Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 26 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Rota dos Restaurantes em S.Bernardo ganha respiro com nova churrascaria

Nario Barbosa/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Cartão de visitas da via, Tordilho ocupa espaço do antigo Pinheirão Grill, fechado desde julho; casa de shows vai inaugurar no dia 28 com jantar


Yara Ferraz
Do Diário do Grande ABC

14/11/2020 | 23:05


A Avenida Maria Servidei Demarchi, em São Bernardo, é conhecida como a Rota do Frango com Polenta ou dos Restaurantes. Após sequência de fechamentos desde 2016, que atingiu quatro dos 11 estabelecimentos e deixou sentimento de nostalgia e tristeza nas famílias frequentadoras dos espaços, boa notícia traz respiro à via: a Churrascaria Tordilho abre as portas onde, até julho, funcionava o Pinheirão Grill.

Os planos foram mantidos apesar da pandemia do novo coronavírus, estimulados pela flexibilização da quarentena. Assim como sua antecessora, a Tordilho também é especializada em carnes, mas tem cardápio, salão e equipes totalmente diferentes. O restaurante – que é o primeiro visto ao passar pelo portal da Rota dos Restaurantes instalado no início da via – foi inaugurado há cerca de duas semanas e aposta em cortes nobres, como picanha, bife ancho argentino e cordeiro, entre outros. O bufê possui saladas, legumes e comida japonesa. A nova casa opera em esquema de rodízio, mas também há opções de retirada para viagem. No total, 30 novos funcionários foram contratados.

“Estamos funcionando no almoço e jantar, todos os dias da semana”, disse um dos gerentes da nova unidade, Anderson Merin. Segundo ele, neste período de reabertura, muitos clientes perguntam pelo Pinheirão. “As pessoas conhecem aqui há muito tempo, e ficam felizes ao ver o espaço reaberto. A recepção pelo novo restaurante vem sendo muito positiva. É uma via muito boa, e tem uma localização ótima, bem perto da Via Anchieta”, afirmou ele, que veio da unidade da Tordilho localizada no Morumbi, na Capital – a de São Bernardo é a segunda da bandeira.

Outra novidade é que a churrascaria, diferentemente do Pinheirão, tem uma versão do tradicional frango com polenta. O cliente tem a opção de pedir o frango, que vem assado na churrasqueira, com uma porção caprichada de polenta. “Essa (porção) já é um dos nossos carros-chefes na unidade do Morumbi. Quando o cliente pede na mesa, ela vem quentinha e com queijo polvilhado”, explicou o gerente Alexandre Tenroller.

O Pinheirão Grill encerrou as atividades em julho, depois de 40 anos de funcionamento, quando os proprietários anteriores desfizeram a sociedade. O restaurante passou exclusivamente para as mãos de apenas um dos sócios, Ademir Perin, que também administra o Jardineira Grill, tradicional churrascaria de São Paulo, e que faz parte do mesmo grupo da Tordilho.Um dos ex-sócios, que não possui parte na nova unidade, alegou, à época, que crise causada pela pandemia acabou afetando diretamente o estabelecimento, que já passava por situação difícil.

“O pessoal da região merece isso. Eles prestigiaram o Pinheirão por tantos anos. Todos os restaurantes que fecharam antes não reabriram, mas nós tivemos essa oportunidade”, assinalou Perin. Ele não detalhou os investimentos.

CASA DE SHOWS
A Nova Rota (Avenida Nicola Demarchi, 270), casa de eventos fundada por cinco ex-funcionários de restaurantes que fecharam – e nos quais trabalharam por até três décadas – teve seus planos de abertura em março frustrados por causa da pandemia. Agora, a casa prepara jantar com DJ para o dia 28, seguindo protocolos de distanciamento e segurança. 

Programa de fidelidade deve ser reimplantado no ano que vem

Com a abertura da nova churrascaria, a rota passa a contar novamente com sete restaurantes. As unidades tradicionais do local enfrentam dificuldades nos últimos anos, com fechamento de quatro endereços. A Acisbec (Associação Comercial e Industrial de São Bernardo) pretende reativar o programa de descontos da via em 2021.

“É muito importante que essa abertura tenha acontecido, porque um dos segmentos mais afetados pela pandemia do novo coronavírus foi o de restaurantes”, afirmou o presidente da associação, Valter Moura. “Nós pretendemos retornar no primeiro semestre no ano que vem com o projeto do cartão fidelidade (lançado em março, iniciativa dava direito a um almoço gratuito após dez refeições pagas), que estava indo muito bem e já com acréscimos nas vendas”, completou, emendando que a volta da iniciativa vai depender das questões relacionadas à pandemia de Covid-19.

Atualmente, o Restaurante Santo Antônio é o mais antigo em funcionamento, há 58 anos. Um dos proprietários do local, Odair Battistini, afirmou que a chegada do concorrente animou os demais proprietários. “Ficamos muito felizes. A gente gostaria que abrissem mais e até os grandes que fecharam voltassem a abrir.Quanto mais restaurantes, melhor. Porque sempre foi a Rota do Frango com Polenta e meia dúzia de restaurantes não representa uma rota.”

O Restaurante Florestal encerrou as atividades em janeiro. Fundado em 1956, tinha 2.500 lugares. O lugar está fechado, com placa de vende-se.

Fechado em agosto de 2019, o Restaurante São Francisco virou unidade do supermercado Bem Barato. O São Judas baixou as portas em 2016. Houve especulação de reabertura e aposta em modelos de franquia da rede, que não vingaram.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Rota dos Restaurantes em S.Bernardo ganha respiro com nova churrascaria

Cartão de visitas da via, Tordilho ocupa espaço do antigo Pinheirão Grill, fechado desde julho; casa de shows vai inaugurar no dia 28 com jantar

Yara Ferraz
Do Diário do Grande ABC

14/11/2020 | 23:05


A Avenida Maria Servidei Demarchi, em São Bernardo, é conhecida como a Rota do Frango com Polenta ou dos Restaurantes. Após sequência de fechamentos desde 2016, que atingiu quatro dos 11 estabelecimentos e deixou sentimento de nostalgia e tristeza nas famílias frequentadoras dos espaços, boa notícia traz respiro à via: a Churrascaria Tordilho abre as portas onde, até julho, funcionava o Pinheirão Grill.

Os planos foram mantidos apesar da pandemia do novo coronavírus, estimulados pela flexibilização da quarentena. Assim como sua antecessora, a Tordilho também é especializada em carnes, mas tem cardápio, salão e equipes totalmente diferentes. O restaurante – que é o primeiro visto ao passar pelo portal da Rota dos Restaurantes instalado no início da via – foi inaugurado há cerca de duas semanas e aposta em cortes nobres, como picanha, bife ancho argentino e cordeiro, entre outros. O bufê possui saladas, legumes e comida japonesa. A nova casa opera em esquema de rodízio, mas também há opções de retirada para viagem. No total, 30 novos funcionários foram contratados.

“Estamos funcionando no almoço e jantar, todos os dias da semana”, disse um dos gerentes da nova unidade, Anderson Merin. Segundo ele, neste período de reabertura, muitos clientes perguntam pelo Pinheirão. “As pessoas conhecem aqui há muito tempo, e ficam felizes ao ver o espaço reaberto. A recepção pelo novo restaurante vem sendo muito positiva. É uma via muito boa, e tem uma localização ótima, bem perto da Via Anchieta”, afirmou ele, que veio da unidade da Tordilho localizada no Morumbi, na Capital – a de São Bernardo é a segunda da bandeira.

Outra novidade é que a churrascaria, diferentemente do Pinheirão, tem uma versão do tradicional frango com polenta. O cliente tem a opção de pedir o frango, que vem assado na churrasqueira, com uma porção caprichada de polenta. “Essa (porção) já é um dos nossos carros-chefes na unidade do Morumbi. Quando o cliente pede na mesa, ela vem quentinha e com queijo polvilhado”, explicou o gerente Alexandre Tenroller.

O Pinheirão Grill encerrou as atividades em julho, depois de 40 anos de funcionamento, quando os proprietários anteriores desfizeram a sociedade. O restaurante passou exclusivamente para as mãos de apenas um dos sócios, Ademir Perin, que também administra o Jardineira Grill, tradicional churrascaria de São Paulo, e que faz parte do mesmo grupo da Tordilho.Um dos ex-sócios, que não possui parte na nova unidade, alegou, à época, que crise causada pela pandemia acabou afetando diretamente o estabelecimento, que já passava por situação difícil.

“O pessoal da região merece isso. Eles prestigiaram o Pinheirão por tantos anos. Todos os restaurantes que fecharam antes não reabriram, mas nós tivemos essa oportunidade”, assinalou Perin. Ele não detalhou os investimentos.

CASA DE SHOWS
A Nova Rota (Avenida Nicola Demarchi, 270), casa de eventos fundada por cinco ex-funcionários de restaurantes que fecharam – e nos quais trabalharam por até três décadas – teve seus planos de abertura em março frustrados por causa da pandemia. Agora, a casa prepara jantar com DJ para o dia 28, seguindo protocolos de distanciamento e segurança. 

Programa de fidelidade deve ser reimplantado no ano que vem

Com a abertura da nova churrascaria, a rota passa a contar novamente com sete restaurantes. As unidades tradicionais do local enfrentam dificuldades nos últimos anos, com fechamento de quatro endereços. A Acisbec (Associação Comercial e Industrial de São Bernardo) pretende reativar o programa de descontos da via em 2021.

“É muito importante que essa abertura tenha acontecido, porque um dos segmentos mais afetados pela pandemia do novo coronavírus foi o de restaurantes”, afirmou o presidente da associação, Valter Moura. “Nós pretendemos retornar no primeiro semestre no ano que vem com o projeto do cartão fidelidade (lançado em março, iniciativa dava direito a um almoço gratuito após dez refeições pagas), que estava indo muito bem e já com acréscimos nas vendas”, completou, emendando que a volta da iniciativa vai depender das questões relacionadas à pandemia de Covid-19.

Atualmente, o Restaurante Santo Antônio é o mais antigo em funcionamento, há 58 anos. Um dos proprietários do local, Odair Battistini, afirmou que a chegada do concorrente animou os demais proprietários. “Ficamos muito felizes. A gente gostaria que abrissem mais e até os grandes que fecharam voltassem a abrir.Quanto mais restaurantes, melhor. Porque sempre foi a Rota do Frango com Polenta e meia dúzia de restaurantes não representa uma rota.”

O Restaurante Florestal encerrou as atividades em janeiro. Fundado em 1956, tinha 2.500 lugares. O lugar está fechado, com placa de vende-se.

Fechado em agosto de 2019, o Restaurante São Francisco virou unidade do supermercado Bem Barato. O São Judas baixou as portas em 2016. Houve especulação de reabertura e aposta em modelos de franquia da rede, que não vingaram.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;