Fechar
Publicidade

Domingo, 1 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Bares de Santo André lotam em comemorações do Dia dos Namorados

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Alguns estabelecimentos apresentaram aglomerações, tanto na parte interna quanto na externa


Aline Melo
Do Diário do Grande ABC

12/06/2021 | 20:43


A noite do Dia dos Namorados em Santo André está sendo marcada por muitos casais que estão procurando bares e restaurantes para celebrar a data. Apesar da pandemia de Covid-19, em alguns estabelecimentos foi registrada aglomeração, tanto na parte interna quanto na parte externa, onde os clientes aguardavam nas filas.

Ao longo de quase um quilômetro na Rua das Figueiras, no Bairro Jardim, tradicional endereço de agitação noturna da cidade, muitos estabelecimentos apresentavam longas filas de espera, mas não havia distanciamento entre quem aguardava a sua vez de entrar. Também não havia nenhum tipo de fiscalização ou barreira sanitária por parte da Prefeitura.

A assistente judiciária Monize Cristina Bezerra, 25 anos, e o professor Maurício Aguiar, 31, circulavam em busca de um local onde não houvesse aglomeração. O casal relatou que estava há cerca de um mês sem sair para jantar fora de casa e pontuou que, aos poucos, está retomando o ritmo pré-pandemia, mesmo considerando que o pior da crise sanitária ainda está por vir no País. Ambos estão vacinados, mas acham que a pandemia só vai melhorar quando um maior número de pessoas estiver imunizado.

"O fato de estarmos vacinados não nos traz segurança, mas hoje a gente decidiu sair para comemorar, afinal, é Dia dos Namorados", afirmou o professor.

Em um dos bares da Rua Figueiras, a fila era pequena e no interior do estabelecimento a distância entre as mesas mostrava que a casa estava seguindo a recomendação de receber 40% da sua capacidade. O sub-gerente Clayton Araújo, 44, afirmou que o bom movimento surpreendeu a todos e que a boa frequência, aliada à uma hora a mais de funcionamento que foi autorizada pela Prefeitura de Santo André deve ajudar a recuperar um pouco do prejuízo dos últimos meses. A administração municipal alterou de 22h para 23h o horário máximo de funcionamento de bares e restaurantes neste sábado.

Para quem esperava na porta para entrar, o período de 60 minutos a mais também foi comemorado. A atendente Caroline Santos, 26, e o marceneiro Willian da Silva Pereira, 31, achavam que o movimento estaria mais tranquilo, mas pretendiam ficar no restaurante até o horário de fechamento depois que conseguissem uma mesa. O casal tem saído toda semana para comer, mas reconhece que dessa forma se expõe ao risco de contaminação. "A gente sai porque não aguenta mais ficar em casa", afirmou Caroline. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;