Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 22 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Premiê italiano diz que Battisti irá diretamente da Bolívia para a Itália

Jose Cruz/Agencia Brasil Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Conte afirmou também que ligou para o Bolsonaro e agradeceu pela parceria que levou à captura



13/01/2019 | 16:03


O premiê italiano, Giuseppe Conte, afirmou em sua página do Facebook que Cesare Battisti irá diretamente da Bolívia para a Itália "nas próximas horas".

Conte afirmou também que ligou para o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, e agradeceu pela parceria que levou à captura. Ele agradeceu também as autoridades bolivianas envolvidas na prisão.

Mais cedo, o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno, havia afirmado que Battisti seria extraditado à Itália pelo Brasil, e que viria primeiro ao País em um avião da Polícia Federal.

A Itália já havia informado que também tinha mandado um avião para buscar Battisti na Bolívia. Ele estava foragido do Brasil e foi preso pela Interpol em Santa Cruz de La Sierra, cidade boliviana.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Premiê italiano diz que Battisti irá diretamente da Bolívia para a Itália

Conte afirmou também que ligou para o Bolsonaro e agradeceu pela parceria que levou à captura


13/01/2019 | 16:03


O premiê italiano, Giuseppe Conte, afirmou em sua página do Facebook que Cesare Battisti irá diretamente da Bolívia para a Itália "nas próximas horas".

Conte afirmou também que ligou para o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, e agradeceu pela parceria que levou à captura. Ele agradeceu também as autoridades bolivianas envolvidas na prisão.

Mais cedo, o ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno, havia afirmado que Battisti seria extraditado à Itália pelo Brasil, e que viria primeiro ao País em um avião da Polícia Federal.

A Itália já havia informado que também tinha mandado um avião para buscar Battisti na Bolívia. Ele estava foragido do Brasil e foi preso pela Interpol em Santa Cruz de La Sierra, cidade boliviana.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;