Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 15 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

São Caetano entrega centro de ginástica no fim de junho

Denis Maciel/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Equipamento, que custou R$ 9 milhões, está em fase final e vai abrigar 1.000 atletas


Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

16/01/2020 | 00:01


Está na reta final a construção do Centro de Excelência de Ginástica Artística e Rítmica de São Caetano. O equipamento, que tem 4.000 metros quadrados, ocupa quase uma quadra da Avenida Presidente Kennedy, na altura do número 3.500, e deve começar a receber os atletas no fim de junho, quando está prevista a entrega da parte estrutural do local, um dos mais modernos da modalidade no Brasil. Atualmente, 67% da obra está concluída, restando basicamente as estruturas metálicas e fechamentos de tetos e paredes.

O equipamento terá dois pavimentos. O primeiro será destinado à ginástica artística e será local de treinamento de Arthur Zanetti, medalha de ouro em Londres-2012 e prata, no Rio-2016. Já a parte superior vai receber a ginástica artística, modalidade que São Caetano vem se destacando com conquistas nacionais e continentais.

Além dos tablados e aparelhos típicos das modalidades, o local estará equipado com salas de apoio, auditório para 40 pessoas, sauna, administração, academia entre outros espaços multiusos. Haverá também arquibancadas para até 260 pessoas.
A obra custou R$ 8.986.862, sendo 80% (R$ 7.195.600) investimento do governo federal e o restante (R$ 1.791.262) contrapartida do município.

A expectativa é que local receba mais de 1.000 atletas, entre profissionais e os munícipes inscritos no PEC (Programa Esportivo Comunitário). Só na ginástica artística, hoje são 350 crianças praticantes e a previsão é que esse número suba para 500 – além dos 60 atletas de alto rendimento. Já na ginástica rítmica, devem passar de 380 ginastas para 400 – atualmente são 45 atletas de alto rendimento.

Engenheiro responsável pela obra, Nick Moris, da empresa Faconstru, aponta o fechamento como a parte mais complexa que ainda será realizada. “Vamos receber as estruturas de fechamento do teto e das laterais. Passando esta etapa, o restante é pintura e acabamento em geral”, explicou.

Finalizada a parte estrutural, será a vez da instalação dos aparelhos. A maior parte será deslocada da Agith, onde treina atualmente a equipe de ginástica artística.

Arthur Zanetti elogia novo espaço, fala em legado e projeta intercâmbio

Ouro na Olimpíada de Londres, em 2012, e prata no Rio de Janeiro, em 2016, Arthur Zanetti acredita que a construção do Centro de Excelência de Ginástica Artística e Rítmica de São Caetano será legado para a cidade onde treina. A iniciativa da construção surgiu após seus expressivos resultados internacionais.

“Vai servir como legado para São Caetano e para a ginástica”, comemorou Zanetti, que atualmente treina no Agith, ginásio menor, também na Avenida Presidente Kennedy, e com menos estrutura.

O campeão olímpico, que se prepara para tentar em Tóquio sua terceira medalha, a partir de julho, acredita que com o novo centro São Caetano vai entrar definitivamente no cenário da ginástica e servir de local para treinamento de brasileiros e estrangeiros.

“Vamos poder receber atletas de outros Estados e de outros países, porque a estrutura vai ser maior. Vamos ter centro excelente, com bastante espaço. Ainda vai ter ginásticas artística e rítmica juntas, isso vai agregar bastante para a cidade e vai ajudar muito a evolução do esporte”, projetou.

 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

São Caetano entrega centro de ginástica no fim de junho

Equipamento, que custou R$ 9 milhões, está em fase final e vai abrigar 1.000 atletas

Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

16/01/2020 | 00:01


Está na reta final a construção do Centro de Excelência de Ginástica Artística e Rítmica de São Caetano. O equipamento, que tem 4.000 metros quadrados, ocupa quase uma quadra da Avenida Presidente Kennedy, na altura do número 3.500, e deve começar a receber os atletas no fim de junho, quando está prevista a entrega da parte estrutural do local, um dos mais modernos da modalidade no Brasil. Atualmente, 67% da obra está concluída, restando basicamente as estruturas metálicas e fechamentos de tetos e paredes.

O equipamento terá dois pavimentos. O primeiro será destinado à ginástica artística e será local de treinamento de Arthur Zanetti, medalha de ouro em Londres-2012 e prata, no Rio-2016. Já a parte superior vai receber a ginástica artística, modalidade que São Caetano vem se destacando com conquistas nacionais e continentais.

Além dos tablados e aparelhos típicos das modalidades, o local estará equipado com salas de apoio, auditório para 40 pessoas, sauna, administração, academia entre outros espaços multiusos. Haverá também arquibancadas para até 260 pessoas.
A obra custou R$ 8.986.862, sendo 80% (R$ 7.195.600) investimento do governo federal e o restante (R$ 1.791.262) contrapartida do município.

A expectativa é que local receba mais de 1.000 atletas, entre profissionais e os munícipes inscritos no PEC (Programa Esportivo Comunitário). Só na ginástica artística, hoje são 350 crianças praticantes e a previsão é que esse número suba para 500 – além dos 60 atletas de alto rendimento. Já na ginástica rítmica, devem passar de 380 ginastas para 400 – atualmente são 45 atletas de alto rendimento.

Engenheiro responsável pela obra, Nick Moris, da empresa Faconstru, aponta o fechamento como a parte mais complexa que ainda será realizada. “Vamos receber as estruturas de fechamento do teto e das laterais. Passando esta etapa, o restante é pintura e acabamento em geral”, explicou.

Finalizada a parte estrutural, será a vez da instalação dos aparelhos. A maior parte será deslocada da Agith, onde treina atualmente a equipe de ginástica artística.

Arthur Zanetti elogia novo espaço, fala em legado e projeta intercâmbio

Ouro na Olimpíada de Londres, em 2012, e prata no Rio de Janeiro, em 2016, Arthur Zanetti acredita que a construção do Centro de Excelência de Ginástica Artística e Rítmica de São Caetano será legado para a cidade onde treina. A iniciativa da construção surgiu após seus expressivos resultados internacionais.

“Vai servir como legado para São Caetano e para a ginástica”, comemorou Zanetti, que atualmente treina no Agith, ginásio menor, também na Avenida Presidente Kennedy, e com menos estrutura.

O campeão olímpico, que se prepara para tentar em Tóquio sua terceira medalha, a partir de julho, acredita que com o novo centro São Caetano vai entrar definitivamente no cenário da ginástica e servir de local para treinamento de brasileiros e estrangeiros.

“Vamos poder receber atletas de outros Estados e de outros países, porque a estrutura vai ser maior. Vamos ter centro excelente, com bastante espaço. Ainda vai ter ginásticas artística e rítmica juntas, isso vai agregar bastante para a cidade e vai ajudar muito a evolução do esporte”, projetou.

 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;