Fechar
Publicidade

Domingo, 19 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Em live com Eduardo Bolsonaro, vice-premiê da Itália pede votos

'Queremos uma Europa forte, que dialogue com o Brasil e que a esquerda se distancie do poder', afirmou Matteo Salvini



19/04/2019 | 14:33


O vice-primeiro-ministro da Itália e um dos líderes do partido eurocético Liga, Matteo Salvini, pediu nesta sexta-feira (19) votos para a sigla na eleição do Parlamento Europeu. O pedido foi feito ao lado do filho do meio do presidente Jair Bolsonaro, Eduardo Bolsonaro, e foi transmitido pelas redes sociais do deputado federal. Os dois se encontraram em Milão.

As eleições europeias ocorrem em 26 de maio. A Itália tem direito a 76 assentos no Parlamento Europeu. Analistas do continente projetam um avanço dos eurocéticos, como a Liga.

"Nós queremos uma Europa forte, que dialogue com o Brasil, com os Estados Unidos, com Israel, e que a esquerda se distancie do poder", afirmou Salvini.

No início do vídeo, o filho do presidente ressaltou que houve na Itália uma "mudança do socialismo para uma economia de mercado, mais liberal, e para os valores conservadores". Ele comparou ainda esta onda às eleições de Jair Bolsonaro, de Donald Trump nos Estados Unidos, de Benjamim Netanyahu em Israel e de Viktor Orbán na Hungria.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Em live com Eduardo Bolsonaro, vice-premiê da Itália pede votos

'Queremos uma Europa forte, que dialogue com o Brasil e que a esquerda se distancie do poder', afirmou Matteo Salvini


19/04/2019 | 14:33


O vice-primeiro-ministro da Itália e um dos líderes do partido eurocético Liga, Matteo Salvini, pediu nesta sexta-feira (19) votos para a sigla na eleição do Parlamento Europeu. O pedido foi feito ao lado do filho do meio do presidente Jair Bolsonaro, Eduardo Bolsonaro, e foi transmitido pelas redes sociais do deputado federal. Os dois se encontraram em Milão.

As eleições europeias ocorrem em 26 de maio. A Itália tem direito a 76 assentos no Parlamento Europeu. Analistas do continente projetam um avanço dos eurocéticos, como a Liga.

"Nós queremos uma Europa forte, que dialogue com o Brasil, com os Estados Unidos, com Israel, e que a esquerda se distancie do poder", afirmou Salvini.

No início do vídeo, o filho do presidente ressaltou que houve na Itália uma "mudança do socialismo para uma economia de mercado, mais liberal, e para os valores conservadores". Ele comparou ainda esta onda às eleições de Jair Bolsonaro, de Donald Trump nos Estados Unidos, de Benjamim Netanyahu em Israel e de Viktor Orbán na Hungria.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;