Fechar
Publicidade

Sábado, 4 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Guimarães sinaliza que Caixa vai reduzir juro do cheque especial abaixo de 4,95%



20/02/2020 | 16:23


O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, sinalizou na manhã desta quinta-feira, 20, que a instituição deve reduzir para abaixo de 4,95% ao mês o juro do cheque especial. "Estamos por enquanto em 4,95%. Hoje é dia do crédito imobiliário, mas a gente vai reduzir também, acabamos de aprovar isso. Então presidente, esse 4,95% será reduzido porque nós estamos ganhando muito dinheiro e vamos devolver para sociedade", disse, durante evento de lançamento da nova linha de crédito imobiliário da Caixa em cerimônia no Palácio do Planalto com a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro.

No fim do ano passado, o Banco Central adotou medida para limitar o juro do cheque especial em 8% ao mês, o que começou a valer em janeiro.

A Caixa já vem praticando taxas de juros inferiores ao limite estipulado pelo BC.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Guimarães sinaliza que Caixa vai reduzir juro do cheque especial abaixo de 4,95%


20/02/2020 | 16:23


O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, sinalizou na manhã desta quinta-feira, 20, que a instituição deve reduzir para abaixo de 4,95% ao mês o juro do cheque especial. "Estamos por enquanto em 4,95%. Hoje é dia do crédito imobiliário, mas a gente vai reduzir também, acabamos de aprovar isso. Então presidente, esse 4,95% será reduzido porque nós estamos ganhando muito dinheiro e vamos devolver para sociedade", disse, durante evento de lançamento da nova linha de crédito imobiliário da Caixa em cerimônia no Palácio do Planalto com a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro.

No fim do ano passado, o Banco Central adotou medida para limitar o juro do cheque especial em 8% ao mês, o que começou a valer em janeiro.

A Caixa já vem praticando taxas de juros inferiores ao limite estipulado pelo BC.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;