Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 16 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Ministro do Trabalho nega redução de jornada


Do Diário do Grande ABC

29/08/2003 | 00:35


O ministro do Trabalho, Jaques Wágner, negou esta quinta-feira que o governo tem uma proposta para reduzir a jornada de trabalho, conforme divulgado esta quinta-feira por alguns veículos de imprensa. "O governo não está colocando isso em debate. O ministro Guido Mantega (Planejamento) disse que isso é uma possibilidade evidente de geração. Eu insisto que as questões sobre a reforma trabalhista e sindical sairão do Fórum Nacional do Trabalho, a partir da negociação. Não há uma proposta de governo. O Guido falou de uma hipótese. O governo não vai levar propostas, vai deixar que a negociação conduza isso."

O ministro enfatizou, entretanto, que a redução da jornada de trabalho é uma das opções de destaque na negociação que haverá no Fórum do Trabalho. "A redução todo mundo sabe que é uma das possibilidades de ampliar as oportunidades de emprego", afirmou.

Esta quinta-feira, dirigentes sindicais e lideranças importantes da área trabalhista manifestaram empolgação com a possibilidade de redução da jornada. "Essa é uma bandeira antiga do sindicalismo. Eu acho muito feliz essa postura do presidente em reduzir a jornada e mandar isso para o Congresso", disse o delegado regional do trabalho em São Paulo, Heiguiberto Guiba Della Bella Navarro.

"Engraçado que fizemos a discussão para retomar a campanha pela redução na jornada recentemente, e o governo fala nessa possibilidade. É uma forma justa de compensar a produtividade que vem sendo ganha nos últimos anos e em tecnologia", disse o presidente da CUT, Luiz Marinho.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;