Fechar
Publicidade

Domingo, 31 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Cidades-alvo da região atingem 99% da biometria

Claudinei Plaza/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

São Caetano, Ribeirão e Rio Grande têm obrigação de cadastrar todos eleitores até maio


Daniel Tossato
Do Diário do Grande ABC

06/04/2020 | 00:01


Cidades-alvo de campanha da Justiça Eleitoral pela obrigatoriedade de cadastro biométrico em todo o eleitorado – por terem colégio com menos de 200 mil títulos no Grande ABC –, São Caetano, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra atingiram 99,9% de adesão das pessoas aptas a voto. O cenário mostra que a pandemia do novo coronavírus não impactou no serviço, atualmente suspenso de forma temporária devido às determinações por isolamento social.

São Caetano, que tem maior número de eleitores entre os três municípios da lista regional, com 117.039 títulos válidos, já conseguiu registrar 117.005 pessoas aptas a votar, o que corresponde a 99,97%. O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) está levando em consideração somente pessoas que estão com o título eleitoral ativo. Em janeiro de 2019, a porcentagem que ainda faltava era de 20,4% na cidade.

No fim do ano passado, o tribunal iniciou campanha, focada nestas cidades, para buscar adesão em massa dos eleitores no programa de cadastramento de biometria. A ação surtiu efeito no Grande ABC e impulsionou o número de eleitores que atualizaram seus dados junto à Justiça Eleitoral. O <CF52>Diário</CF> flagrou, em dezembro, fila extensa no Atende Fácil, de São Caetano.

Em Ribeirão Pires, com colégio de 72.121 títulos, a Justiça Eleitoral recebeu o cadastro atualizado de 72.090, o equivalente a 99,99% do eleitorado da cidade. Durante a campanha, em janeiro, faltavam 24,8% das pessoas aptas a votar a se encaminharem nos trâmites.

O mesmo ocorreu na vizinha Rio Grande da Serra, município com o menos número de eleitores da região. Em um universo de 28.498 possíveis, a cidade efetivou registro de 28.495 pessoas, o que corresponde a 99,99% de todas as pessoas aptas a votar na cidade.

Logo depois que emplacou a campanha, a Justiça Eleitoral ainda estendeu o período de cadastro. O dia 6 de maio tornou-se o prazo nacional para atualizar o título. O agendamento deve ser marcado pelo site do TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo). Os documentos necessários são identidade oficial, comprovante de endereço recente e título de eleitor.

Nas demais cidades do País, aquelas com mais de 200 mil eleitores, a biometria segue normalmente até 2022. São Bernardo constitui o maior eleitorado do Grande ABC, com 621.348 títulos. O número de pessoas cadastradas é de 388.090, o equivalente a 62,4% de todas as pessoas aptas a voto.

Santo André vem na sequência do rol, com 334.334 eleitores que já atualizaram seus dados junto ao órgão responsável. Do total de 569.968 eleitores, o número de biometrizados corresponde a 58,6%. Em Diadema, que possui eleitorado de 329.731 pessoas, ao menos 184.852 munícipes passaram nos cartórios da cidade para efetuar registro biométrico, o que marca os 56%.

Já em Mauá, 58,5% do eleitorado realizou cadastro biométrico. Em um universo de 307.135 eleitores, o valor equivale a 179.759 em números absolutos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Cidades-alvo da região atingem 99% da biometria

São Caetano, Ribeirão e Rio Grande têm obrigação de cadastrar todos eleitores até maio

Daniel Tossato
Do Diário do Grande ABC

06/04/2020 | 00:01


Cidades-alvo de campanha da Justiça Eleitoral pela obrigatoriedade de cadastro biométrico em todo o eleitorado – por terem colégio com menos de 200 mil títulos no Grande ABC –, São Caetano, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra atingiram 99,9% de adesão das pessoas aptas a voto. O cenário mostra que a pandemia do novo coronavírus não impactou no serviço, atualmente suspenso de forma temporária devido às determinações por isolamento social.

São Caetano, que tem maior número de eleitores entre os três municípios da lista regional, com 117.039 títulos válidos, já conseguiu registrar 117.005 pessoas aptas a votar, o que corresponde a 99,97%. O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) está levando em consideração somente pessoas que estão com o título eleitoral ativo. Em janeiro de 2019, a porcentagem que ainda faltava era de 20,4% na cidade.

No fim do ano passado, o tribunal iniciou campanha, focada nestas cidades, para buscar adesão em massa dos eleitores no programa de cadastramento de biometria. A ação surtiu efeito no Grande ABC e impulsionou o número de eleitores que atualizaram seus dados junto à Justiça Eleitoral. O <CF52>Diário</CF> flagrou, em dezembro, fila extensa no Atende Fácil, de São Caetano.

Em Ribeirão Pires, com colégio de 72.121 títulos, a Justiça Eleitoral recebeu o cadastro atualizado de 72.090, o equivalente a 99,99% do eleitorado da cidade. Durante a campanha, em janeiro, faltavam 24,8% das pessoas aptas a votar a se encaminharem nos trâmites.

O mesmo ocorreu na vizinha Rio Grande da Serra, município com o menos número de eleitores da região. Em um universo de 28.498 possíveis, a cidade efetivou registro de 28.495 pessoas, o que corresponde a 99,99% de todas as pessoas aptas a votar na cidade.

Logo depois que emplacou a campanha, a Justiça Eleitoral ainda estendeu o período de cadastro. O dia 6 de maio tornou-se o prazo nacional para atualizar o título. O agendamento deve ser marcado pelo site do TRE-SP (Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo). Os documentos necessários são identidade oficial, comprovante de endereço recente e título de eleitor.

Nas demais cidades do País, aquelas com mais de 200 mil eleitores, a biometria segue normalmente até 2022. São Bernardo constitui o maior eleitorado do Grande ABC, com 621.348 títulos. O número de pessoas cadastradas é de 388.090, o equivalente a 62,4% de todas as pessoas aptas a voto.

Santo André vem na sequência do rol, com 334.334 eleitores que já atualizaram seus dados junto ao órgão responsável. Do total de 569.968 eleitores, o número de biometrizados corresponde a 58,6%. Em Diadema, que possui eleitorado de 329.731 pessoas, ao menos 184.852 munícipes passaram nos cartórios da cidade para efetuar registro biométrico, o que marca os 56%.

Já em Mauá, 58,5% do eleitorado realizou cadastro biométrico. Em um universo de 307.135 eleitores, o valor equivale a 179.759 em números absolutos.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;