Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 10 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Vale diz que apresentará defesa sobre ação do MP-MG após ser citada



27/05/2020 | 10:07


A Vale informa que tomou conhecimento de ação do Ministério Público do Estado de Minas (MP-MG) em que deve apresentar garantias de R$ 7,931 bilhões para eventuais multas. A empresa afirma que apresentará sua defesa de forma "tempestiva" após citada, quando terá acesso aos autos e documentos.

Em comunicado, a Vale diz que no entendimento do MP-MG ela teria, por intermédio de ações de seus funcionários, dificultado atividades de fiscalização de órgãos públicos no complexo de Brumadinho.

A juíza da 1ª Vara Cível, Criminal e da Infância e da Juventude da Comarca de Brumadinho, "sem

ciência ou manifestação prévia da Vale", deferiu parcialmente pedido liminar do MP-MG para que a

Vale apresente, em dez dias a contar da intimação da decisão, garantias no valor de R$

7.931.887.500,00, com o fim de garantir eventual aplicação de sanção de multa ou perdimento de

bens, direitos e valores, ainda conforme o comunicado.

A Vale diz "que permanece firme em seu compromisso de reparar os danos causados pelo rompimento da barragem da Mina de Córrego do Feijão, sendo este seu principal foco de atuação em Brumadinho."



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Vale diz que apresentará defesa sobre ação do MP-MG após ser citada


27/05/2020 | 10:07


A Vale informa que tomou conhecimento de ação do Ministério Público do Estado de Minas (MP-MG) em que deve apresentar garantias de R$ 7,931 bilhões para eventuais multas. A empresa afirma que apresentará sua defesa de forma "tempestiva" após citada, quando terá acesso aos autos e documentos.

Em comunicado, a Vale diz que no entendimento do MP-MG ela teria, por intermédio de ações de seus funcionários, dificultado atividades de fiscalização de órgãos públicos no complexo de Brumadinho.

A juíza da 1ª Vara Cível, Criminal e da Infância e da Juventude da Comarca de Brumadinho, "sem

ciência ou manifestação prévia da Vale", deferiu parcialmente pedido liminar do MP-MG para que a

Vale apresente, em dez dias a contar da intimação da decisão, garantias no valor de R$

7.931.887.500,00, com o fim de garantir eventual aplicação de sanção de multa ou perdimento de

bens, direitos e valores, ainda conforme o comunicado.

A Vale diz "que permanece firme em seu compromisso de reparar os danos causados pelo rompimento da barragem da Mina de Córrego do Feijão, sendo este seu principal foco de atuação em Brumadinho."

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;