Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 8 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

O caminho para o autoconhecimento


Do Diário do Grande ABC

28/02/2020 | 09:36


Trabalho, compromissos, responsabilidades com a família e com a casa, horas no trânsito, agenda cheia. A correria do dia a dia é tanta que praticamente não sobra tempo para dar pausa para cuidar de você mesmo. Essa descrição parece familiar?

Muitas vezes nós queremos receita para transformar nossa vida e simplesmente não existe receita milagrosa, não existe passe de mágica. A mudança inicial deve começar dentro de nós.

Com essa rotina agitada e cheia de afazeres, a introspecção (aquele momento em que você fica sozinho com você mesmo) é fundamental para manter a saúde emocional e espiritual em dia – o que deveria fazer parte da rotina de todos nós. Mas para conseguir levar vida mais equilibrada é preciso analisar série de comportamentos presentes em todas as áreas de nossa vida: na família, no trabalho, com os amigos e em relacionamentos amorosos.

Precisamos lembrar que somos um todo: corpo, mente e alma, sendo que todas essas características estão interligadas e uma não fica bem quando alguma dessas partes está deficiente. É importante ter em mente que tudo ao nosso redor, até mesmo os detalhes que passam despercebidos, influenciam positiva ou negativamente nosso campo espiritual. A alimentação, nossos pensamentos, as pessoas que nos rodeiam e os ambientes que frequentamos têm potencial tanto para trazer paz para nossa vida quanto causar muitos problemas.

Pergunte a si mesmo: que tipo de alimento você está colocando em seu corpo? Qual é a qualidade dos pensamentos que você geralmente tem? Você convive muito com pessoas que só sabem reclamar e falar de problemas e doenças? Pense no quanto isso influencia sua vida e saiba que a mente também tende a adoecer quando nos cercamos de pessoas e situações que não são saudáveis para nós. Já que não podemos mudar os outros, o primeiro passo é começar por nós mesmos: exercitar nossa espiritualidade é a porta de entrada para que coisas boas comecem a acontecer. Atitudes introspectivas, como passar tempo sozinho para entender as próprias emoções, já é ótimo caminho para atrair energias positivas. E lembre-se: espiritualidade não é sobre estar em templo ou em igreja. Espiritualidade é você se conhecer, se entender e ter amor por si mesmo.

Ao ser o seu próprio mestre e colocar a si mesmo como responsável pelo seu próprio bem, parte do trabalho de limpeza emocional e espiritual já estará feita. Saber se perdoar, se conhecer, entender os próprios limites e viver mais o presente – onde a vida realmente acontece – são comportamentos fundamentais para ter vida mais equilibrada, consciente e feliz.

Junior Moura é astrólogo, terapeuta holístico e fundador do movimento Consciência Lumynosa.

PALAVRA DO LEITOR

Estranho!
Ao que parece, o senhor prefeito de Mauá, Atila Jacomussi, deseja contratar centenas de funcionários sem concurso público para usar a mão de obra em ano de eleição. Para mim não cola essa história de que a saúde da nossa cidade está debilitada e que precisaríamos contratar profissionais com urgência para supostamente suprir essa demanda. Essa triste situação não é de hoje, senhor prefeito. Por que ainda não foi feito nada para regularizar a situação da FUABC antes? Por que já não fizeram concurso público para médicos antes? Onde o senhor estava quando encontraram pomba morta no quarto andar do Hospital Nardini? Estranho o senhor só acordar às vésperas da eleição...
Igor Evangelista
Mauá

Inútil
Infelizmente, muitos são os políticos improdutivos neste País. Que mais vivem de orgias com recursos públicos. Mas o deputado federal Eduardo Bolsonaro que, além de inútil, se mostra incendiário, já que, perturbado após vídeo postado de forma irresponsável por Jair Bolsonaro, que escancara seu apoio a manifestação popular de 15 de março, no rol interminável de sua estupidez, agora, questiona se alguém ‘choraria’ se caísse bomba de hidrogênio no Congresso? Só faltou dizer se também com ele dentro do Parlamento..
Paulo Davi
São Carlos (SP)

Ponta da língua
Temos tudo de cor e na ponta da língua. Então, por que nem sempre nem todo mundo pratica? Muito se fala por todos os lados sobre o tal coronavírus, e sabemos desde de nossos avós, pais e médicos que para se evitar que vírus ou bactérias se instalem em nosso organismo é necessário fortalecermos nossa imunidade. Sendo assim, aqui algumas dicas de hábitos que se faz urgência praticarmos. Nos alimentarmos com comidas fortes e de verdade: arroz, feijão, carnes, ovos, peixes, vegetais e frutas; evitarmos embutidos e comidas de rua. Quem tem condições, tomar todos os dias uma dose forte de vitamina C. A higiene é outro aliado: mantermos nosso corpo e nossa casa limpos, desinfetados e ventilados. Tirar os sapatos quando chegarmos em casa e lavarmos as mãos de hora em hora e não irmos a postos de saúde ou hospitais sem necessidade. Resfriou? Tome chá, sucos naturais e muita água e repouse. Fique atento e evite ao máximo lugares superlotados e procure evitar ar-condicionado. Se cuide e cuide de quem ama. Deus nos abençoe e nos proteja dos males deste mundo tenebroso.
Rosângela Caris
Mauá

Manobra
Comentário geral sobre fato estranho denunciado ao vivo por narrador da Rede Globo e imagens mostradas no jogo Corinthians 1 x 1 Santo André dão conta de que funcionários do estádio teriam feito manobra na tubulação de drenagem do campo no sentido de piorar as condições de jogo no lado do Ramalhão no segundo tempo. Com a drenagem não funcionando, o Corinthians lançava bola para a área do Santo André e tirá-la dava trabalho danado, pois toda aquela água favorecia a confusão nas proximidades do gol do Santo André. Caberia à Federação investigar, principalmente junto aos jornalistas da Globo que viram a manobra. Se aquilo realmente aconteceu, pois o lado do Santo André ficou inundado, que o Corinthians apelou para essa manobra de várzea, caberia até lista de sugestões para punir essa desonestidade e incompetência, até porque, nem com isso conseguiu ganhar o jogo.
Donizete A. de Souza
Ribeirão Pires 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

O caminho para o autoconhecimento

Do Diário do Grande ABC

28/02/2020 | 09:36


Trabalho, compromissos, responsabilidades com a família e com a casa, horas no trânsito, agenda cheia. A correria do dia a dia é tanta que praticamente não sobra tempo para dar pausa para cuidar de você mesmo. Essa descrição parece familiar?

Muitas vezes nós queremos receita para transformar nossa vida e simplesmente não existe receita milagrosa, não existe passe de mágica. A mudança inicial deve começar dentro de nós.

Com essa rotina agitada e cheia de afazeres, a introspecção (aquele momento em que você fica sozinho com você mesmo) é fundamental para manter a saúde emocional e espiritual em dia – o que deveria fazer parte da rotina de todos nós. Mas para conseguir levar vida mais equilibrada é preciso analisar série de comportamentos presentes em todas as áreas de nossa vida: na família, no trabalho, com os amigos e em relacionamentos amorosos.

Precisamos lembrar que somos um todo: corpo, mente e alma, sendo que todas essas características estão interligadas e uma não fica bem quando alguma dessas partes está deficiente. É importante ter em mente que tudo ao nosso redor, até mesmo os detalhes que passam despercebidos, influenciam positiva ou negativamente nosso campo espiritual. A alimentação, nossos pensamentos, as pessoas que nos rodeiam e os ambientes que frequentamos têm potencial tanto para trazer paz para nossa vida quanto causar muitos problemas.

Pergunte a si mesmo: que tipo de alimento você está colocando em seu corpo? Qual é a qualidade dos pensamentos que você geralmente tem? Você convive muito com pessoas que só sabem reclamar e falar de problemas e doenças? Pense no quanto isso influencia sua vida e saiba que a mente também tende a adoecer quando nos cercamos de pessoas e situações que não são saudáveis para nós. Já que não podemos mudar os outros, o primeiro passo é começar por nós mesmos: exercitar nossa espiritualidade é a porta de entrada para que coisas boas comecem a acontecer. Atitudes introspectivas, como passar tempo sozinho para entender as próprias emoções, já é ótimo caminho para atrair energias positivas. E lembre-se: espiritualidade não é sobre estar em templo ou em igreja. Espiritualidade é você se conhecer, se entender e ter amor por si mesmo.

Ao ser o seu próprio mestre e colocar a si mesmo como responsável pelo seu próprio bem, parte do trabalho de limpeza emocional e espiritual já estará feita. Saber se perdoar, se conhecer, entender os próprios limites e viver mais o presente – onde a vida realmente acontece – são comportamentos fundamentais para ter vida mais equilibrada, consciente e feliz.

Junior Moura é astrólogo, terapeuta holístico e fundador do movimento Consciência Lumynosa.

PALAVRA DO LEITOR

Estranho!
Ao que parece, o senhor prefeito de Mauá, Atila Jacomussi, deseja contratar centenas de funcionários sem concurso público para usar a mão de obra em ano de eleição. Para mim não cola essa história de que a saúde da nossa cidade está debilitada e que precisaríamos contratar profissionais com urgência para supostamente suprir essa demanda. Essa triste situação não é de hoje, senhor prefeito. Por que ainda não foi feito nada para regularizar a situação da FUABC antes? Por que já não fizeram concurso público para médicos antes? Onde o senhor estava quando encontraram pomba morta no quarto andar do Hospital Nardini? Estranho o senhor só acordar às vésperas da eleição...
Igor Evangelista
Mauá

Inútil
Infelizmente, muitos são os políticos improdutivos neste País. Que mais vivem de orgias com recursos públicos. Mas o deputado federal Eduardo Bolsonaro que, além de inútil, se mostra incendiário, já que, perturbado após vídeo postado de forma irresponsável por Jair Bolsonaro, que escancara seu apoio a manifestação popular de 15 de março, no rol interminável de sua estupidez, agora, questiona se alguém ‘choraria’ se caísse bomba de hidrogênio no Congresso? Só faltou dizer se também com ele dentro do Parlamento..
Paulo Davi
São Carlos (SP)

Ponta da língua
Temos tudo de cor e na ponta da língua. Então, por que nem sempre nem todo mundo pratica? Muito se fala por todos os lados sobre o tal coronavírus, e sabemos desde de nossos avós, pais e médicos que para se evitar que vírus ou bactérias se instalem em nosso organismo é necessário fortalecermos nossa imunidade. Sendo assim, aqui algumas dicas de hábitos que se faz urgência praticarmos. Nos alimentarmos com comidas fortes e de verdade: arroz, feijão, carnes, ovos, peixes, vegetais e frutas; evitarmos embutidos e comidas de rua. Quem tem condições, tomar todos os dias uma dose forte de vitamina C. A higiene é outro aliado: mantermos nosso corpo e nossa casa limpos, desinfetados e ventilados. Tirar os sapatos quando chegarmos em casa e lavarmos as mãos de hora em hora e não irmos a postos de saúde ou hospitais sem necessidade. Resfriou? Tome chá, sucos naturais e muita água e repouse. Fique atento e evite ao máximo lugares superlotados e procure evitar ar-condicionado. Se cuide e cuide de quem ama. Deus nos abençoe e nos proteja dos males deste mundo tenebroso.
Rosângela Caris
Mauá

Manobra
Comentário geral sobre fato estranho denunciado ao vivo por narrador da Rede Globo e imagens mostradas no jogo Corinthians 1 x 1 Santo André dão conta de que funcionários do estádio teriam feito manobra na tubulação de drenagem do campo no sentido de piorar as condições de jogo no lado do Ramalhão no segundo tempo. Com a drenagem não funcionando, o Corinthians lançava bola para a área do Santo André e tirá-la dava trabalho danado, pois toda aquela água favorecia a confusão nas proximidades do gol do Santo André. Caberia à Federação investigar, principalmente junto aos jornalistas da Globo que viram a manobra. Se aquilo realmente aconteceu, pois o lado do Santo André ficou inundado, que o Corinthians apelou para essa manobra de várzea, caberia até lista de sugestões para punir essa desonestidade e incompetência, até porque, nem com isso conseguiu ganhar o jogo.
Donizete A. de Souza
Ribeirão Pires 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;