Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 20 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Kris Wu, ídolo do pop na China, é detido após acusações de estupro



01/08/2021 | 12:10


Kris Wu, ídolo do pop chinês que ficou conhecido por integrar o grupo de K-Pop EXO antes de seguir carreia solo, foi preso por suspeita de estupro. Segundo o site da Variety, a polícia de Chaoyang, em Pequim, na China, confirmou a notícia.

Em resposta a relatos da internet que Wu Yifan repetidamente enganou mulheres jovens para fazer sexo e outras questões relacionadas, após investigações policiais, Wu Yifan foi detido pela suspeita de crime de estupro, de acordo com a lei, diz a declaração.

Ainda segundo a publicação, a postagem da polícia, feita numa rede social, recebeu mais de três milhões de curtidas em apenas 25 minutos.A ação seria surpreendente já que casos parecidos na indústria do entretenimento na China raramente seriam resolvidos.

Segundo informações do jornal The Guardian, Du Meizhu, de 19 anos de idade, acusou o artista de estuprá-la quando ela tinha 17 anos de idade. Ela também disse que o artista fez sexo com pelo menos sete outras meninas que tinham menos de 18 anos de idade, seduzindo-as com álcool e promessas de fama.

Ela ainda disse que quer justiça para outras supostas vítimas, e pediu que Kris Wu deixasse a indústria de entretenimento chinesa em 24 horas e se desculpasse publicamente. Na China, a idade legal para consentimento sexual é 14 anos de idade.

Após a repercussão do caso, diversas marcas romperam contrato com o artista, como a Kans, marca de produtos para a pele, a plataforma de streaming de música Yunting e a fabricante de detergentes domésticos Libai. Outras grandes marcas como Louis Vuitton, Bulgari, L'Oreal e Porsche, também romperam com o artista.

Ele nega todas as acusações e os advogados entraram com uma ação contra a jovem por difamação.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;