Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 28 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Polícia prende homem que ostentava suástica em Santa Catarina



22/01/2020 | 22:05


A Polícia Civil de Santa Catarina prendeu em flagrante um homem de 55 anos acusado de fazer apologia ao nazismo. Ele foi denunciado após pendurar uma camiseta com a suástica na janela de casa, em São José, na Grande Florianópolis. Com ele foram apreendidos outra camiseta com o símbolo nazista, livros, computador e celulares.

Segundo o delegado Deonir Moreira Trindade, da Central de Plantão Policial, o homem já era conhecido por manifestar ideais em redes sociais. Agora, as investigações vão analisar se ele tem ligações com outros grupos supremacistas. Após passar por audiência de custódia e ter o flagrante homologado, o homem foi liberado.

"A própria Polícia Militar informou que ele já era conhecido por defender ideais nazistas, inclusive na internet. No domingo, após ele ser flagrado ostentando uma camiseta com o símbolo nazista, pedi um mandado de busca que foi prontamente atendido pelo judiciário", explicou Trindade.

Ao ser detido, o homem tentou se justificar alegando "liberdade de expressão". Ele foi enquadrado no artigo 20 da lei 7.716/89, que veda a distribuição ou veiculação de símbolos ou ornamentos que utilizem a cruz suástica ou gamada para fins de divulgação do nazismo.

Natural de São Paulo, ele já respondeu na Justiça catarinense por ameaça contra um ex-empregador e, em janeiro de 2019, teve um inquérito instaurado pelo Ministério Público catarinense por desacato contra policiais militares. Ele teria xingado agentes que atendem pelo telefone de emergência 190. Ele vive sozinho em São José e, segundo o delegado, ele próprio se definiu como "um lobo solitário".



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Polícia prende homem que ostentava suástica em Santa Catarina


22/01/2020 | 22:05


A Polícia Civil de Santa Catarina prendeu em flagrante um homem de 55 anos acusado de fazer apologia ao nazismo. Ele foi denunciado após pendurar uma camiseta com a suástica na janela de casa, em São José, na Grande Florianópolis. Com ele foram apreendidos outra camiseta com o símbolo nazista, livros, computador e celulares.

Segundo o delegado Deonir Moreira Trindade, da Central de Plantão Policial, o homem já era conhecido por manifestar ideais em redes sociais. Agora, as investigações vão analisar se ele tem ligações com outros grupos supremacistas. Após passar por audiência de custódia e ter o flagrante homologado, o homem foi liberado.

"A própria Polícia Militar informou que ele já era conhecido por defender ideais nazistas, inclusive na internet. No domingo, após ele ser flagrado ostentando uma camiseta com o símbolo nazista, pedi um mandado de busca que foi prontamente atendido pelo judiciário", explicou Trindade.

Ao ser detido, o homem tentou se justificar alegando "liberdade de expressão". Ele foi enquadrado no artigo 20 da lei 7.716/89, que veda a distribuição ou veiculação de símbolos ou ornamentos que utilizem a cruz suástica ou gamada para fins de divulgação do nazismo.

Natural de São Paulo, ele já respondeu na Justiça catarinense por ameaça contra um ex-empregador e, em janeiro de 2019, teve um inquérito instaurado pelo Ministério Público catarinense por desacato contra policiais militares. Ele teria xingado agentes que atendem pelo telefone de emergência 190. Ele vive sozinho em São José e, segundo o delegado, ele próprio se definiu como "um lobo solitário".

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;