Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 19 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

diarinho@dgabc.com.br | 4435-8396

O que é agricultura?

Pixabay Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Tauana Marin
Do Diário do Grande ABC

21/07/2019 | 07:15


A agricultura é a técnica de produzir alimentos a partir da terra, sendo necessário experiência na prática e conhecimentos específicos para realizar a atividade. Trata-se do ato de cultivar verduras, legumes, frutas ou cereais, por exemplo. Por causa de toda a quantidade de informações necessária para o trabalho e o resultado obtido depois de mesclas de elementos, há pessoas que acreditam que trata-se de espécie de forma de arte. 

Ela nasceu com os ‘homens das cavernas’, que criavam animais e se alimentavam pela caça. O segundo passo era manter esses bichos, entre eles vacas e porcos, controlados. Uma terceira etapa foi conseguir trabalhar a reprodução dos animais. Após esse trabalho, o ser humano do passado iniciou o processo da plantação, acabando com o fato de serem nômades (quando precisam mudar de lugar quando a comida acabava). No Brasil, o cultivo era praticado pelos índios que habitavam o País antes da chegada dos portugueses. Pesquisas apontam que alguns grupos indígenas plantavam mandioca, abóbora, feijão e milho há cerca de 9.000 anos.<EM>

O processo da agricultura foi realizado de forma simples até por volta de 1850, quando teve início as tecnologias da revolução industrial. No começo, se utilizava arados de ferro (instrumento para afofar a terra). Logo em seguida, as indústrias criaram os tratores. A técnica seguiu sem modificações até o fim da Segunda Guerra Mundial (1939-1945), quando surgiu a Organização das Nações Unidas Para a Alimentação e a Agricultura. Detalhe que algumas armas de guerra, como os químicas, serviram de base para a criação dos agrotóxicos, como são chamados os produtos que combatem as pragas na lavoura. As grandes plantações nasceram depois da existências desse tipo de controle – seu uso excessivo e incorreto é prejudicial ao meio ambiente e à saúde humana. 

A partir da metade dos anos 1970 houve a introdução das plantas transgênicas, nascidas com células transformadas geneticamente. No futuro, a união da agricultura com a silvicultura (plantação de árvores) e o restante da indústria promete render novidades.

Consultoria de Olympio Barbanti Junior, professor de Economia Política da Segurança Alimentar Global no curso de Relações Internacionais da UFABC (Universidade Federal do ABC). 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

O que é agricultura?

Tauana Marin
Do Diário do Grande ABC

21/07/2019 | 07:15


A agricultura é a técnica de produzir alimentos a partir da terra, sendo necessário experiência na prática e conhecimentos específicos para realizar a atividade. Trata-se do ato de cultivar verduras, legumes, frutas ou cereais, por exemplo. Por causa de toda a quantidade de informações necessária para o trabalho e o resultado obtido depois de mesclas de elementos, há pessoas que acreditam que trata-se de espécie de forma de arte. 

Ela nasceu com os ‘homens das cavernas’, que criavam animais e se alimentavam pela caça. O segundo passo era manter esses bichos, entre eles vacas e porcos, controlados. Uma terceira etapa foi conseguir trabalhar a reprodução dos animais. Após esse trabalho, o ser humano do passado iniciou o processo da plantação, acabando com o fato de serem nômades (quando precisam mudar de lugar quando a comida acabava). No Brasil, o cultivo era praticado pelos índios que habitavam o País antes da chegada dos portugueses. Pesquisas apontam que alguns grupos indígenas plantavam mandioca, abóbora, feijão e milho há cerca de 9.000 anos.<EM>

O processo da agricultura foi realizado de forma simples até por volta de 1850, quando teve início as tecnologias da revolução industrial. No começo, se utilizava arados de ferro (instrumento para afofar a terra). Logo em seguida, as indústrias criaram os tratores. A técnica seguiu sem modificações até o fim da Segunda Guerra Mundial (1939-1945), quando surgiu a Organização das Nações Unidas Para a Alimentação e a Agricultura. Detalhe que algumas armas de guerra, como os químicas, serviram de base para a criação dos agrotóxicos, como são chamados os produtos que combatem as pragas na lavoura. As grandes plantações nasceram depois da existências desse tipo de controle – seu uso excessivo e incorreto é prejudicial ao meio ambiente e à saúde humana. 

A partir da metade dos anos 1970 houve a introdução das plantas transgênicas, nascidas com células transformadas geneticamente. No futuro, a união da agricultura com a silvicultura (plantação de árvores) e o restante da indústria promete render novidades.

Consultoria de Olympio Barbanti Junior, professor de Economia Política da Segurança Alimentar Global no curso de Relações Internacionais da UFABC (Universidade Federal do ABC). 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;