Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 24 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Fábrica pega fogo na Índia e deixa 43 mortos



08/12/2019 | 15:56


Um incêndio em uma fábrica têxtil deixou ao menos 43 mortos em Nova Délhi, na Índia, na madrugada deste domingo, 8. A maior parte das vítimas é imigrantes islâmicos que trabalhavam na fábrica e que dormiam no momento em que o fogo consumiu o prédio. Além dos mortos, 64 pessoas se feriram e foram atendidas em hospitais da região.

Autoridades locais atribuem o incêndio a um curto-circuito e dizem que a maior parte dos mortos inalou gases tóxicos. A fábrica fica em uma região onde moram milhares de imigrantes pobres que trabalham em fábricas locais, muitos dos quais moram nos prédios em que trabalham. O prédio que pegou fogo abriga uma produção de bolsas de mão, e cada trabalhador ganha em média US$ 2,10 por dia de trabalho.

O dono do prédio que pegou fogo foi detido pela polícia e deve responder por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. Fonte: Associated Press



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Fábrica pega fogo na Índia e deixa 43 mortos


08/12/2019 | 15:56


Um incêndio em uma fábrica têxtil deixou ao menos 43 mortos em Nova Délhi, na Índia, na madrugada deste domingo, 8. A maior parte das vítimas é imigrantes islâmicos que trabalhavam na fábrica e que dormiam no momento em que o fogo consumiu o prédio. Além dos mortos, 64 pessoas se feriram e foram atendidas em hospitais da região.

Autoridades locais atribuem o incêndio a um curto-circuito e dizem que a maior parte dos mortos inalou gases tóxicos. A fábrica fica em uma região onde moram milhares de imigrantes pobres que trabalham em fábricas locais, muitos dos quais moram nos prédios em que trabalham. O prédio que pegou fogo abriga uma produção de bolsas de mão, e cada trabalhador ganha em média US$ 2,10 por dia de trabalho.

O dono do prédio que pegou fogo foi detido pela polícia e deve responder por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. Fonte: Associated Press

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;