Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 20 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Agência reguladora da UE inicia revisão de vacina russa contra o coronavírus

Fotos Públicas Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

De acordo com estudo publicado na revista Lancet, imunizante foi 91% eficaz na prevenção de casos graves da Covid



04/03/2021 | 08:53


A Agência Europeia de Medicamentos (EMA, na sigla em inglês) informou nesta quinta-feira (4) que iniciou uma revisão da vacina russa Sputnik V, meses após o imunizante ter sido aprovado pela primeira vez para uso na Rússia. Em comunicado, o regulador europeu explicou que a revisão se baseia em resultados de estudos em laboratórios e pesquisas com adultos, o que sugere que o produto pode ajudar na prevenção do coronavírus.

Apesar do ceticismo em relação à introdução apressada pela Rússia, que começou a vacinação antes de ter concluído os testes em estágio final, a vacina parece ser segura e eficaz. De acordo com um estudo publicado na revista Lancet, a Sputnik V foi cerca de 91% eficaz na prevenção de casos graves da covid-19.

A EMA não definiu uma data para quando seu grupo de especialistas pode se reunir para avaliar os estudos, mas a revisão contínua tem como objetivo acelerar o processo de autorização, o que normalmente pode levar vários meses. Fonte: Associated Press.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Agência reguladora da UE inicia revisão de vacina russa contra o coronavírus

De acordo com estudo publicado na revista Lancet, imunizante foi 91% eficaz na prevenção de casos graves da Covid


04/03/2021 | 08:53


A Agência Europeia de Medicamentos (EMA, na sigla em inglês) informou nesta quinta-feira (4) que iniciou uma revisão da vacina russa Sputnik V, meses após o imunizante ter sido aprovado pela primeira vez para uso na Rússia. Em comunicado, o regulador europeu explicou que a revisão se baseia em resultados de estudos em laboratórios e pesquisas com adultos, o que sugere que o produto pode ajudar na prevenção do coronavírus.

Apesar do ceticismo em relação à introdução apressada pela Rússia, que começou a vacinação antes de ter concluído os testes em estágio final, a vacina parece ser segura e eficaz. De acordo com um estudo publicado na revista Lancet, a Sputnik V foi cerca de 91% eficaz na prevenção de casos graves da covid-19.

A EMA não definiu uma data para quando seu grupo de especialistas pode se reunir para avaliar os estudos, mas a revisão contínua tem como objetivo acelerar o processo de autorização, o que normalmente pode levar vários meses. Fonte: Associated Press.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;