Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 12 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

EUA dão aval para Forster na embaixada



20/11/2019 | 07:33


O Departamento de Estado americano comunicou ontem ao governo brasileiro que os Estados Unidos dão o aval oficial para que o diplomata Nestor Forster seja nomeado embaixador do Brasil em Washington. O comunicado é uma resposta ao "agrément" - uma maneira de consultar o país onde o futuro embaixador irá servir - enviado pelo Brasil. Forster assumiu o comando da embaixada em junho, de forma interina.

Agora, o presidente Jair Bolsonaro poderá formalizar a indicação e encaminhar o nome ao Senado. Forster precisa se submeter a uma sabatina realizada pela Comissão de Relações Exteriores do Senado, uma votação na própria comissão e, depois, ter seu nome aprovado pelo plenário. A praxe diplomática prevê que o anúncio do nome indicado a embaixador seja feito só depois do sinal verde do país ao pedido de "agrément", feito de maneira silenciosa para evitar constrangimentos em caso de recusa. Mas, no caso da embaixada em Washington, Bolsonaro anunciou o nome de Forster para o posto depois que Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) desistiu de tentar ocupar a vaga. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

EUA dão aval para Forster na embaixada


20/11/2019 | 07:33


O Departamento de Estado americano comunicou ontem ao governo brasileiro que os Estados Unidos dão o aval oficial para que o diplomata Nestor Forster seja nomeado embaixador do Brasil em Washington. O comunicado é uma resposta ao "agrément" - uma maneira de consultar o país onde o futuro embaixador irá servir - enviado pelo Brasil. Forster assumiu o comando da embaixada em junho, de forma interina.

Agora, o presidente Jair Bolsonaro poderá formalizar a indicação e encaminhar o nome ao Senado. Forster precisa se submeter a uma sabatina realizada pela Comissão de Relações Exteriores do Senado, uma votação na própria comissão e, depois, ter seu nome aprovado pelo plenário. A praxe diplomática prevê que o anúncio do nome indicado a embaixador seja feito só depois do sinal verde do país ao pedido de "agrément", feito de maneira silenciosa para evitar constrangimentos em caso de recusa. Mas, no caso da embaixada em Washington, Bolsonaro anunciou o nome de Forster para o posto depois que Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) desistiu de tentar ocupar a vaga. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;