Fechar
Publicidade

Domingo, 31 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Paço contrata apoio técnico de obras da CAF

Nario Barbosa/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Valor do termo é de R$ 1,7 milhão para gerenciar intervenções do Complexo Cassaquera


Fábio Martins
Do Diário do Grande ABC

06/04/2020 | 00:01


A Prefeitura de Santo André, chefiada por Paulo Serra (PSDB), encaminhou a contratação de empresa de engenharia que dará apoio técnico do projeto do Complexo Cassaquera, financiado pela CAF (Corporação Andina de Fomento), banco de desenvolvimento da América Latina. O governo tucano homologou na quinta-feira licitação tendo como vencedora a terceirizada Paulo Oliveira Engenharia Ltda, pelo valor de R$ 1,7 milhão. O vínculo, inicialmente, tem vigência de 12 meses. Esse trâmite é exigência da instituição bancária para liberar a operação de crédito.

A contratação do empréstimo junto à CAF se dá no valor integral de US$ 50 milhões (cerca de R$ 267,3 milhões na última cotação) para financiar parcialmente o plano – são US$ 12,5 milhões acertados de contrapartida municipal. O certame em questão, gerido pelo Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), trata da prestação de serviço especializado para gerenciamento do programa Saneasa (Sanear Santo André). Em março, a administração contratou firma que irá fazer a supervisão das obras de infraestrutura. Apesar do andamento, a execução das intervenções podem sofrer atraso devido à proliferação do novo coronavírus.

O programa envolve canalização do Córrego Cassaquera, incluindo a implantação do sistema viário; construção de ecopontos, sistema de monitoramento de chuvas e a construção do piscinão sob o Parque da Juventude Ana Brandão, no Jardim Ipanema, na região da Vila América.No pacote de projetos com pedido de aporte da CAF, o Paço abrange ainda a conclusão do complexo viário Cassaquera, que constitui na extensão da Avenida Capitão Mário Toledo de Camargo e também a finalização da ligação entre as avenidas Giovanni Batista Pirelli e Luiz Ignácio de Anhaia Mello, hoje inacabada, com a Avenida Valentim Magalhães.

O período previsto de implantação de todo o programa é de cinco anos. As obras estão previstas para serem iniciadas na segunda quinzena deste mês. Recentemente, o governo reconheceu, contudo, que o prazo pode sofrer alterações devido à pandemia de Covid-19.

A concorrência internacional que engloba a execução das obras do Cassaquera ainda está em curso.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Paço contrata apoio técnico de obras da CAF

Valor do termo é de R$ 1,7 milhão para gerenciar intervenções do Complexo Cassaquera

Fábio Martins
Do Diário do Grande ABC

06/04/2020 | 00:01


A Prefeitura de Santo André, chefiada por Paulo Serra (PSDB), encaminhou a contratação de empresa de engenharia que dará apoio técnico do projeto do Complexo Cassaquera, financiado pela CAF (Corporação Andina de Fomento), banco de desenvolvimento da América Latina. O governo tucano homologou na quinta-feira licitação tendo como vencedora a terceirizada Paulo Oliveira Engenharia Ltda, pelo valor de R$ 1,7 milhão. O vínculo, inicialmente, tem vigência de 12 meses. Esse trâmite é exigência da instituição bancária para liberar a operação de crédito.

A contratação do empréstimo junto à CAF se dá no valor integral de US$ 50 milhões (cerca de R$ 267,3 milhões na última cotação) para financiar parcialmente o plano – são US$ 12,5 milhões acertados de contrapartida municipal. O certame em questão, gerido pelo Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), trata da prestação de serviço especializado para gerenciamento do programa Saneasa (Sanear Santo André). Em março, a administração contratou firma que irá fazer a supervisão das obras de infraestrutura. Apesar do andamento, a execução das intervenções podem sofrer atraso devido à proliferação do novo coronavírus.

O programa envolve canalização do Córrego Cassaquera, incluindo a implantação do sistema viário; construção de ecopontos, sistema de monitoramento de chuvas e a construção do piscinão sob o Parque da Juventude Ana Brandão, no Jardim Ipanema, na região da Vila América.No pacote de projetos com pedido de aporte da CAF, o Paço abrange ainda a conclusão do complexo viário Cassaquera, que constitui na extensão da Avenida Capitão Mário Toledo de Camargo e também a finalização da ligação entre as avenidas Giovanni Batista Pirelli e Luiz Ignácio de Anhaia Mello, hoje inacabada, com a Avenida Valentim Magalhães.

O período previsto de implantação de todo o programa é de cinco anos. As obras estão previstas para serem iniciadas na segunda quinzena deste mês. Recentemente, o governo reconheceu, contudo, que o prazo pode sofrer alterações devido à pandemia de Covid-19.

A concorrência internacional que engloba a execução das obras do Cassaquera ainda está em curso.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;