Fechar
Publicidade

Domingo, 29 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Trump pede que Estados relaxarem medidas de distanciamento e reabram economia

Reprodução Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


27/08/2020 | 15:44


O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, exortou os Estados americanos a relaxarem medidas de distanciamento social impostas pelo coronavírus e reabrirem a atividade econômica. Em reunião sobre a passagem do Furacão Laura no Golfo do México, o republicano acusou governadores democratas de manterem a quarentena por razões políticas. "O lockdown traz vários perigos, como aumento de suicídios e alcoolismo", afirmou.

Trump disse que considerou a possibilidade de adiar o discurso previsto para esta quinta-feira, 27, na convenção do Partido Republicano, por conta do furacão. No entanto, decidiu realizar o pronunciamento devido aos sinais de que o fenômeno está arrefecendo. Ele acrescentou que pretende visitar os Estados mais atingidos, Texas e Louisiana, em breve, "talvez no sábado ou no domingo".

Em meio à onda de protestos em reação à violência policial contra negros no país, Trump disse que os governos das cidades devem pedir ajuda da Guarda Nacional para reprimir as manifestações. Questionado sobre se este era um momento adequado para fazer o discurso da convenção, o presidente argumentou que sim, porque a economia está em recuperação em formato de v, isto é, com retomada rápida e vigorosa.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Trump pede que Estados relaxarem medidas de distanciamento e reabram economia


27/08/2020 | 15:44


O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, exortou os Estados americanos a relaxarem medidas de distanciamento social impostas pelo coronavírus e reabrirem a atividade econômica. Em reunião sobre a passagem do Furacão Laura no Golfo do México, o republicano acusou governadores democratas de manterem a quarentena por razões políticas. "O lockdown traz vários perigos, como aumento de suicídios e alcoolismo", afirmou.

Trump disse que considerou a possibilidade de adiar o discurso previsto para esta quinta-feira, 27, na convenção do Partido Republicano, por conta do furacão. No entanto, decidiu realizar o pronunciamento devido aos sinais de que o fenômeno está arrefecendo. Ele acrescentou que pretende visitar os Estados mais atingidos, Texas e Louisiana, em breve, "talvez no sábado ou no domingo".

Em meio à onda de protestos em reação à violência policial contra negros no país, Trump disse que os governos das cidades devem pedir ajuda da Guarda Nacional para reprimir as manifestações. Questionado sobre se este era um momento adequado para fazer o discurso da convenção, o presidente argumentou que sim, porque a economia está em recuperação em formato de v, isto é, com retomada rápida e vigorosa.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;