Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 6 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Shyamalan, 'Vidro' e a trilogia que já estava em 'Corpo Fechado'



10/12/2018 | 06:50


M. Night Shyamalan foi outro (Brie Larson, acima) que não resistiu a fazer selfies com o público imenso no maior auditório da CCXP18. "Thank you guys. Vocês não sabem que alegria imensa. Anos atrás, quando fui fazer Corpo Fechado, a Disney dizia que ninguém ia querer ver filmes baseados em comics. Vocês é que nos bancaram. Vocês mudaram a face do cinema."

Shyamalan já esteve outras vezes no Brasil. Na última, veio para divulgar Fragmentado. "Eu amo o Brasil. Hoje estou de ressaca, ontem (sexta-feira) tomei um monte de caipirinhas", confessou. Além de ser uma metáfora muito forte do racismo, Corpo Fechado - Unbreakable é considerado por muitos o primeiro filme dessa nova onda de super-heróis. É a teoria de Elijah Price, o Sr. Vidro (Samuel L. Jackson), para explicar porque David Dunn/Bruce Willis sobreviveu àquele choque de trens. Ele possui superpoderes.

Em Fragmentado/Split, Shyamalan introduziu o personagem Kevin Crumb, interpretado por James McAvoy. Kevin sofre de um transtorno dissociativo de identidade, e tem nada menos de 23 personalidades distintas. E daí? No palco da CCXP18, Shyamalan fez a mágica - Fragmentado e agora Vidro são desdobramentos de Corpo Fechado. "Quando escrevi e, depois, realizei Corpo Fechado, dei-me conta de que tinha material para três filmes diferentes, e complementares." Desde então, e já se passaram 18 anos, cada vez que o cineasta encontrava Bruce (Willis) e Sam (Jackson), eles perguntavam - "Motherfucker, quando vamos terminar nosso filme?"

O momento chegou - Vidro estreia em janeiro nos cinemas dos EUA e do Brasil. Embora seja temporada de Oscar, é bom já ir reservando o título e a agenda, porque o material que Shyamalan mostrou na CCXP é fascinante. Promete um grande filme, mais um do diretor. David, Kevin e o Sr. Vidro vão parar numa instituição hospitalar (psiquiátrica?). Vidro manipula Kevin - a Fera, uma de suas personas - para se vingar do mundo. A esperança é o eterno duro de matar, o vigilante David - Willis. Shyamalan adora os filmes de gênero, a construção de climas. E os atores. Está entusiasmado com McAvoy. "Em Fragmentado ele já deu uma das melhores interpretações daquele ano, mas agora é a interpretação de uma vida", promete.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;