Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 17 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Música que une

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Rock Beat Show deve reunir 1.500 músicos no Pedro Dell’Antonia, em Santo André


Vinícius Castelli

21/09/2019 | 07:46


Em tempos em que as relações humanas estão mais distantes e quase tudo – até mesmo as conversas – se resolve de maneira digital, com o universo da música não é tão diferente. Se nos anos 1970 um grupo costumava fazer um disco com participação ativa, no mesmo estúdio, hoje é possível gravar cada instrumento de um álbum em diferentes cidades do planeta e ainda mandar todos os arquivos para um outro destino para que o trabalho seja finalizado.

E é exatamente pensando na falta dessa troca, do compartilhamento in loco de experiências e sentimentos, que o Rock Beat Show surge. O evento, marcado para hoje, no Ginásio Pedro Dell’Antonia (Rua São Pedro, 27), em Santo André, às 16h, tem como meta reunir 1.500 músicos para tocarem ao mesmo tempo.

A agenda é parte da programação da Music Show Exp, feira de música que teve início quinta e segue até amanhã, no São Paulo Expo (Rodovia dos Imigrantes, 15).

Segundo Daniel Neves, um dos idealizadores do evento e presidente da Associação Nacional da Indústria da Música, o encontro de músicos deveria acontecer na feira, mas como há previsão de chuva, o evento foi transferido para o Grande ABC, em local cobero. “A Prefeitura ficou superempolgada com a ideia. Fiquei muito feliz com a participação da cidade, ainda mais Santo André, que tem um grande histórico de música e rock”, diz.

A sugestão, segundo Neves, é deixar claro, com 1.500 pessoas ao mesmo tempo, o prazer de se tocar junto. “A ideia é mostrar a força do ato de se fazer música em conjunto. As pessoas precisam voltar a se encontrar, a serem humanas e a tocar música juntas”, explica. “Temos de falar de troca, compartilhar”, completa.

Qualquer pessoa que queira participar, seja tocando guitarra, violão, bateria ou cantando, pode. Não há cobrança pela participação. Ainda dá para se inscrever pelo site (www.sympla.com.br). Até o momento se cadastraram 1.890 pessoas. “Mas sempre tem quem falte, por algum imprevisto, ou outro motivo”, diz Neves. Escolas de música, conservatórios e projetos sociais também podem se inscrever. Quem quiser apenas assistir precisa se registrar no mesmo link.

O repertório será ilustrado por composições de grupos como AC/DC, Capital Inicial, Daft Punk, Bruno Mars e Chic, por exemplo. “Há esse tipo de evento pelo mundo. Já teve com 300, 400, 1.000 pessoas. Mas com 1.500 nunca, ao menos no Ocidente. A China, que tem tanta gente, é um caso à parte”, explica o organizador.

A montagem do evento terá início a partir das 10h, e a passagem de som está marcada para as 14h. Mais informações podem ser obtidas no link de inscrição, que oferece também instruções para aprender a tocar as canções do repertório escolhido. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Música que une

Rock Beat Show deve reunir 1.500 músicos no Pedro Dell’Antonia, em Santo André

Vinícius Castelli

21/09/2019 | 07:46


Em tempos em que as relações humanas estão mais distantes e quase tudo – até mesmo as conversas – se resolve de maneira digital, com o universo da música não é tão diferente. Se nos anos 1970 um grupo costumava fazer um disco com participação ativa, no mesmo estúdio, hoje é possível gravar cada instrumento de um álbum em diferentes cidades do planeta e ainda mandar todos os arquivos para um outro destino para que o trabalho seja finalizado.

E é exatamente pensando na falta dessa troca, do compartilhamento in loco de experiências e sentimentos, que o Rock Beat Show surge. O evento, marcado para hoje, no Ginásio Pedro Dell’Antonia (Rua São Pedro, 27), em Santo André, às 16h, tem como meta reunir 1.500 músicos para tocarem ao mesmo tempo.

A agenda é parte da programação da Music Show Exp, feira de música que teve início quinta e segue até amanhã, no São Paulo Expo (Rodovia dos Imigrantes, 15).

Segundo Daniel Neves, um dos idealizadores do evento e presidente da Associação Nacional da Indústria da Música, o encontro de músicos deveria acontecer na feira, mas como há previsão de chuva, o evento foi transferido para o Grande ABC, em local cobero. “A Prefeitura ficou superempolgada com a ideia. Fiquei muito feliz com a participação da cidade, ainda mais Santo André, que tem um grande histórico de música e rock”, diz.

A sugestão, segundo Neves, é deixar claro, com 1.500 pessoas ao mesmo tempo, o prazer de se tocar junto. “A ideia é mostrar a força do ato de se fazer música em conjunto. As pessoas precisam voltar a se encontrar, a serem humanas e a tocar música juntas”, explica. “Temos de falar de troca, compartilhar”, completa.

Qualquer pessoa que queira participar, seja tocando guitarra, violão, bateria ou cantando, pode. Não há cobrança pela participação. Ainda dá para se inscrever pelo site (www.sympla.com.br). Até o momento se cadastraram 1.890 pessoas. “Mas sempre tem quem falte, por algum imprevisto, ou outro motivo”, diz Neves. Escolas de música, conservatórios e projetos sociais também podem se inscrever. Quem quiser apenas assistir precisa se registrar no mesmo link.

O repertório será ilustrado por composições de grupos como AC/DC, Capital Inicial, Daft Punk, Bruno Mars e Chic, por exemplo. “Há esse tipo de evento pelo mundo. Já teve com 300, 400, 1.000 pessoas. Mas com 1.500 nunca, ao menos no Ocidente. A China, que tem tanta gente, é um caso à parte”, explica o organizador.

A montagem do evento terá início a partir das 10h, e a passagem de som está marcada para as 14h. Mais informações podem ser obtidas no link de inscrição, que oferece também instruções para aprender a tocar as canções do repertório escolhido. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;