Fechar
Publicidade

Domingo, 20 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Grande ABC registra uma morte pelo coronavírus a cada duas horas

Celso Luiz/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

São, ao todo,1.827 óbitos e 45.250 casos desde o início da pandemia


Flavia Kurotori
Do Diário do Grande ABC

08/08/2020 | 00:01


Após confirmar 16 mortes causadas pelo novo coronavírus, o Grande ABC totaliza 1.827 vítimas, equivalente a um óbito a cada duas horas desde o início da pandemia. Ontem, o boletim epidemiológico divulgado pelas prefeituras revelou mais 500 infectados, somando 45.250 casos, ou seja, cerca de cinco contaminações a cada hora. Assim, a letalidade da Covid-19 na região é de 4%.

Cidade com maior número de diagnósticos positivos é São Bernardo (20.590), seguida de Santo André (12.435), Diadema (6.065), São Caetano (2.766) e Mauá (2.256). Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra registram 789 e 349 casos, respectivamente.

Em relação às mortes, São Bernardo contabiliza 646, seguida por Santo André (395), Diadema (348), Mauá (220), São Caetano (141), Ribeirão Pires (60) e Rio Grande da Serra (17). Outros 45.990 aguardam confirmação e 21.920 pacientes se recuperaram.

O Estado confirmou 287 vítimas fatais em 24 horas, atingindo 24.735 óbitos. Mais 9.709 diagnósticos positivos foram recebidos, totalizando 608.379 infectados. São Paulo segue com o maior número de mortes e casos em todo País. 

A ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) é de 58,1% na Grande São Paulo e de 59,8% no Estado. O número de pacientes internados é de 12.734. Pelo menos 391.699 se curaram.

No Brasil, foram contabilizadas 1.079 vítimas fatais ontem, segundo o Ministério da Saúde, somando 99.572 mortes. Mais 50.230 pessoas foram contaminadas, totalizando 2.962.442 casos. A letalidade é de 3,4% e o número de recuperados chega a 2.068.394.

Depois de São Paulo, os Estados com a maior ocorrência de mortes são Rio de Janeiro (14.028), Ceará (7.921), Pernambuco (6.867) e Pará (5.854). Em relação ao número de infectados, o Estado é seguido pela Bahia (187.892), pelo Ceará (185.409) e pelo Rio de Janeiro (175.696).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Grande ABC registra uma morte pelo coronavírus a cada duas horas

São, ao todo,1.827 óbitos e 45.250 casos desde o início da pandemia

Flavia Kurotori
Do Diário do Grande ABC

08/08/2020 | 00:01


Após confirmar 16 mortes causadas pelo novo coronavírus, o Grande ABC totaliza 1.827 vítimas, equivalente a um óbito a cada duas horas desde o início da pandemia. Ontem, o boletim epidemiológico divulgado pelas prefeituras revelou mais 500 infectados, somando 45.250 casos, ou seja, cerca de cinco contaminações a cada hora. Assim, a letalidade da Covid-19 na região é de 4%.

Cidade com maior número de diagnósticos positivos é São Bernardo (20.590), seguida de Santo André (12.435), Diadema (6.065), São Caetano (2.766) e Mauá (2.256). Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra registram 789 e 349 casos, respectivamente.

Em relação às mortes, São Bernardo contabiliza 646, seguida por Santo André (395), Diadema (348), Mauá (220), São Caetano (141), Ribeirão Pires (60) e Rio Grande da Serra (17). Outros 45.990 aguardam confirmação e 21.920 pacientes se recuperaram.

O Estado confirmou 287 vítimas fatais em 24 horas, atingindo 24.735 óbitos. Mais 9.709 diagnósticos positivos foram recebidos, totalizando 608.379 infectados. São Paulo segue com o maior número de mortes e casos em todo País. 

A ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) é de 58,1% na Grande São Paulo e de 59,8% no Estado. O número de pacientes internados é de 12.734. Pelo menos 391.699 se curaram.

No Brasil, foram contabilizadas 1.079 vítimas fatais ontem, segundo o Ministério da Saúde, somando 99.572 mortes. Mais 50.230 pessoas foram contaminadas, totalizando 2.962.442 casos. A letalidade é de 3,4% e o número de recuperados chega a 2.068.394.

Depois de São Paulo, os Estados com a maior ocorrência de mortes são Rio de Janeiro (14.028), Ceará (7.921), Pernambuco (6.867) e Pará (5.854). Em relação ao número de infectados, o Estado é seguido pela Bahia (187.892), pelo Ceará (185.409) e pelo Rio de Janeiro (175.696).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;