Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 5 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Correção: Arsenal quebra sequência positiva do Wolverhampton e sonha com o G4



04/07/2020 | 16:58


A versão anterior deste texto tinha um erro de digitação no título. Segue versão corrigida.

O Arsenal consolidou sua reação no Campeonato Inglês e chegou ao terceiro triunfo ao derrotar o Wolverhampton por 2 a 0, neste sábado, fora de casa. Com isso, o time londrino voltou a sonhar com uma vaga na próxima edição da Liga dos Campeões e encerrou a série invicta do adversário que já durava oito partidas.

O Arsenal subiu para o sétimo lugar, com 49 pontos, e está a seis do Manchester United, no momento o último time dentro da zona de classificação à Liga dos Campeões. O Wolverhampton aparece no sexto posto, com 52 pontos, e também na briga por um lugar na principal competição de clubes da Europa.

O Arsenal teve paciência e inteligência para vencer uma das melhores defesas do torneio e também contou com uma atuação irregular do Wolverhampton, que, vinha em grande fase e não era derrotado desde janeiro, quando caiu para o líder e campeão Liverpool.

No primeiro tempo, o jovem atacante Bukayo Saka, de 18 anos, que recentemente teve seu contrato estendido, brilhou com um belo gol. Ele acertou lindo voleio da entrada da área para colocar os visitantes em vantagem aos 43 minutos.

Na etapa final, o técnico português Nuno Espírito Santo fez mudanças em sua equipe a fim de torná-la mais ofensiva. Os anfitriões melhoraram na partida e passaram a acuar o rival. Na melhor das oportunidades, Adama Traoré disparou pela direita e tocou por cima do goleiro, mas a bola saiu.

Sem eficiência em suas investidas, o Wolverhampton foi castigado pelo rival, que definiu o triunfo no momento em que a equipe da casa estava desorganizada e deixando espaços. Saiu dos pés de Lacazette o segundo gol do Arsenal. Aos 40 minutos, o atacante francês se antecipou à marcação dentro da área e finalizou para selar a vitória, a terceira seguida na competição.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Correção: Arsenal quebra sequência positiva do Wolverhampton e sonha com o G4


04/07/2020 | 16:58


A versão anterior deste texto tinha um erro de digitação no título. Segue versão corrigida.

O Arsenal consolidou sua reação no Campeonato Inglês e chegou ao terceiro triunfo ao derrotar o Wolverhampton por 2 a 0, neste sábado, fora de casa. Com isso, o time londrino voltou a sonhar com uma vaga na próxima edição da Liga dos Campeões e encerrou a série invicta do adversário que já durava oito partidas.

O Arsenal subiu para o sétimo lugar, com 49 pontos, e está a seis do Manchester United, no momento o último time dentro da zona de classificação à Liga dos Campeões. O Wolverhampton aparece no sexto posto, com 52 pontos, e também na briga por um lugar na principal competição de clubes da Europa.

O Arsenal teve paciência e inteligência para vencer uma das melhores defesas do torneio e também contou com uma atuação irregular do Wolverhampton, que, vinha em grande fase e não era derrotado desde janeiro, quando caiu para o líder e campeão Liverpool.

No primeiro tempo, o jovem atacante Bukayo Saka, de 18 anos, que recentemente teve seu contrato estendido, brilhou com um belo gol. Ele acertou lindo voleio da entrada da área para colocar os visitantes em vantagem aos 43 minutos.

Na etapa final, o técnico português Nuno Espírito Santo fez mudanças em sua equipe a fim de torná-la mais ofensiva. Os anfitriões melhoraram na partida e passaram a acuar o rival. Na melhor das oportunidades, Adama Traoré disparou pela direita e tocou por cima do goleiro, mas a bola saiu.

Sem eficiência em suas investidas, o Wolverhampton foi castigado pelo rival, que definiu o triunfo no momento em que a equipe da casa estava desorganizada e deixando espaços. Saiu dos pés de Lacazette o segundo gol do Arsenal. Aos 40 minutos, o atacante francês se antecipou à marcação dentro da área e finalizou para selar a vitória, a terceira seguida na competição.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;