Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 2 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Mais 17 brasileiros deportados pelo governo Trump chegam a Belo Horizonte



19/02/2020 | 19:56


O quarto voo do ano - o quinto desde outubro - vindo dos EUA com deportados brasileiros que tentaram entrar ilegalmente pelo México aterrissou nesta quarta-feira, 19, em Belo Horizonte, com 17 pessoas a bordo - 77 a menos do que o previsto. Inicialmente, a Polícia Federal disse que 94 pessoas estavam a bordo, mas a BH Airport, concessionária do aeroporto de Confins, não soube explicar a discrepância.

O mecânico Ezequiel da Silva, de 38 anos, afirmou que os outros deportados não vieram "por maldade". "Estavam todos prontos, como nós estávamos", disse.

Ezequiel voltou ao Brasil com a mulher, Luciene Vargas Meira, de 37 anos, e as duas filhas, Evelyn, de 5, e Gabriela, de 12. A família, que é de São Francisco do Guaporé (RO), foi detida e levada para um centro de imigração em El Paso, no Texas, em 19 de janeiro.

De acordo com a BH Airport, 353 pessoas que tentaram entrar ilegalmente nos EUA já voltaram ao Brasil em cinco voos, incluindo o de ontem. O primeiro chegou a Confins em 26 de outubro com 70 pessoas. O segundo, em 24 de janeiro, trouxe 50. O terceiro, em 7 de fevereiro, veio com 130. O quarto, em 14 de fevereiro, tinha 86 deportados.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Mais 17 brasileiros deportados pelo governo Trump chegam a Belo Horizonte


19/02/2020 | 19:56


O quarto voo do ano - o quinto desde outubro - vindo dos EUA com deportados brasileiros que tentaram entrar ilegalmente pelo México aterrissou nesta quarta-feira, 19, em Belo Horizonte, com 17 pessoas a bordo - 77 a menos do que o previsto. Inicialmente, a Polícia Federal disse que 94 pessoas estavam a bordo, mas a BH Airport, concessionária do aeroporto de Confins, não soube explicar a discrepância.

O mecânico Ezequiel da Silva, de 38 anos, afirmou que os outros deportados não vieram "por maldade". "Estavam todos prontos, como nós estávamos", disse.

Ezequiel voltou ao Brasil com a mulher, Luciene Vargas Meira, de 37 anos, e as duas filhas, Evelyn, de 5, e Gabriela, de 12. A família, que é de São Francisco do Guaporé (RO), foi detida e levada para um centro de imigração em El Paso, no Texas, em 19 de janeiro.

De acordo com a BH Airport, 353 pessoas que tentaram entrar ilegalmente nos EUA já voltaram ao Brasil em cinco voos, incluindo o de ontem. O primeiro chegou a Confins em 26 de outubro com 70 pessoas. O segundo, em 24 de janeiro, trouxe 50. O terceiro, em 7 de fevereiro, veio com 130. O quarto, em 14 de fevereiro, tinha 86 deportados.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;