Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 27 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Prefeitura e Estado se reúnem
para ajudar famílias do Di Thiene

Claudinei Plaza/ DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Administração deve pagar auxílio até dezembro, quando CDHU pretende construir habitações


Daniel Tossato
Do Diário do Grande ABC

24/06/2021 | 00:01


A Prefeitura de São Caetano estuda a possibilidade de voltar a pagar o auxílio-aluguem aos moradores do antigo Edifício Di Thiene até dezembro deste ano. A intenção foi revelada na tarde de ontem após audiência sobre a situação das famílias que moravam no condomínio na Câmara da cidade.

Conforme o vereador e um dos coordenadores da audiência Daniel Cordoba (PSDB), a intenção é realizar o pagamento do auxílio, no valor de R$ 400, até dezembro, mês em que o convênio firmado pela Prefeitura e pela CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano) para elaboração do projeto de moradias seja assinado. A iniciativa pode beneficiar 136 famílias que moravam no Di Thiene.

“A audiência ajudou a desenhar ainda mais o projeto idealizado pela Prefeitura e pela CDHU. O Legislativo vai acompanhar a situação, em conjunto com o Executivo e com o governo do Estado. O prefeito (Tite Campanella-Cidadania), se prontificou a realizar estudo para o retorno do pagamento do auxílio-aluguel para as famílias até dezembro”, declarou Cordoba.

A audiência contou com a participação do secretário executivo de Habitação do Estado de São Paulo, Fernando Marangoni (DEM), que confirmou a possibilidade de a assinatura do convênio ocorrer no fim do ano.

“Ainda faltam alguns ajustes para a regularização do terreno, que fica a cargo da Prefeitura. Tão logo isso esteja em ordem, aí o convênio será assinado. Assim que firmado, contaremos de 45 a 60 dias para a entrega do projeto. Assim que o projeto for elaborado, temos intenção de entregar as moradias dentro de 15 a 18 meses”, declarou Marangoni.

O secretário executivo ainda informou que, após dezembro e com a assinatura do convênio, as famílias deverão receber auxílio-moradia – no valor de R$ 400 – por meio do governo do Estado. “Isso também ficou pactuado nesta audiência. A Prefeitura paga o auxílio-aluguel nos primeiros seis meses e depois o governo do Estado assume o benefício com o auxílio-moradia.”

Moradores do Di Thiene também participaram da audiência e fizeram questionamentos a Fernando Marangoni. O representante das famílias, o vendedor Leandro Gomes Gontijo, 38 anos, declarou que a audiência foi proveitosa. “Pedimos somente duas coisas: transparência no andamento do projeto e que as inscrições de famílias também sejam revistas. Somos trabalhadores e só queremos nossas casas”, declarou.

Por meio de nota, a Prefeitura de São Caetano confirmou a possibilidade de a administração retomar o auxílio-aluguel até dezembro – os pagamentos foram suspensos em janeiro. “O prefeito Tite Campanella garantiu que irá analisar junto ao jurídico e ao financeiro a possibilidade de retomar o auxílio emergencial.”

HISTÓRICO
Em junho de 2019, parte do Edifício Di Thiene ruiu, ferindo levemente oito pessoas e deixando 102 famílias desabrigadas. Em novembro do mesmo ano o imóvel foi demolido pela Prefeitura. O terreno onde ficava o prédio foi invadido em maio deste ano, quando esquentou as tratativas para solucionar o problema. Os moradores alegam que compraram os apartamentos no edifício que desabou. Hoje, as famílias estão alojadas no CRE (Clube Recreativo Esportivo) Fundação. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;