Fechar
Publicidade

Sábado, 20 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Ekrem Imamoglu, oposição a Erdogan, é eleito prefeito de Istambul

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


23/06/2019 | 14:45


O candidato opositor Ekrem Imamoglu, do partido social-democrata CHP, foi eleito prefeito de Istambul, neste domingo. Com a vitória de hoje da oposição, é a primeira vez em 25 anos que a maior cidade da Turquia não será comandada pelo partido do presidente turco Recep Tayyip Erdogan.

De acordo com a agência estatal de notícias, Imamoglu recebeu 54% de 95% dos votos apurados, enquanto o candidato governista Binali Yildirim, do partido da justiça e do desenvolvimento AKP, recebeu 45%. Yildirim, ex-primeiro-ministro turco, admitiu a derrota e parabenizou o concorrente.

Imamoglu já havia vencido a primeira edição da eleição para o município, em 31 de março, mas a votação foi contestada pelo governo Erdogan e seus aliados, sob o argumento de que algumas autoridades que supervisionavam a votação não eram funcionários públicos, conforme exigido por lei. O conselho eleitoral da Turquia anulou o resultado após semanas de recontagens parciais.

A decisão levantou dúvidas sobre o processo democrático da Turquia e se o partido de Erdogan, no poder desde 2002, estaria disposto a aceitar uma derrota eleitoral. Erdogan iniciou sua carreira como prefeito de Istambul em 1994.

Apesar de Erdogan não ter disputado o pleito deste domingo, analistas consideram que a eleição em Istambul é um teste político para ele. "Uma segunda derrota seria uma grande humilhação para Erdogan e poderia incitar parte da velha guarda de seu partido a sair com uma nova oferta política", disse Wolf Piccoli, da empresa de análise de risco Teneo Intelligence, antes da votação. "Imamoglu é o primeiro político em quase 20 anos que poderia se tornar um desafiante crível para Erdogan", acrescentou. Fonte: Associated Press.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ekrem Imamoglu, oposição a Erdogan, é eleito prefeito de Istambul


23/06/2019 | 14:45


O candidato opositor Ekrem Imamoglu, do partido social-democrata CHP, foi eleito prefeito de Istambul, neste domingo. Com a vitória de hoje da oposição, é a primeira vez em 25 anos que a maior cidade da Turquia não será comandada pelo partido do presidente turco Recep Tayyip Erdogan.

De acordo com a agência estatal de notícias, Imamoglu recebeu 54% de 95% dos votos apurados, enquanto o candidato governista Binali Yildirim, do partido da justiça e do desenvolvimento AKP, recebeu 45%. Yildirim, ex-primeiro-ministro turco, admitiu a derrota e parabenizou o concorrente.

Imamoglu já havia vencido a primeira edição da eleição para o município, em 31 de março, mas a votação foi contestada pelo governo Erdogan e seus aliados, sob o argumento de que algumas autoridades que supervisionavam a votação não eram funcionários públicos, conforme exigido por lei. O conselho eleitoral da Turquia anulou o resultado após semanas de recontagens parciais.

A decisão levantou dúvidas sobre o processo democrático da Turquia e se o partido de Erdogan, no poder desde 2002, estaria disposto a aceitar uma derrota eleitoral. Erdogan iniciou sua carreira como prefeito de Istambul em 1994.

Apesar de Erdogan não ter disputado o pleito deste domingo, analistas consideram que a eleição em Istambul é um teste político para ele. "Uma segunda derrota seria uma grande humilhação para Erdogan e poderia incitar parte da velha guarda de seu partido a sair com uma nova oferta política", disse Wolf Piccoli, da empresa de análise de risco Teneo Intelligence, antes da votação. "Imamoglu é o primeiro político em quase 20 anos que poderia se tornar um desafiante crível para Erdogan", acrescentou. Fonte: Associated Press.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;