Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 13 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Água Santa e igreja doam oito toneladas de cestas e panetones

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Parceria entre o time e a Renascer proporciona Natal mais feliz a centenas de moradores da Vila Nova Conceição, em Diadema


Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

25/12/2020 | 07:00


Esta época do Natal, invariavelmente, desperta sentimentos e aflora ainda mais o amor ao próximo. Em um ano muito prejudicado pela pandemia do novo coronavírus, que desencadeou problemas além da saúde, como os econômicos e sociais, algumas ações possibilitam sorrisos a centenas de famílias carentes. Em Diadema, por exemplo, parceria entre o Água Santa e a Igreja Renascer doou oito toneladas de cestas básicas e panetones para a comunidade da Vila Nova Conceição.

Morador da região há 23 anos e líder comunitário, o gestor geral do Netuno, Laureto Lima Medrado, ficou à frente da ação. Ele, que também é presidente do WestHam Futsal e ainda foi recentemente reeleito na presidência da Liga de Futebol Amador de Diadema, foi praticamente um Papai Noel para seus vizinhos.

“Estamos sempre buscando ajudar as famílias, fortalecê-las, porque sabemos a realidade delas. Sou o quarto morador aqui da comunidade, então todo mundo que chegou depois eu conheço, sei da história”, conta Laureto. “A gente já tinha feito uma ação dessas no início da pandemia, mas foi mais simples, entregamos cestas básicas para apenas 80 famílias. Desta vez foi maior. Em uma reunião no estádio (Inamar) com a Igreja Renascer, decidimos criar um evento para a comunidade e, com o apoio do presidente Paulo Korek, do Água Santa, pudemos entregar 410 cestas básicas e 500 panetones, totalizando mais ou menos oito toneladas. Foi um negócio realmente muito gratificante, sensacional. A comunidade parou para receber as doações. Foi a realização de um sonho particular meu. Só posso agradecer. A felicidade é total de ver todo mundo contente”, complementa.

Além de moradores do Conceição I, II, III e IV, também foram beneficiadas algumas famílias “mais necessitadas” de outras comunidades diademenses. A partir de um cadastramento prévio, a liderança comunitária tentou organizar a distribuição das cestas e dos panetones, exigindo uso de máscara e buscando evitar aglomeração intensa a partir da formação de fila próxima ao caminhão que levou os donativos até o local.

Segundo Laureto, a liderança da comunidade costuma organizar alguns eventos, como por exemplo no Dia das Crianças, mas que neste ano, por conta da Covid-19, foi cancelado. Assim, decidiram não deixar o Natal passar batido e realizaram esta ação. “Este ano foi atípico, não fizemos a festa das crianças, então achamos por bem buscar essa parceria”, explica. “Em tempos de sofrimento e crise, as duas entidades (Renascer e Água Santa) tiveram a capacidade de mostrar o melhor de si, principalmente quando o assunto é compaixão ao próximo.”

A intenção é que uma vez firmada essa parceria entre as partes, que ela se mantenha para futuras ações. “Vamos fazer de novo. Não pode acabar.”

NETUNO
Ao contrário dos principais rivais da Série A-2 do Campeonato Paulista, o Água Santa já iniciou os preparativos para a competição. O técnico Sérgio Guedes teve contrato renovado, assim como algumas peças do elenco que disputou a Copa Paulista.


 

Instituto Seci também faz alegria das crianças

Fantasiado de Papai Noel e com uma máscara por baixo da falsa barba branca, o CEO do Instituto Seci, Guilherme Ferreira de Souza entregou 180 panetones para crianças entre 6 e 12 anos que participam das atividades esportivas, culturais e educacionais no Parque Capuava, em Santo André. O projeto, que nasceu no antigo campo de várzea local – que passou por revitalização, ganhou gramado sintético e foi rebatizado como Arena Seci –, já havia realizado outras ações neste ano e, em parceria com a Mercedes-Benz, quis proporcionar um Natal mais feliz às famílias.

“Esse ano foi muito complicado por conta da pandemia. Em março, assim que a gente percebeu o impacto que sofreriam as famílias dos nossos alunos, que estão em situação de vulnerabilidade, começamos a mobilizar patrocinadores, amigos e pessoas que acompanham para dar força, apoio com alimentos, produtos de limpeza e higiene, e até cartões de alimentação. No fim, com todas as ações, foram mais de R$ 200 mil em doações”, explica Guilherme. “A gente sabia que no fim do ano muitas famílias não conseguiriam dar um presentinho para o filho ou filha. Conversando com o RH (departamento de recursos humanos) da Mercedes-Benz, decidimos trazer mais solidariedade, na esperança de um 2021 mais unido, por mais engajamento e mostrar que ninguém está sozinho, que vamos enfrentar juntos toda essa crise e essa batalha”, emenda o CEO. “Essa ação fecha tudo o que construímos este ano no Seci. Temos um lema aqui que é: ‘acreditamos nas pessoas e pessoas mudam o mundo’. E neste ano a gente provou que é possível”, conclui. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Água Santa e igreja doam oito toneladas de cestas e panetones

Parceria entre o time e a Renascer proporciona Natal mais feliz a centenas de moradores da Vila Nova Conceição, em Diadema

Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

25/12/2020 | 07:00


Esta época do Natal, invariavelmente, desperta sentimentos e aflora ainda mais o amor ao próximo. Em um ano muito prejudicado pela pandemia do novo coronavírus, que desencadeou problemas além da saúde, como os econômicos e sociais, algumas ações possibilitam sorrisos a centenas de famílias carentes. Em Diadema, por exemplo, parceria entre o Água Santa e a Igreja Renascer doou oito toneladas de cestas básicas e panetones para a comunidade da Vila Nova Conceição.

Morador da região há 23 anos e líder comunitário, o gestor geral do Netuno, Laureto Lima Medrado, ficou à frente da ação. Ele, que também é presidente do WestHam Futsal e ainda foi recentemente reeleito na presidência da Liga de Futebol Amador de Diadema, foi praticamente um Papai Noel para seus vizinhos.

“Estamos sempre buscando ajudar as famílias, fortalecê-las, porque sabemos a realidade delas. Sou o quarto morador aqui da comunidade, então todo mundo que chegou depois eu conheço, sei da história”, conta Laureto. “A gente já tinha feito uma ação dessas no início da pandemia, mas foi mais simples, entregamos cestas básicas para apenas 80 famílias. Desta vez foi maior. Em uma reunião no estádio (Inamar) com a Igreja Renascer, decidimos criar um evento para a comunidade e, com o apoio do presidente Paulo Korek, do Água Santa, pudemos entregar 410 cestas básicas e 500 panetones, totalizando mais ou menos oito toneladas. Foi um negócio realmente muito gratificante, sensacional. A comunidade parou para receber as doações. Foi a realização de um sonho particular meu. Só posso agradecer. A felicidade é total de ver todo mundo contente”, complementa.

Além de moradores do Conceição I, II, III e IV, também foram beneficiadas algumas famílias “mais necessitadas” de outras comunidades diademenses. A partir de um cadastramento prévio, a liderança comunitária tentou organizar a distribuição das cestas e dos panetones, exigindo uso de máscara e buscando evitar aglomeração intensa a partir da formação de fila próxima ao caminhão que levou os donativos até o local.

Segundo Laureto, a liderança da comunidade costuma organizar alguns eventos, como por exemplo no Dia das Crianças, mas que neste ano, por conta da Covid-19, foi cancelado. Assim, decidiram não deixar o Natal passar batido e realizaram esta ação. “Este ano foi atípico, não fizemos a festa das crianças, então achamos por bem buscar essa parceria”, explica. “Em tempos de sofrimento e crise, as duas entidades (Renascer e Água Santa) tiveram a capacidade de mostrar o melhor de si, principalmente quando o assunto é compaixão ao próximo.”

A intenção é que uma vez firmada essa parceria entre as partes, que ela se mantenha para futuras ações. “Vamos fazer de novo. Não pode acabar.”

NETUNO
Ao contrário dos principais rivais da Série A-2 do Campeonato Paulista, o Água Santa já iniciou os preparativos para a competição. O técnico Sérgio Guedes teve contrato renovado, assim como algumas peças do elenco que disputou a Copa Paulista.


 

Instituto Seci também faz alegria das crianças

Fantasiado de Papai Noel e com uma máscara por baixo da falsa barba branca, o CEO do Instituto Seci, Guilherme Ferreira de Souza entregou 180 panetones para crianças entre 6 e 12 anos que participam das atividades esportivas, culturais e educacionais no Parque Capuava, em Santo André. O projeto, que nasceu no antigo campo de várzea local – que passou por revitalização, ganhou gramado sintético e foi rebatizado como Arena Seci –, já havia realizado outras ações neste ano e, em parceria com a Mercedes-Benz, quis proporcionar um Natal mais feliz às famílias.

“Esse ano foi muito complicado por conta da pandemia. Em março, assim que a gente percebeu o impacto que sofreriam as famílias dos nossos alunos, que estão em situação de vulnerabilidade, começamos a mobilizar patrocinadores, amigos e pessoas que acompanham para dar força, apoio com alimentos, produtos de limpeza e higiene, e até cartões de alimentação. No fim, com todas as ações, foram mais de R$ 200 mil em doações”, explica Guilherme. “A gente sabia que no fim do ano muitas famílias não conseguiriam dar um presentinho para o filho ou filha. Conversando com o RH (departamento de recursos humanos) da Mercedes-Benz, decidimos trazer mais solidariedade, na esperança de um 2021 mais unido, por mais engajamento e mostrar que ninguém está sozinho, que vamos enfrentar juntos toda essa crise e essa batalha”, emenda o CEO. “Essa ação fecha tudo o que construímos este ano no Seci. Temos um lema aqui que é: ‘acreditamos nas pessoas e pessoas mudam o mundo’. E neste ano a gente provou que é possível”, conclui. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;