“Vamos trabalhar questões práticas importantes, como o projeto de transporte hídrico que começa na Capital e agora, com a parceria, iniciar os estudos para estender na região. Além de outras duas questões com relação direta com a Capital, que são os projetos do BRTABC, que liga toda nossa região a linha do Metrô, e o Piscinão Jaboticabal. Esses são nossos três desafios iniciais”, pontuou Paulo Serra, logo após a assinatura do termo de posse da prefeitura da Capital como componente consultivo do Consórcio.

Paulo Serra ainda destacou que aproximadamente 500 mil pessoas se deslocam da Capital ao Grande ABC todos dias, em transportes públicos, além de veículos individuais. Conforme o tucano, cerca de 50 mil usuários utilizam a Avenida dos Estados diariamente - a via de ligação com a Capital passa por reforma, mas ainda carece de  melhor infraestrutura viária. "De início vamos trabalhar mais nessa parte estrutural de drenagem, combate às enchentes e nos transportes públicos", completou o chefe do Executivo.

O debate sobre a Capital ter uma cadeira no colegiado regional vem desde o fim dos anos 2000. Na passagem do ex-prefeito de São Bernardo Luiz Marinho (PT) como presidente do bloco do Grande ABC, o assunto voltou à pauta, inclusive com a possibilidade de o governo do Estado também compor a entidade. Ao chegar à Prefeitura de São Bernardo e ser eleito presidente do Consórcio, Orlando Morando (PSDB) foi outro a levantar a bandeira. Efetivamente, porém, poucos avanços foram construídos com essa relação. 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;