Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 26 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Religião e política na Santíssima Virgem


Raphael Rocha

30/10/2020 | 00:01


Não é de hoje que a política avança sobre a religião. E, em São Bernardo, essa relação ganhou episódio que tem gerado comentários na tradicional e icônica Paróquia Santíssima Virgem, que está instalada na Avenida Lucas Nogueira Garcês, Jardim do Mar. Adalberto de Miranda frequenta a paróquia há décadas, é figura conhecida no local e, pela primeira vez, sai candidato a vereador em São Bernardo. Acontece que escolheu, a pedido do prefeito Orlando Morando (PSDB), o Republicanos, o antigo PRB, sigla intimamente ligada à Igreja Universal do Reino de Deus – a de Marcello Crivella e de bispo Edir Macedo. Na urna, ele escolheu apenas seu primeiro nome. Mas, nas ruas, ele diz ser o Adalberto da Santíssima, com objetivo de associar sua imagem à da paróquia. Até mesmo no vídeo que gravou com Morando, Adalberto é colocado como figura da Santíssima Virgem. A situação não agradou ninguém. Nem os responsáveis pela paróquia nem os frequentadores.

BASTIDORES

Unidos
O empresário Erick Eloi, que tentou ser candidato a prefeito de Santo André pelo Avante, mas teve o projeto abortado, assegurou que segue ao lado do prefeiturável Ailton Lima (PSB), a despeito de áudios atribuídos a ele indicarem crise na relação. À coluna, ele declarou que “meu compromisso com Ailton Lima está mais firme e claro que nunca. Tenho cumprido minha parte, que é trazer o compromisso que estabeleci nas comunidades, para que ele leve a bandeira da inclusão social e do combate à pobreza e à violência física. Estamos firmes nesta luta.”

Aniversário
Prefeito de São Caetano e candidato à reeleição, José Auricchio Júnior (PSDB) celebrou na noite de quarta-feira o aniversário de 71 anos de seu postulante a vice, o vereador Carlos Humberto Seraphim (PL). “Formamos uma dupla capaz de concluir o atual ciclo de desenvolvimento de São Caetano. O ano de 2021 vai exigir ainda muita atenção no enfrentamento da pandemia, mas, em paralelo, vamos dar sequência à modernização da nossa cidade”, disse Auricchio.

Apoio declarado
Depois de cumprir agenda com o candidato governista à Prefeitura de Diadema, Pretinho do Água Santa (DEM), e criar celeuma na cidade, o prefeito da Capital e postulante à reeleição, Bruno Covas (PSDB), gravou vídeo em apoio ao vereador Ricardo Yoshio, candidato do PSDB ao Paço diademense. “Meu candidato em Diadema é o doutor Ricardo Yoshio. Médico, atua ao lado das pessoas, gosta de gente. Tenho certeza que vai fazer excelente trabalho como prefeito. São Paulo e Diadema são cidades irmãs. Eu tenho certeza que com o doutor Ricardo Yoshio vamos poder fazer trabalho conjunto a favor daqueles que mais precisam”, disse Covas.

Desculpa – 1
A bancada do PT na Câmara de Diadema pediu desculpas formais ao presidente do Legislativo e candidato governista à Prefeitura, Pretinho do Água Santa (DEM), que foi chamado de bandido pelo deputado federal Alexandre Padilha (PT), que participou, na semana passada, de atividade política com o ex-prefeito e postulante do PT no pleito deste ano, José de Filippi Júnior.

Desculpa – 2
“O ex-ministro não fala em nome da campanha do PT em Diadema, não fala em nome da militância, em nome do Filippi. O que teve foi a falta de respeito ao homem, ao pai de família. É inadmissível que qualquer um tenha esse tipo de comportamento. Eu fiquei muito ofendido e chateado quando eu ouvi. Postura inadequada e reprovável. Gostaríamos de pedir desculpas ao senhor pela ofensa. Ele (Padilha) agiu de maneira oportunista, sem conhecer sua historia”, disse o vereador Josa Queiroz (PT). O também petista Orlando Vitoriano foi na mesma linha. “Discurso (de Padilha) totalmente fora de contexto.”  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Religião e política na Santíssima Virgem

Raphael Rocha

30/10/2020 | 00:01


Não é de hoje que a política avança sobre a religião. E, em São Bernardo, essa relação ganhou episódio que tem gerado comentários na tradicional e icônica Paróquia Santíssima Virgem, que está instalada na Avenida Lucas Nogueira Garcês, Jardim do Mar. Adalberto de Miranda frequenta a paróquia há décadas, é figura conhecida no local e, pela primeira vez, sai candidato a vereador em São Bernardo. Acontece que escolheu, a pedido do prefeito Orlando Morando (PSDB), o Republicanos, o antigo PRB, sigla intimamente ligada à Igreja Universal do Reino de Deus – a de Marcello Crivella e de bispo Edir Macedo. Na urna, ele escolheu apenas seu primeiro nome. Mas, nas ruas, ele diz ser o Adalberto da Santíssima, com objetivo de associar sua imagem à da paróquia. Até mesmo no vídeo que gravou com Morando, Adalberto é colocado como figura da Santíssima Virgem. A situação não agradou ninguém. Nem os responsáveis pela paróquia nem os frequentadores.

BASTIDORES

Unidos
O empresário Erick Eloi, que tentou ser candidato a prefeito de Santo André pelo Avante, mas teve o projeto abortado, assegurou que segue ao lado do prefeiturável Ailton Lima (PSB), a despeito de áudios atribuídos a ele indicarem crise na relação. À coluna, ele declarou que “meu compromisso com Ailton Lima está mais firme e claro que nunca. Tenho cumprido minha parte, que é trazer o compromisso que estabeleci nas comunidades, para que ele leve a bandeira da inclusão social e do combate à pobreza e à violência física. Estamos firmes nesta luta.”

Aniversário
Prefeito de São Caetano e candidato à reeleição, José Auricchio Júnior (PSDB) celebrou na noite de quarta-feira o aniversário de 71 anos de seu postulante a vice, o vereador Carlos Humberto Seraphim (PL). “Formamos uma dupla capaz de concluir o atual ciclo de desenvolvimento de São Caetano. O ano de 2021 vai exigir ainda muita atenção no enfrentamento da pandemia, mas, em paralelo, vamos dar sequência à modernização da nossa cidade”, disse Auricchio.

Apoio declarado
Depois de cumprir agenda com o candidato governista à Prefeitura de Diadema, Pretinho do Água Santa (DEM), e criar celeuma na cidade, o prefeito da Capital e postulante à reeleição, Bruno Covas (PSDB), gravou vídeo em apoio ao vereador Ricardo Yoshio, candidato do PSDB ao Paço diademense. “Meu candidato em Diadema é o doutor Ricardo Yoshio. Médico, atua ao lado das pessoas, gosta de gente. Tenho certeza que vai fazer excelente trabalho como prefeito. São Paulo e Diadema são cidades irmãs. Eu tenho certeza que com o doutor Ricardo Yoshio vamos poder fazer trabalho conjunto a favor daqueles que mais precisam”, disse Covas.

Desculpa – 1
A bancada do PT na Câmara de Diadema pediu desculpas formais ao presidente do Legislativo e candidato governista à Prefeitura, Pretinho do Água Santa (DEM), que foi chamado de bandido pelo deputado federal Alexandre Padilha (PT), que participou, na semana passada, de atividade política com o ex-prefeito e postulante do PT no pleito deste ano, José de Filippi Júnior.

Desculpa – 2
“O ex-ministro não fala em nome da campanha do PT em Diadema, não fala em nome da militância, em nome do Filippi. O que teve foi a falta de respeito ao homem, ao pai de família. É inadmissível que qualquer um tenha esse tipo de comportamento. Eu fiquei muito ofendido e chateado quando eu ouvi. Postura inadequada e reprovável. Gostaríamos de pedir desculpas ao senhor pela ofensa. Ele (Padilha) agiu de maneira oportunista, sem conhecer sua historia”, disse o vereador Josa Queiroz (PT). O também petista Orlando Vitoriano foi na mesma linha. “Discurso (de Padilha) totalmente fora de contexto.”  

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;