Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 16 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Durant brilha, Warriors arrasam Clippers e fazem 2 a 1 nos playoffs da NBA

Pixabay Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


19/04/2019 | 09:50


O Golden State Warriors se vingou da inesperada derrota em casa de virada na última terça-feira e massacrou o Los Angeles Clippers na casa do adversário. Kevin Durant liderou o time da Califórnia no triunfo por 132 a 105, que deixou os Warriors com 2 a 1 no placar da série dos playoffs da NBA.

Depois da virada da última terça, a maior da história dos playoffs da NBA, os Clippers não repetiram a precisão nas bolas de três e isso foi decisivo para a superioridade dos Warriors, que voltaram a ter Durant como maestro.

O ala anotou 38 pontos nos 30 minutos em que esteve em quadra, ainda pegou quatro rebotes, deu sete assistências, roubou uma bola e acertou um lindo toco. A atuação quase o rendeu um recorde pessoal, de modo que ficou a cinco pontos de igualar a sua maior pontuação em partidas de playoffs. Perto de estourar o limite de faltas cometidas, Stephen Curry jogou só 20 minutos e contribuiu com 21 pontos. Andre Iguodala fez 15 pontos e Andrew Bogut se destacou ao pegar 14 rebotes. Pelo time de Los Angeles, Ivica Zucac foi o cestinha, com 18 pontos.

Coletivamente, a intensidade nos primeiros minutos do jogo fez a diferença a favor dos atuais campeões, que, na tentativa de deixar para trás o apagão do jogo anterior, começaram de forma arrasadora e, com alto aproveitamento nos tiros de três, fecharam o primeiro quarto com 17 pontos de vantagem. O ritmo fulminante caiu um pouco durante a partida, mas Durant, Curry e companhia sustentaram a vantagem com certa tranquilidade até o fim e deram o troco no rival. As duas equipes voltam a se enfrentar no domingo, às 16h30 (de Brasília) novamente no Staples Center, em Los Angeles, pelo quarto jogo do confronto.

No Texas, o San Antonio Spurs teve dificuldade, principalmente pela caída brusca de rendimento no segundo quarto, mas, apesar de chegar a levar 16 pontos seguidos, conseguiu sustentar a vantagem e vencer o Denver Nugget por 118 a 108 para abrir 2 a 1 na série. O próximo duelo da série será neste sábado, às 18h30 (de Brasília), novamente em San Antonio.

Derrick White liderou os Spurs e foi decisivo especialmente na primeira parte do jogo, em que anotou 26 pontos. O armador fechou a partida com 36 e, apesar de ter caído nos dois últimos quartos, contou com a ajuda de DeMar DeRozan, que reagiu ao início ruim e contribuiu com 26 pontos, 19 deles anotados somente no terceiro quarto. Do lado do Denver, Nikola Jokic apareceu como destaque. O pivô sérvio marcou 22 pontos, pegou oito rebotes e deu sete assistências, mas não impediu o revés do time de Denver, que errou muito nos momentos em que teve oportunidades para passar à frente do placar.

VITÓRIA SEM EMBIID - Mesmo sem o astro camaronês Joel Embiid, preservado por conta de dores no joelho, o Philadelphia 76ers apostou no jogo coletivo e na harmonia entre Tobias Harris, Ben Simmons e J.J. Redick, que brilharam nas bolas de três, nas assistências e nos rebotes, para vencer de forma segura o Brooklyn Nets por 131 a 115 em Nova York, abrindo, assim, 2 a 1 na série. O quarto duelo entre as equipes está marcado para este sábado, novamente em Nova York, às 16 horas (de Brasília).

Mais equilibrado, o time da Filadélfia teve grande aproveitamento nos arremessos de três. Tobias Harris foi o mais letal no fundamental, ao acertar suas seis tentativas e fechar o jogo com 29 pontos. J.J. Redick anotou 26 pontos e brilhou no garrafão ao pegar 16 rebotes e Ben Simmons foi o cestinha do jogo, com 31. Inconstante e irregular, a equipe de Nova York teve em D''Angelo Russel e Caris LeVert seus principais nomes (ambos fizeram 26 pontos), mas cometeu muitos erros.

Os playoffs da NBA seguem nesta sexta-feira com mais três jogos. Empatados em 1 a 1 na série, Orlando Magic e Toronto Raptors se enfrentam em Orlando. Em busca da terceira vitória na série, o Indiana Pacers duela com o Bolton Celtics e o Oklahoma City Thunder, que também venceu os seus dois primeiros jogos da série, encara o Portland Trail Blazers.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Durant brilha, Warriors arrasam Clippers e fazem 2 a 1 nos playoffs da NBA


19/04/2019 | 09:50


O Golden State Warriors se vingou da inesperada derrota em casa de virada na última terça-feira e massacrou o Los Angeles Clippers na casa do adversário. Kevin Durant liderou o time da Califórnia no triunfo por 132 a 105, que deixou os Warriors com 2 a 1 no placar da série dos playoffs da NBA.

Depois da virada da última terça, a maior da história dos playoffs da NBA, os Clippers não repetiram a precisão nas bolas de três e isso foi decisivo para a superioridade dos Warriors, que voltaram a ter Durant como maestro.

O ala anotou 38 pontos nos 30 minutos em que esteve em quadra, ainda pegou quatro rebotes, deu sete assistências, roubou uma bola e acertou um lindo toco. A atuação quase o rendeu um recorde pessoal, de modo que ficou a cinco pontos de igualar a sua maior pontuação em partidas de playoffs. Perto de estourar o limite de faltas cometidas, Stephen Curry jogou só 20 minutos e contribuiu com 21 pontos. Andre Iguodala fez 15 pontos e Andrew Bogut se destacou ao pegar 14 rebotes. Pelo time de Los Angeles, Ivica Zucac foi o cestinha, com 18 pontos.

Coletivamente, a intensidade nos primeiros minutos do jogo fez a diferença a favor dos atuais campeões, que, na tentativa de deixar para trás o apagão do jogo anterior, começaram de forma arrasadora e, com alto aproveitamento nos tiros de três, fecharam o primeiro quarto com 17 pontos de vantagem. O ritmo fulminante caiu um pouco durante a partida, mas Durant, Curry e companhia sustentaram a vantagem com certa tranquilidade até o fim e deram o troco no rival. As duas equipes voltam a se enfrentar no domingo, às 16h30 (de Brasília) novamente no Staples Center, em Los Angeles, pelo quarto jogo do confronto.

No Texas, o San Antonio Spurs teve dificuldade, principalmente pela caída brusca de rendimento no segundo quarto, mas, apesar de chegar a levar 16 pontos seguidos, conseguiu sustentar a vantagem e vencer o Denver Nugget por 118 a 108 para abrir 2 a 1 na série. O próximo duelo da série será neste sábado, às 18h30 (de Brasília), novamente em San Antonio.

Derrick White liderou os Spurs e foi decisivo especialmente na primeira parte do jogo, em que anotou 26 pontos. O armador fechou a partida com 36 e, apesar de ter caído nos dois últimos quartos, contou com a ajuda de DeMar DeRozan, que reagiu ao início ruim e contribuiu com 26 pontos, 19 deles anotados somente no terceiro quarto. Do lado do Denver, Nikola Jokic apareceu como destaque. O pivô sérvio marcou 22 pontos, pegou oito rebotes e deu sete assistências, mas não impediu o revés do time de Denver, que errou muito nos momentos em que teve oportunidades para passar à frente do placar.

VITÓRIA SEM EMBIID - Mesmo sem o astro camaronês Joel Embiid, preservado por conta de dores no joelho, o Philadelphia 76ers apostou no jogo coletivo e na harmonia entre Tobias Harris, Ben Simmons e J.J. Redick, que brilharam nas bolas de três, nas assistências e nos rebotes, para vencer de forma segura o Brooklyn Nets por 131 a 115 em Nova York, abrindo, assim, 2 a 1 na série. O quarto duelo entre as equipes está marcado para este sábado, novamente em Nova York, às 16 horas (de Brasília).

Mais equilibrado, o time da Filadélfia teve grande aproveitamento nos arremessos de três. Tobias Harris foi o mais letal no fundamental, ao acertar suas seis tentativas e fechar o jogo com 29 pontos. J.J. Redick anotou 26 pontos e brilhou no garrafão ao pegar 16 rebotes e Ben Simmons foi o cestinha do jogo, com 31. Inconstante e irregular, a equipe de Nova York teve em D''Angelo Russel e Caris LeVert seus principais nomes (ambos fizeram 26 pontos), mas cometeu muitos erros.

Os playoffs da NBA seguem nesta sexta-feira com mais três jogos. Empatados em 1 a 1 na série, Orlando Magic e Toronto Raptors se enfrentam em Orlando. Em busca da terceira vitória na série, o Indiana Pacers duela com o Bolton Celtics e o Oklahoma City Thunder, que também venceu os seus dois primeiros jogos da série, encara o Portland Trail Blazers.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;