Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 28 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Região terá R$ 22 milhões no orçamento da União

Rafael Neddermeyer/Fotos Públicas Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Emendas impositivas de Alex incluem todas as cidades do Grande ABC; mais da metade vai para enfrentamento à Covid


Daniel Tossato
Do Diário do Grande ABC

25/04/2021 | 00:05


O Grande ABC terá acesso a pelo menos R$ 22 milhões no orçamento da União, sancionado na semana passada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido). O volume é referente à quantia destinada pelo deputado federal Alex Manente (Cidadania), com domicílio eleitoral em São Bernardo, para municípios da região – o outro parlamentar do Grande ABC, Vicente Paulo da Silva, o Vicentinho (PT), não informou ao Diário o endereço de suas sugestões à peça orçamentária.

Do valor total, São Bernardo foi a cidade que recebeu a emenda de maior fatia, de R$ 10 milhões. Santo André obteve R$ 5 milhões; São Caetano e Diadema tiveram acesso a R$ 2 milhões, cada, enquanto Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra serão contempladas com R$ 1 milhão, cada.

As verbas foram articuladas por Alex por meio do orçamento impositivo, ou seja, valores que fazer parte do orçamento da União, mas que não podem ser alterados já que as emendas foram aprovadas. O governo federal, então, tem obrigação de executar a despesa e liberar as quantias aos municípios.

O montante enviado para São Bernardo será utilizado para a construção de acesso à Via Anchieta pelo Corredor ABD, que liga Santo André, São Bernardo e Diadema. A obra pode ter início em dezembro se a Prefeitura de São Bernardo, administrada por Orlando Morando (PSDB) – atualmente aliado do deputado – inicie os processos para o edital agora.

O restante do valor (R$ 12 milhões) foi enviado às outras administrações com o intuito de ser utilizado especificamente em ações que visem o combate à pandemia de Covid-19. Somente Santo André recebeu R$ 5 milhões para este fim.

Na semana passada, Alex fez peregrinação por gabinetes de prefeitos para falar sobre a liberação das emendas e ouvir dos gestores em quais locais o aporte seria destinado. Além de Morando, o deputado esteve com o prefeito de São Caetano, Tite Campanella (Cidadania), e com o chefe do Executivo de Diadema, José de Filippi Júnior (PT). Com Paulo Serra (PSDB), de Santo André, a agenda ocorreu duas semanas atrás.

“O R$ 1 milhão que enviarei para Ribeirão Pires deverá ser utilizado para manutenção do hospital de campanha na cidade. Mas as outras cidades também receberão os valores para enfrentar este dilema no combate a pandemia”, declarou Alex. O hospital de campanha de Ribeirão quase foi encerrado pela gestão por falta de verba – a cidade é administrada por Clóvis Volpi (PL), que não tem proximidade com Alex.

No ano passado, o deputado federal já havia enviado emenda parlamentar para que São Bernardo utilizasse em ações de enfrentamento ao novo coronavírus. “Eu fiz questão de colocar no orçamento federal todas as cidades do Grande ABC. Foi uma batalha para garantir este dinheiro no orçamento, mas consegui contemplar todo o Grande ABC”, declarou o parlamentar.

O Diário procurou Vicentinho, cujo domicílio eleitoral é Diadema (já foi São Bernardo), mas o petista não retornou aos contatos até o fechamento desta edição.
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;