Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 7 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Dívida Pública Federal cresce 2,17% e atinge R$ 4,250 tri em maio, diz Tesouro

Pixabay Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


24/06/2020 | 15:00


O estoque da dívida pública federal (DPF) subiu 2,17% em maio, quando atingiu R$ 4,250 trilhões. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira, 24, pelo Tesouro Nacional. Em abril, o estoque estava em R$ 4,160 trilhões.

A correção de juros no estoque da DPF foi de R$ 16,53 bilhões no mês passado, quando houve emissão líquida de R$ 73,58 bilhões.

A DPF inclui a dívida interna e externa. A Dívida Pública Mobiliária Federal interna (DPMFi) subiu 2,26% e fechou o mês em R$ 4,032 trilhões.

Já a Dívida Pública Federal externa (DPFe) ficou 0,41% maior, somando R$ 218 bilhões no mês passado.

Estrangeiros

A fatia dos investidores estrangeiros na dívida pública voltou a cair em maio em relação a abril. De acordo com dados divulgados pelo Tesouro Nacional, a participação dos investidores no Brasil no estoque da DPMFi passou de 9,36% para 9,11% em maio, somando R$ 367,29 bilhões. Em abril, o estoque estava em R$ 369,26 bilhões.

As instituições de previdência reduziram a participação no estoque da dívida de 25,65% para 24,88%. A categoria das instituições financeiras, por outro lado, teve alta na participação do estoque da DPMFi de 25,72% em abril para 26,77% em maio.

Os fundos de investimentos aumentaram levemente a fatia de 5,76% para 25,85%. Já a participação das seguradores passou de 3,96 % para 3,91%.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Dívida Pública Federal cresce 2,17% e atinge R$ 4,250 tri em maio, diz Tesouro


24/06/2020 | 15:00


O estoque da dívida pública federal (DPF) subiu 2,17% em maio, quando atingiu R$ 4,250 trilhões. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira, 24, pelo Tesouro Nacional. Em abril, o estoque estava em R$ 4,160 trilhões.

A correção de juros no estoque da DPF foi de R$ 16,53 bilhões no mês passado, quando houve emissão líquida de R$ 73,58 bilhões.

A DPF inclui a dívida interna e externa. A Dívida Pública Mobiliária Federal interna (DPMFi) subiu 2,26% e fechou o mês em R$ 4,032 trilhões.

Já a Dívida Pública Federal externa (DPFe) ficou 0,41% maior, somando R$ 218 bilhões no mês passado.

Estrangeiros

A fatia dos investidores estrangeiros na dívida pública voltou a cair em maio em relação a abril. De acordo com dados divulgados pelo Tesouro Nacional, a participação dos investidores no Brasil no estoque da DPMFi passou de 9,36% para 9,11% em maio, somando R$ 367,29 bilhões. Em abril, o estoque estava em R$ 369,26 bilhões.

As instituições de previdência reduziram a participação no estoque da dívida de 25,65% para 24,88%. A categoria das instituições financeiras, por outro lado, teve alta na participação do estoque da DPMFi de 25,72% em abril para 26,77% em maio.

Os fundos de investimentos aumentaram levemente a fatia de 5,76% para 25,85%. Já a participação das seguradores passou de 3,96 % para 3,91%.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;