Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 2 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Supermercados do Rio passam a funcionar a partir das 9h; indústrias, antes das 6h



06/04/2020 | 21:50


A partir de terça-feira, 7, as fábricas do município do Rio de Janeiro deverão começar a funcionar antes das 6h. Já os estabelecimentos comerciais autorizados a funcionar durante o período de isolamento passarão a abrir depois das 9h, com algumas exceções.

As regras foram determinadas nesta segunda-feira, 6, por decreto assinado pelo prefeito do Rio, Marcelo Crivella (Republicanos). O objetivo é impedir aglomerações no transporte público, para evitar o avanço do novo coronavírus na cidade.

O decreto traz ressalvas quanto às atividades que tradicionalmente começam a funcionar antes das 9h, no caso do comércio. Padarias, farmácias, postos de combustíveis, lojas de conveniência (sem consumo dentro delas) e bancas de jornal poderão abrir antes das 9h.

Já as demais áreas do comércio autorizadas a funcionar no Rio deverão respeitar a determinação de abertura das portas a partir das 9h. São supermercados, hortifrútis, mercearias, açougues, aviários, peixarias, depósitos, distribuidoras e transportadoras (vedada a comercialização de bebida alcoólica), comércio de produtos e equipamentos médico-hospitalares e odontológicos, incluindo-se locação, comércio de insumos agrícolas e de medicamentos veterinários, alimentos e produtos de uso animal, hospedagens, lavanderias, lojas de materiais de construção e comércio de gás liquefeito de petróleo (GLP).

A prestação de serviços por autônomos ou empresas, como oficinas mecânicas e de conserto de eletrodomésticos, continua autorizada e pode ser iniciada antes das 9h, mas deverá observar a regra de distanciamento mínimo de um metro e meio entre o tomador e o prestador de serviços, ressalvada quando realizada por profissionais de saúde.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Supermercados do Rio passam a funcionar a partir das 9h; indústrias, antes das 6h


06/04/2020 | 21:50


A partir de terça-feira, 7, as fábricas do município do Rio de Janeiro deverão começar a funcionar antes das 6h. Já os estabelecimentos comerciais autorizados a funcionar durante o período de isolamento passarão a abrir depois das 9h, com algumas exceções.

As regras foram determinadas nesta segunda-feira, 6, por decreto assinado pelo prefeito do Rio, Marcelo Crivella (Republicanos). O objetivo é impedir aglomerações no transporte público, para evitar o avanço do novo coronavírus na cidade.

O decreto traz ressalvas quanto às atividades que tradicionalmente começam a funcionar antes das 9h, no caso do comércio. Padarias, farmácias, postos de combustíveis, lojas de conveniência (sem consumo dentro delas) e bancas de jornal poderão abrir antes das 9h.

Já as demais áreas do comércio autorizadas a funcionar no Rio deverão respeitar a determinação de abertura das portas a partir das 9h. São supermercados, hortifrútis, mercearias, açougues, aviários, peixarias, depósitos, distribuidoras e transportadoras (vedada a comercialização de bebida alcoólica), comércio de produtos e equipamentos médico-hospitalares e odontológicos, incluindo-se locação, comércio de insumos agrícolas e de medicamentos veterinários, alimentos e produtos de uso animal, hospedagens, lavanderias, lojas de materiais de construção e comércio de gás liquefeito de petróleo (GLP).

A prestação de serviços por autônomos ou empresas, como oficinas mecânicas e de conserto de eletrodomésticos, continua autorizada e pode ser iniciada antes das 9h, mas deverá observar a regra de distanciamento mínimo de um metro e meio entre o tomador e o prestador de serviços, ressalvada quando realizada por profissionais de saúde.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;