Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 12 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

diarinho@dgabc.com.br | 4435-8396

Por que formiga gosta de doce?

Pixabay Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Ao encontrarem alimento, esses pequenos insetos voltam ao formigueiro e pedem ‘ajuda’


Tauana Marin
Do Diário do Grande ABC

15/09/2019 | 11:05


Formigas estão sempre em busca de comida, seja ela doce ou não. No entanto, alimentos que contenham açúcar oferecem aos organismos energia rápida, por ser um carboidrato, como pão e frutas. Essa energia é utilizada pelo pequeno corpo para andar, respirar, fazer todos os processos do organismo, afinal de contas, para se manter vivo é necessário ter ‘combustível’, que chega por meio da alimentação. 

Dependendo da espécie, a formiga pode ingerir diretamente as fontes de açúcar ou utilizar o ingrediente no cultivo de outro alimento.

Esses pequenos animais não são de fato atraídos pelo açúcar. Alguns deles saem do formigueiro em busca de comida, buscando reconhecer as moléculas do alimento no ambiente. Quando as chamadas operárias encontram o que possam comer, elas voltam ‘para casa’ a fim de avisar as demais, e solicitam auxílio para o transporte.

Diferentes espécies de formigas apresentam variadas dietas. Formigas-cortadeiras, como a saúva-limão, utilizam folhas de plantas para cultivar fungo dentro do formigueiro, sendo sua única fonte de alimento. Outras, como a formiga-de-fogo, são onívoras e comem vertebrados mortos, outros insetos ou sementes, por exemplo. 

As que vemos sempre dentro de nossas casas são as chamadas formigas-fantasmas, que, assim como as demais, são insetos que possuem três pares de patas e um de antena, e são bem pequenas (medem de 1 a 1,5 milímetros). O nome se deve ao fato de possuírem o abdômen e pernas de cor clara, quase transparentes a olho nu. Podem fazer ninhos em diferentes locais, como partes ocas das paredes, pisos soltos, batente de portas e dentro e embaixo de móveis e eletrodomésticos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Por que formiga gosta de doce?

Ao encontrarem alimento, esses pequenos insetos voltam ao formigueiro e pedem ‘ajuda’

Tauana Marin
Do Diário do Grande ABC

15/09/2019 | 11:05


Formigas estão sempre em busca de comida, seja ela doce ou não. No entanto, alimentos que contenham açúcar oferecem aos organismos energia rápida, por ser um carboidrato, como pão e frutas. Essa energia é utilizada pelo pequeno corpo para andar, respirar, fazer todos os processos do organismo, afinal de contas, para se manter vivo é necessário ter ‘combustível’, que chega por meio da alimentação. 

Dependendo da espécie, a formiga pode ingerir diretamente as fontes de açúcar ou utilizar o ingrediente no cultivo de outro alimento.

Esses pequenos animais não são de fato atraídos pelo açúcar. Alguns deles saem do formigueiro em busca de comida, buscando reconhecer as moléculas do alimento no ambiente. Quando as chamadas operárias encontram o que possam comer, elas voltam ‘para casa’ a fim de avisar as demais, e solicitam auxílio para o transporte.

Diferentes espécies de formigas apresentam variadas dietas. Formigas-cortadeiras, como a saúva-limão, utilizam folhas de plantas para cultivar fungo dentro do formigueiro, sendo sua única fonte de alimento. Outras, como a formiga-de-fogo, são onívoras e comem vertebrados mortos, outros insetos ou sementes, por exemplo. 

As que vemos sempre dentro de nossas casas são as chamadas formigas-fantasmas, que, assim como as demais, são insetos que possuem três pares de patas e um de antena, e são bem pequenas (medem de 1 a 1,5 milímetros). O nome se deve ao fato de possuírem o abdômen e pernas de cor clara, quase transparentes a olho nu. Podem fazer ninhos em diferentes locais, como partes ocas das paredes, pisos soltos, batente de portas e dentro e embaixo de móveis e eletrodomésticos.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;