Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 20 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Alaíde cola em PSL e cumpre 1ª agenda pública com deputado ex-militar

Divulgação  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Após impeachment de Atila, prefeita dá duas secretarias à sigla


Júnior Carvalho
do Diário do Grande ABC

24/04/2019 | 07:00


A prefeita de Mauá, Alaíde Damo (MDB), decidiu ajustar a sua já conhecida admiração pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) à sua própria imagem. Ontem, a emedebista dedicou sua primeira agenda pública a encontro com o deputado estadual Coronel Nishikawa (PSL), militar da reserva.

Além de pleitear auxílio do parlamentar, seja por meio de emendas ou por garantia de apoio político junto ao governo do Estado, a prefeita também dedicou sua agenda oficial para tratar de indicações políticas.

No encontro na Assembleia Legislativa, a emedebista definiu conceder duas secretarias ao PSL: Desenvolvimento Econômico e Segurança Pública. A primeira pasta será chefiada por Coronel Barthasar, policial militar reformado e que também compôs o governo do hoje prefeito cassado Atila Jacomussi (PSB). Já o segundo setor será comandado por José Paulo da Lavra, conhecido como Tenente Lavra.

Logo após a reunião, Alaíde conversou com os jornalistas e voltou a falar do presidente. “Nossa, eu adoro o Bolsonaro. Então, eu tenho de ser PSL mesmo, certo?”, questionou a prefeita. A emedebista, entretanto, evitou admitir a possibilidade de migrar de legenda. “Não falei em trocar de partido, mas eu gostando do Bolsonaro, posso entrosar com o partido, por que não?”.

A própria chefe do Paço mauaense reconheceu que sua primeira agenda oficial serviu para convencer o PSL a integrar o governo. “Estou tentando convencer o Barthasar há dois dias (para ser secretário), mas agora intimamos ele”, afirmou a prefeita, ao lado de Barthasar, Lavra e Nishikawa. “Eu já dei a ordem (para aceitar o convite de assumir cargo no primeiro escalão). Cumpra-se”, respondeu o deputado estadual. “Eu vim aqui hoje (ontem) mais para o Barthasar receber essa ordem, essa era a pauta”, emendou Alaíde.

A emedebista citou ainda ajuda do parlamentar junto ao Palácio dos Bandeirantes para buscar ampliar auxílio financeiro para o custeio do Hospital Doutor Radamés Nardini.

OUTROS NOMES
Além de Barthasar e Lavra, o governo Alaíde também confirmou outros sete nomes para o secretariado: Rogério Cavanha Babichak (Assuntos Jurídicos e chefe de Gabinete interino); Paulo Roberto Cordeiro (Administração); Debora Sibil Costa (Educação); Rogério Zutin (Saúde); Arnaldo Jesuino da Silva (Trânsito e Sistema Viário); Agostinho Anselmo Martins (Obras) e Heloise de Oliveira Villela para a chefia da Sama (Saneamento Básico do Município de Mauá). 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Alaíde cola em PSL e cumpre 1ª agenda pública com deputado ex-militar

Após impeachment de Atila, prefeita dá duas secretarias à sigla

Júnior Carvalho
do Diário do Grande ABC

24/04/2019 | 07:00


A prefeita de Mauá, Alaíde Damo (MDB), decidiu ajustar a sua já conhecida admiração pelo presidente Jair Bolsonaro (PSL) à sua própria imagem. Ontem, a emedebista dedicou sua primeira agenda pública a encontro com o deputado estadual Coronel Nishikawa (PSL), militar da reserva.

Além de pleitear auxílio do parlamentar, seja por meio de emendas ou por garantia de apoio político junto ao governo do Estado, a prefeita também dedicou sua agenda oficial para tratar de indicações políticas.

No encontro na Assembleia Legislativa, a emedebista definiu conceder duas secretarias ao PSL: Desenvolvimento Econômico e Segurança Pública. A primeira pasta será chefiada por Coronel Barthasar, policial militar reformado e que também compôs o governo do hoje prefeito cassado Atila Jacomussi (PSB). Já o segundo setor será comandado por José Paulo da Lavra, conhecido como Tenente Lavra.

Logo após a reunião, Alaíde conversou com os jornalistas e voltou a falar do presidente. “Nossa, eu adoro o Bolsonaro. Então, eu tenho de ser PSL mesmo, certo?”, questionou a prefeita. A emedebista, entretanto, evitou admitir a possibilidade de migrar de legenda. “Não falei em trocar de partido, mas eu gostando do Bolsonaro, posso entrosar com o partido, por que não?”.

A própria chefe do Paço mauaense reconheceu que sua primeira agenda oficial serviu para convencer o PSL a integrar o governo. “Estou tentando convencer o Barthasar há dois dias (para ser secretário), mas agora intimamos ele”, afirmou a prefeita, ao lado de Barthasar, Lavra e Nishikawa. “Eu já dei a ordem (para aceitar o convite de assumir cargo no primeiro escalão). Cumpra-se”, respondeu o deputado estadual. “Eu vim aqui hoje (ontem) mais para o Barthasar receber essa ordem, essa era a pauta”, emendou Alaíde.

A emedebista citou ainda ajuda do parlamentar junto ao Palácio dos Bandeirantes para buscar ampliar auxílio financeiro para o custeio do Hospital Doutor Radamés Nardini.

OUTROS NOMES
Além de Barthasar e Lavra, o governo Alaíde também confirmou outros sete nomes para o secretariado: Rogério Cavanha Babichak (Assuntos Jurídicos e chefe de Gabinete interino); Paulo Roberto Cordeiro (Administração); Debora Sibil Costa (Educação); Rogério Zutin (Saúde); Arnaldo Jesuino da Silva (Trânsito e Sistema Viário); Agostinho Anselmo Martins (Obras) e Heloise de Oliveira Villela para a chefia da Sama (Saneamento Básico do Município de Mauá). 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;